Publicidade
 Produtos Agrícolas por estado
 Produtos Agrícolas por cidade
Produtos Agrícolas em Água Clara Produtos Agrícolas em Alcinópolis Produtos Agrícolas em Amambaí Produtos Agrícolas em Anastácio Produtos Agrícolas em Anaurilândia Produtos Agrícolas em Angélica Produtos Agrícolas em Antônio João Produtos Agrícolas em Aparecida do Taboado Produtos Agrícolas em Aquidauana Produtos Agrícolas em Aral Moreira Produtos Agrícolas em Bandeirantes Produtos Agrícolas em Bataguassu Produtos Agrícolas em Bataiporã Produtos Agrícolas em Bela Vista Produtos Agrícolas em Bodoquena Produtos Agrícolas em Bonito Produtos Agrícolas em Brasilândia Produtos Agrícolas em Caarapó Produtos Agrícolas em Camapuã Produtos Agrícolas em Caracol Produtos Agrícolas em Cassilândia Produtos Agrícolas em Chapadão do Sul Produtos Agrícolas em Corguinho Produtos Agrícolas em Coronel Sapucaia Produtos Agrícolas em Corumbá Produtos Agrícolas em Costa Rica Produtos Agrícolas em Coxim Produtos Agrícolas em Deodápolis Produtos Agrícolas em Dois Irmãos do Buriti Produtos Agrícolas em Douradina Produtos Agrícolas em Dourados Produtos Agrícolas em Eldorado Produtos Agrícolas em Fátima do Sul Produtos Agrícolas em Figueirão Produtos Agrícolas em Glória de Dourados Produtos Agrícolas em Guia Lopes da Laguna Produtos Agrícolas em Iguatemi Produtos Agrícolas em Inocência Produtos Agrícolas em Itaporã Produtos Agrícolas em Itaquiraí Produtos Agrícolas em Ivinhema Produtos Agrícolas em Japorã Produtos Agrícolas em Jaraguari Produtos Agrícolas em Jardim Produtos Agrícolas em Jateí Produtos Agrícolas em Juti Produtos Agrícolas em Ladário Produtos Agrícolas em Laguna Carapã Produtos Agrícolas em Maracaju Produtos Agrícolas em Miranda Produtos Agrícolas em Mundo Novo Produtos Agrícolas em Naviraí Produtos Agrícolas em Nioaque Produtos Agrícolas em Nova Alvorada do Sul Produtos Agrícolas em Nova Andradina Produtos Agrícolas em Novo Horizonte do Sul Produtos Agrícolas em Paranaíba Produtos Agrícolas em Paranhos Produtos Agrícolas em Pedro Gomes Produtos Agrícolas em Ponta Porã Produtos Agrícolas em Porto Murtinho Produtos Agrícolas em Ribas do Rio Pardo Produtos Agrícolas em Rio Brilhante Produtos Agrícolas em Rio Negro Produtos Agrícolas em Rio Verde de Mato Grosso Produtos Agrícolas em Rochedo Produtos Agrícolas em Santa Rita do Pardo Produtos Agrícolas em São Gabriel do Oeste Produtos Agrícolas em Selvíria Produtos Agrícolas em Sete Quedas Produtos Agrícolas em Sidrolândia Produtos Agrícolas em Sonora Produtos Agrícolas em Tacuru Produtos Agrícolas em Taquarussu Produtos Agrícolas em Terenos Produtos Agrícolas em Três Lagoas Produtos Agrícolas em Vicentina Produtos Agrícolas em Campo Grande

 
Você está vendo Produtos Agrícolas em vicentina

Veja Também:
Notícias Agrícolas

Facebook


Produtos Agrícolas na cidade de vicentina no Mato Grosso do Sul.


Foram encontrados 3 anúncio‎s. Clique no menu ao lado para consultar Produtos Agrícolas em outra região.



 

Preço a vista:
R$ 17.000,00

Trator Valtra/Valmet 65 ID 4x2 ano 80

VALMET 65 - RELIQUIA
Vendo Trator Valmet 65, motor MWM, ótimo estado de conservação. a toda prova .R$17.000.Para Efeitos de Pesquisa:Valmet valtra Ford New Holland Mf massey ferguson Baldan Tatu case jonh deere agrale iveco mercedes cbt caterpillar komatsu vol...

Preço a vista:
R$ 17.000,00

Trator Valtra/Valmet 65 ID 4x2 ano 80

Valmet 65 - reliquia
Vendo Trator Valmet 65, motor MWM, ótimo estado de conservação. a toda prova .R$17.000.Para Efeitos de Pesquisa:Valmet valtra Ford New Holland Mf massey ferguson Baldan Tatu case jonh deere agrale iveco mercedes cbt caterpillar komatsu vol...

