Produtos rurais Classificados rurais negócios rurais Compra venda de trator MF Rural Site de classificados de fazendas e intermediação de negócios rurais Agronegócio Compra e venda de trator e fazendas Site de anúncios de classificados rurais trator para compra e venda de produtos rurais Portal de negocios rurais

Veja mais detalhes de Itatira
Município de Itatira
[[Ficheiro:|270px|none|center|]]
""
Brasão desconhecido
Bandeira desconhecida
Brasão desconhecido Bandeira desconhecida
Hino
Aniversário
Fundação 22 de novembro de 1951
Gentílico itatirense
Lema
Prefeito(a) José Ferreira Matheus
(2009 – 2012)
Localização
Localização de Itatira
Localização de Itatira no Ceará
Localização de Itatira em Brasil
Itatira
Localização de Itatira no Brasil
04° 31' 44" S 39° 37' 19" O04° 31' 44" S 39° 37' 19" O
Unidade federativa  Ceará
Mesorregião Norte Cearense IBGE/2008[1]
Microrregião Canindé IBGE/2008[1]
Região metropolitana
Municípios limítrofes Norte e Leste: Canindé, Sul: Madalena, Oeste: Santa Quitéria
Distância até a capital 176 km
Características geográficas
Área 783,347 km²
População 18.875 hab. est. IBGE/2009[2]
Densidade 21,4 hab./km²
Altitude m
Clima semiárido BSh
Fuso horário UTC-3
Indicadores
IDH 0,569 médio PNUD/2000[3]
PIB R$ 43.008 mil IBGE/2005[4]
PIB per capita R$ 2.591,00 IBGE/2005[4]

Itatira é um município brasileiro do estado do Ceará. É localizado na Mesorregião do Norte Cearense, Microrregião de Canindé. Um de seus filhos ilustres é o jogador de futebol Índio.

Índice

Etimologia

O topônimo Itatira vem do Tupi ita(pedra) e tira(áspero) e significa pedra de aparência áspera.[5] O topônimo Itatira faz assim uma alusão acordilheira de serras e pedras da região. Sua denominação original era Serra da Samabaia, depois Sítio São Gonçalo, Belém, Belém de Quinim e desde 1943, Itatira.[6]

História

As terrras da serra da Samambaia, da serra da Mariana e às margens do dos naecentes do rios: Curu e Banabuiú, era habitada por diversas etnias Tapuia, sendo as mais conhecidas as dos Jenipapo, Kanyndé,[7][8]

Com a expansão da colonização portuguesa e o deslocamento do índigenas no século XVII, os portugueses Antônio Ferreira Braga e Jerônimo Machado chegaram e estabeleceram-se na região. Deste período a serra da Samambaia, passou a ser coinhecido com serra do Machado. Via o sitema de Sesmarias um fazendeiro de Quixeramobim, conhecido por Antônio José de Souza, chegou a região e criou a Fazenda São Gonçalo, que foi o núcleo inicial de Itaitira. Com a seca de 1825, esta região ficou desabitada, e nos anos seguintes fazendeiros retornaram a região e começaram um novo processo de povoamento. Deste período surgiu um novo povoado com o nome de Belém, num lugar próximo a serra da Mariana,.

Dos povoados de São Gonçalo[9] e de Belém, a aglomeraçào ao redor da capela dedicada ao Menino Deus, consolidou-se o município de Itaitira em 1951. A sua formação territorial se deus co terras dos municípios de Canindé e de Quixeramobim.

Geografia

Clima

Tropical quente semi-árido com pluviometria média de 650 mm[10] com chuvas concentradas de janeiro à abril.[11]

Geografia

Hidrografia e recursos hídricos

As principais fontes de água fazem parte das bacias do Curu e do Banabuiú, sendo elas os riachos Umari, São Gonçalo, São Joaquim e outros tantos. Encontram-se diversas lagoas entre elas a do Mato e da Bandeira. Existem ainda diversos açudes de pequeno porte: Boqueirão, Magalhães e tantos outros. O sistema de abasteciemnto de água potável possui 44 poços(41 tubulares e 3 amazonas) e a Adutora Madalena. Existem planos para a construção do Açude João Guerra,[12][13]

