Publicidade
 Produtos Agrícolas por estado
 Produtos Agrícolas por cidade
Produtos Agrícolas em Aracaju Produtos Agrícolas em Amparo de São Francisco Produtos Agrícolas em Aquidabã Produtos Agrícolas em Arauá Produtos Agrícolas em Areia Branca Produtos Agrícolas em Barra dos Coqueiros Produtos Agrícolas em Boquim Produtos Agrícolas em Brejo Grande Produtos Agrícolas em Campo do Brito Produtos Agrícolas em Canhoba Produtos Agrícolas em Canindé de São Francisco Produtos Agrícolas em Capela Produtos Agrícolas em Carira Produtos Agrícolas em Carmópolis Produtos Agrícolas em Cedro de São João Produtos Agrícolas em Cristinápolis Produtos Agrícolas em Cumbe Produtos Agrícolas em Divina Pastora Produtos Agrícolas em Estância Produtos Agrícolas em Feira Nova Produtos Agrícolas em Frei Paulo Produtos Agrícolas em Gararu Produtos Agrícolas em General Maynard Produtos Agrícolas em Gracho Cardoso Produtos Agrícolas em Ilha das Flores Produtos Agrícolas em Indiaroba Produtos Agrícolas em Itabaiana Produtos Agrícolas em Itabaianinha Produtos Agrícolas em Itabi Produtos Agrícolas em Itaporanga d`Ajuda Produtos Agrícolas em Japaratuba Produtos Agrícolas em Japoatã Produtos Agrícolas em Lagarto Produtos Agrícolas em Laranjeiras Produtos Agrícolas em Macambira Produtos Agrícolas em Malhada dos Bois Produtos Agrícolas em Malhador Produtos Agrícolas em Maruim Produtos Agrícolas em Moita Bonita Produtos Agrícolas em Monte Alegre de Sergipe Produtos Agrícolas em Muribeca Produtos Agrícolas em Neópolis Produtos Agrícolas em Nossa Senhora Aparecida Produtos Agrícolas em Nossa Senhora da Glória Produtos Agrícolas em Nossa Senhora das Dores Produtos Agrícolas em Nossa Senhora de Lourdes Produtos Agrícolas em Nossa Senhora do Socorro Produtos Agrícolas em Pacatuba Produtos Agrícolas em Pedra Mole Produtos Agrícolas em Pedrinhas Produtos Agrícolas em Pinhão Produtos Agrícolas em Pirambu Produtos Agrícolas em Poço Redondo Produtos Agrícolas em Poço Verde Produtos Agrícolas em Porto da Folha Produtos Agrícolas em Propriá Produtos Agrícolas em Riachão do Dantas Produtos Agrícolas em Riachuelo Produtos Agrícolas em Ribeirópolis Produtos Agrícolas em Rosário do Catete Produtos Agrícolas em Salgado Produtos Agrícolas em Santa Luzia do Itanhy Produtos Agrícolas em Santa Rosa de Lima Produtos Agrícolas em Santana do São Francisco Produtos Agrícolas em Santo Amaro das Brotas Produtos Agrícolas em São Cristóvão Produtos Agrícolas em São Domingos Produtos Agrícolas em São Francisco Produtos Agrícolas em São Miguel do Aleixo Produtos Agrícolas em Simão Dias Produtos Agrícolas em Siriri Produtos Agrícolas em Telha Produtos Agrícolas em Tobias Barreto Produtos Agrícolas em Tomar do Geru Produtos Agrícolas em Umbaúba

 
Você está vendo Produtos Agrícolas em moita bonita

Veja Também:
Notícias Agrícolas

Facebook


Produtos Agrícolas na cidade de moita bonita em Sergipe.


Foram encontrados 2 anúncio‎s. Clique no menu ao lado para consultar Produtos Agrícolas em outra região.



 

Preço a vista:
R$ 5,35

Vendemos inhame da Costa e santome

Trabalhamos com inhame de todos os padrões !
Temos inhame o ano inteiro, preços a negociar!

Preço a vista:
R$ 60,00

Vendo Batata Doce o ano todo

Batata Doce irrigada de todos os tipos de otima qualidade
Temos Batata Doce de todas os tipos: Branca e Roxa. Produtos irrigados e de ótima qualidade.
<< Voltar Avançar >>
Página 1 de 1