Preço a vista:
R$ 800,00

vendo aveia para semente ou nutriçao animal

aveia grao
aveia branca otima para nutricao animal e semente 
<< Voltar Avançar >>
Página 1 de 1



Produtos Agrícolas em vicentina-MS

Detalhes sobre a cidade de Vicentina

A antiga Comunidade Vicentinense teve origem em 1951 no governo de Eurico Dutra, a partir de colonizações agrícolas realizadas às margens do rio Dourados na altura da BR 376.

Os primeiros ocupantes eram principalmente migrantes do interior paulista que vieram atraídos pela atraídos pela excelente qualidade da terra. Aqui eles construíram e viveram de muita fartura.

Seu Eutácio Caetano Braz, que chegou em 1952 jogava fora de 10 a 20 sacas de feijão por safra, pois era pouco o consumo e não tinha para quem vender. Aqui era só mato e para construir sua casa, o migrante tinha que entrar na mata virgem e derrubar árvores.

A distribuição de terras naquela época era feita com a presença do colono, que também ajudava a abrir picadas e em seguida recebia o protocolo do seu lote.

Por Vicentina estar situada a 10 km da margem direita do Rio Dourados e possuidora de solos férteis atraiu muito interesse de fixação dos que por aqui passavam.

Uma família tradicional, que chegou aqui em 1953 diz que naquele tempo no centro de Vicentina havia um agrupamento de casinhas, ou seja, eram 04 (quatro) casinhas de pau-a-pique que eram de Antonio Roberto Dias, Jubelino Mamédio, Erço Carlos do Nascimento e outro lote era dos catarinenses que foi comprado pela missão Palotina através do Pe José Daniel que por aqui passava.

Estas 04 (quatro) casinhas também eram conhecidas como Subsede que eram onde faziam as compras e vendiam o que produziam,compras e vendas só de cereais. A casa da qual vendia cereal era do seu Antônio Roberto Dias.Era ali na Subsede que aconteciam as festas.

Em uma dessas esquinas da Subsede tinha uma casa que funcionava como escola, igreja, casa do padre, centro de reuniões, etc. Dina Morishita diz que na escola tinha muitos alunos, mas poucos professores. Os professores daquela época eram D. Luzia e D. Lurdes que eram professoras municipais.

Seu Morishita chegou a Vicentina no ano de 1959 e já estava aqui José Ferreira Nascimento, Antônio Roberto Dias, Pedro Marcelino, Jubelino Mamédio e Kikujy Yasunaka.

Seu Morishita ao chegar, logo abriu sua casa de comércio com o nome Casa Adamantina, a casa era de tábua e tinha 02 (duas) portinhas pequenas.

De Vicentina até a Linha do Barreirão era toda feita de picadas, mas de lá em diante era só mata.

Os meios de transportes eram a pé ou de bicicleta, pois havia muitos tocos e não dava para andar a cavalo. Nos dias de festa a chamada Subsede era muito movimentada.

Na Casa Adamantina vendia só o que as pessoas mais precisavam, principalmente ferramentas agrícolas, mas o povo pedia mais e cada vez mais.

Quando seu Morishita chegou aqui comprou suas terras por 150 mil réis, era muito dinheiro, mas naquele tempo como era de fartura dava até para comprar mais.

Naquele tempo também tinham autoridades que eram: o sargento Anastácio, o delegado era seu Pedro (sapateiro).

Médicos eram da associação dos japoneses e para maiores urgências era preciso se deslocar para Dourados, onde quem atendia era o D. Alemão.

Se os moradores Vicentinenses quisessem obter maiores compras tinha que ir ate Dourados, que era uma cidade pequena, mas vila de muita abundância e tinha grandes oportunidades de compra e venda isto de 1956 a 1959.

Kikujy Yasunaka que chegou aqui em Vicentina no ano de 1954, veio morar dentro do mato, desmatando para construir sua casa, era só toco.

O único poço d’água existente pelas proximidades era dentro do terreno dele.

O povo da vizinhança inclusive seu Eutácio saiam de suas casas e iam até a casa de seu Kikujy para se abastecerem de água que era de boa qualidade.

Pe José Daniel promoveu a assistência social fundando a escola, instruindo os agricultores e implantando a fé. Em 1963 foi fundada aCasa Paroquial.

Mas um dos grandes sonhos do Padre era construir uma igreja grande e alta como a fé do povo Vicentinense, sonho que se tornou realidade pouco tempo depois.



Mais detalhes sobre Vicentina
Consulte abaixo as categorias divididas por estado

Atendimento Online MF Rural