Relevo e solos

As terras de fazem parte da Depressão Sertaneja, com maciços residuais graníticos. As principais elevações possuem altitudes entre 200 e 700 metros acima do nível do mar. Os solos da região são bruno não-cálcicos, litólicos e podzólicos[12]

Vegetação

A vegetaçào predominante compõem-se da caatinga arbustiva densa, a caatinga mais arbórea com espécies espinhosas e a floresta subcaducifólia tropical pluvial (mata seca).[14]

Subdivisões

O município de Itatira tem cinco distritos: Itatira (sede), Bandeira, Cachoeira, Lagoa do Mato e Morro Branco.[15]

Aspectos Socioeconômicos

A maior concentração populacional encontra-se na zona rural. A sede do município dispõe de abastecimento de água potável, fornecimento de energia elétrica, serviço telefônico, agência de correios e telégrafos, serviço bancário, hospitais, hotéis e ensino de 1° e 2° graus.[12]

A partir de Fortaleza o acesso ao município, pode ser feito por via terrestre através da rodovia Fortaleza/Canindé (BR-020), CE-366 e CE-168. As demais vilas, lugarejos, sítios e fazendas são assecíveis(com franco acesso durante todo o ano) através de estradas estaduais, asfaltadas ou carroçáveis.[16]

A economia local é baseada na agricultura: feijão, milho, mandioca, algodão, cana-de-açúcar, castanha de caju e frutas diversas; pecuária: bovino, ovino, suíno e avícola.

O extrativismo vegetal outra é fonte de renda, na qual acontece a fabricação de carvão vegetal, extração de madeiras diversas para lenha e construção de cercas, além de extração da oiticica e carnaúba.

A psicultura desenvolve-se nos açudes e nos principais riachos.

Outra fonte de renda do município é o artesanato de redes e bordados.[17]

Turismo

Serra da Boa Vista.
Serrote São Joaquim.

O turismo também é uma das fontes de renda, devido as belezas naturais da região montanhosa, que perpassa quase todos os distritos e outros municípios da região, na qual desenvolve-se o ecoturismo. Sendo os principais atrativos naturais:

  • Casa de Pedra do olho d'água dos Carneiros;
  • Furna de São José dos Guerra;
  • Olho d'água de São Pedro;
  • Pico Três Irmãos;
  • Serra da Boa Vista;
  • Serra do Machado;
  • Serra Saco dos Sales;
  • Serrote das Piabas;
  • Serrote de Seriema;
  • Serrote São Joaquim.

Cultura

Teatro

A atividade da arte ceníca, desenvolve-se um papel na cultura e educação no município. Esta é realizado pelo grupo Teatro Dependere, a primeira companhia de teatro do município, antes chamada de "Teatro Cultura Mágica". O grupo teve apoio depois de criar um projeto para diminuir os índices de evasão escolar.[18]

Eventos culturais

Os principais eventos culturais são:

  • Festa de São José (19 de março);
  • Festa do Sagrado Coração de Jesus (15 de junho);
  • Festival de Quadrilhas de Itatira (27 de junho);
  • Festa de Nossa Senhora do Carmo (16 de julho);
  • Festa de Nossa Senhora da Conceição (8 de dezembro);
  • Festa do Menino Jesus (25 de dezembro).

Telecentro

Por meio do telecentro chamado de Ilha Digital de Itatira, inaugurado em 22 de julho de 2006 passa a ser também um dos meios de cultura da população.

Política

A administração municipal localiza-se na sede: Itatira.[6]



Quem nasce em Itatira é itatirense


Fonte: Wikipedia

Produtos no Ceará





Alimentos em Geral Defensivos Agrícolas Implementos Ônibus Serviços
Alimentos para Nutrição Animal Diversos Instalações Rurais Peças/Aditivos/Acessórios Shopping MF Rural
Animais Embalagens Máquinas Pesadas Pneus Tratores Agrícolas
Caminhões Exportação/Importação Máquinas/Equipamentos Procuro/Compro/Troco Utensílios Agropecuários
Carrocerias/Furgões Fazendas/Imóveis Rurais Medicamentos Sementes Veículos
Colheitadeiras/Colhedoras Fertilizantes Agrícolas Mudas/Ramas
Atendimento Online MF Rural