Produtos Agrícolas em moita bonita-SE

Detalhes sobre a cidade de Moita Bonita

A cidade de Moita Bonita originou-se de uma localidade chamada Alto do Coqueiro. Era uma pequena aglomeração de sítios, onde havia muitos coqueiros. O local era um pouco elevado, daí o nome Alto do Coqueiro, esta localidade pertencia ao município de Itabaiana. A população moitense é formada de brancos, negros e índios. O Branco (elemento vindo do continente Europeu, especialmente de origem portuguesa). O Índio (elemento nativo que por aqui também existia, a região do Capunga era uma aldeia indígena. A palavra Capunga é de origem Indígena). O Negro (de origem africana. Os negros viveram para trabalhar nos nossos engenhos de açúcar, já extintos na região). Por exemplo: no engenho pertencente ao Sr. Benvindo de Joana, localizado no pé da Serra do Carcará. Produzia açúcar em barra e o melaço (cabaú). A nossa maior influência do elemento negro está na região de Pai Mandú e Serrinha, localidades que no passado havia o predomínio do elemento negro, visto que o engenho de açúcar ficava próximo. Ainda hoje, há no local as ruínas do antigo engenho situado no sopé da Serra do Carcará, as antigas caldeiras, onde o açúcar e o melado eram produzidos. Os primeiros proprietários de sítios existentes no local onde hoje é a sede do município de Moita Bonita foram: Manoel de Vergílio, João de Clarinha, Agenor Lima, Miguel Orelha, Clara Pinto Frito (apelido), Humbelino Barreto, Barnabé, Sabino, Sérgio de Anjinho, etc. Algum tempo após foi construída a capelinha e deram a Santa Terezinha o título de padroeira. Os fundadores desta pequena igrejinha foram os antigos moradores do Alto do Coqueiro. Com a elevação do Povoado à categoria de vila, a capelinha foi ampliada. Com o desenvolvimento gradual da localidade, outras residências foram surgindo aos redores da capela, entre elas a casa de Zeca Carrapicho, Pedro Crescenço, Antônio Barreto, José Costa, Domingo Crescenço, Pedro Carrapicho, José Barbosa, o Mercado de Talho, Fabrisco, etc. A sede do município de Moita Bonita. Teve origem no local onde foi construída a igrejinha de Santa Terezinha, hoje praça Santa Terezinha. Outras ruas e avenidas foram surgindo aos arredores da praça, como: Avenida Eliziário Menezes, Rua Belizário Góis, Domingos Pereira, Nossa Senhora das Dores, Ribeirópolis, e outras. Foi construída a Escola Rural do Povoado Centro, hoje Escola Municipal Terezinha Santana dos Santos, que funcionava com uma sala de aula e dependências para professores (naquela época os professores vinham de outros lugares). As primeiras professoras foram: Cícera Santana, Leonor Costa, Lourdes Maciel, Maria Lourdes Barbosa, Luzinete, Albertina e Terezinha Santana dos Santos, vindos de outras localidades além de Maria da Glória Costa que depois passou a ensinar em prédio próprio “Escola Antônio Barbosa camponês”. Existia antes na comunidade, um professor particular conhecido por “Zé Mestre”. Em 24 de julho de 1957, o povoado de Moita Bonita foi elevado à categoria de vila, pela Lei Estadual nº 823/57. O local foi se desenvolvendo, porém pertencendo ao município de Itabaiana, que tinha naquela época como chefe político Euclides Paes Mendonça, natural de Serra do Machado (Ribeirópolis), grande rival político e inimigo do seu irmão Pedro Paes Mendonça, então Deputado Estadual, que foi o idealizador da Lei Estadual nº 1.165 de 12 de março de 1963 que criou o município de Moita Bonita, emancipando-o definitivamente do Município de Itabaiana. Toda área que hoje corresponde ao município de Moita Bonita, foi desmembrada do município de Itabaiana. Na zona rural do município existia naquela época, algumas escolas pertencentes ao Estado e ao município de Itabaiana. Existiam escolas Estaduais em: Capunga, Candeias, Campo Grande, Figueiras, Piabas. As escolas de Campo Grande, Piabas e Figueiras, foram extintas, Capunga e Candeias passaram a ser administradas pelo município alguns anos depois. Existiam escolas municipais pertencentes ao município de Itabaiana em: Oiteiros, Cova da Onça, Lagoa do Capunga, entre outros. Há diversas profissões no município como: agricultor, ou lavrador; pedreiros, professores, marceneiro, comerciante, comerciário, pintor, motorista, mecânico, técnico e outros. Os prefeitos que já passaram pela administração da cidade, eleito pelo voto direto popular através de eleições. Foram: Pedro Paes Mendonça, Josias Costa, José Barbosa de Oliveira, José Costa, João Ferreira Lima, (interventor), João Neres de Andrade, Manoel Batista dos Santos, José Barreto de Souza, João Bosco da Costa, Leda Maria Costa Barreto, Marcos Antonio Costa e atualmente Glória Grazielle da Costa.



Mais detalhes sobre Moita Bonita
Consulte abaixo as categorias divididas por estado

Atendimento Online MF Rural