Publicidade
 Produtos Agrícolas por estado
 Produtos Agrícolas por cidade
Produtos Agrícolas em Aracaju Produtos Agrícolas em Amparo de São Francisco Produtos Agrícolas em Aquidabã Produtos Agrícolas em Arauá Produtos Agrícolas em Areia Branca Produtos Agrícolas em Barra dos Coqueiros Produtos Agrícolas em Boquim Produtos Agrícolas em Brejo Grande Produtos Agrícolas em Campo do Brito Produtos Agrícolas em Canhoba Produtos Agrícolas em Canindé de São Francisco Produtos Agrícolas em Capela Produtos Agrícolas em Carira Produtos Agrícolas em Carmópolis Produtos Agrícolas em Cedro de São João Produtos Agrícolas em Cristinápolis Produtos Agrícolas em Cumbe Produtos Agrícolas em Divina Pastora Produtos Agrícolas em Estância Produtos Agrícolas em Feira Nova Produtos Agrícolas em Frei Paulo Produtos Agrícolas em Gararu Produtos Agrícolas em General Maynard Produtos Agrícolas em Gracho Cardoso Produtos Agrícolas em Ilha das Flores Produtos Agrícolas em Indiaroba Produtos Agrícolas em Itabaiana Produtos Agrícolas em Itabaianinha Produtos Agrícolas em Itabi Produtos Agrícolas em Itaporanga d`Ajuda Produtos Agrícolas em Japaratuba Produtos Agrícolas em Japoatã Produtos Agrícolas em Lagarto Produtos Agrícolas em Laranjeiras Produtos Agrícolas em Macambira Produtos Agrícolas em Malhada dos Bois Produtos Agrícolas em Malhador Produtos Agrícolas em Maruim Produtos Agrícolas em Moita Bonita Produtos Agrícolas em Monte Alegre de Sergipe Produtos Agrícolas em Muribeca Produtos Agrícolas em Neópolis Produtos Agrícolas em Nossa Senhora Aparecida Produtos Agrícolas em Nossa Senhora da Glória Produtos Agrícolas em Nossa Senhora das Dores Produtos Agrícolas em Nossa Senhora de Lourdes Produtos Agrícolas em Nossa Senhora do Socorro Produtos Agrícolas em Pacatuba Produtos Agrícolas em Pedra Mole Produtos Agrícolas em Pedrinhas Produtos Agrícolas em Pinhão Produtos Agrícolas em Pirambu Produtos Agrícolas em Poço Redondo Produtos Agrícolas em Poço Verde Produtos Agrícolas em Porto da Folha Produtos Agrícolas em Propriá Produtos Agrícolas em Riachão do Dantas Produtos Agrícolas em Riachuelo Produtos Agrícolas em Ribeirópolis Produtos Agrícolas em Rosário do Catete Produtos Agrícolas em Salgado Produtos Agrícolas em Santa Luzia do Itanhy Produtos Agrícolas em Santa Rosa de Lima Produtos Agrícolas em Santana do São Francisco Produtos Agrícolas em Santo Amaro das Brotas Produtos Agrícolas em São Cristóvão Produtos Agrícolas em São Domingos Produtos Agrícolas em São Francisco Produtos Agrícolas em São Miguel do Aleixo Produtos Agrícolas em Simão Dias Produtos Agrícolas em Siriri Produtos Agrícolas em Telha Produtos Agrícolas em Tobias Barreto Produtos Agrícolas em Tomar do Geru Produtos Agrícolas em Umbaúba

 
Você está vendo Produtos Agrícolas em simao dias

Veja Também:
Notícias Agrícolas

Facebook


Produtos Agrícolas na cidade de simao dias em Sergipe.


Foram encontrados 2 anúncio‎s. Clique no menu ao lado para consultar Produtos Agrícolas em outra região.



 

Preço a vista:
R$ 110.000,00

COLHEITADEIRA JOHN DEERE ANO 1998

REVISADA - ACEITO TROCA
VENDO COLHEITADEIRA JOHN DEERE, ANO 1998, REVISADA, COM PLATAFORMA 19 PÉS

Preço a vista:
R$ 1,90

Rapadurinha, Rapadudinha, Rapadura em Miniatura, Rapadura em Cubinhos

Distribuímos em todo o Brasil | Rapadura em Miniatura | Inovação no mercado de doces | Visual atrativo | Fácil consumo | Higiênica | Segurança
A rapadura em miniatura, genuinamente Sergipana! Uma inovação no mercado: visual atrativo, consumo prático, qualidade, higiene e segurança. Extraída do caldo da cana-de-açúcar, a Rapadudinha é uma inovação no mercado de doce de rapadura....
<< Voltar Avançar >>
Página 1 de 1



Produtos Agrícolas em simao dias-SE

Detalhes sobre a cidade de Simão Dias

A origem

O local onde está edificada o município de Simão Dias foi, no passado, uma povoação de índios fugitivos das expedições colonizadoras do Governador do Norte, Luis de Brito e Almeida. Esses índios se estabeleceram nas matas às margens do Rio Caiçá.

As terras do município constituem um relevo acidentado devido à presença de um conjunto de serras, com altitudes que oscilam entre 200 a 750 metros. Isso favorece a existência de uma vegetação menos vulnerável a estiagens típicas do sertão. As zonas de terras entre Simão Dias e Paripiranga, município da Bahia, são formadas por terrenos acidentados, onde é possível verificar a existência de matas fechadas, devido à impossibilidade de cultivo de cereais e pastagens. Nessa mesma zona, existem inúmeros sítios onde se cultivam árvores frutíferas e culturas de subsistência Esse relevo proporcionou aos índios que primeiro povoaram essa região um verdadeiro oásis, frente ao sertão. Daí a origem das diversas denominações que constam em documentos históricos, como: “Matas de Simão Dias”, “Matas do Coité” ou “Matas do Caiçá”.

Com a invasão holandesa em Sergipe, surge a determinação de conduzir os rebanhos até as margens do Rio Real. No entanto Braz Rabelo, proprietário baiano, que possuía rebanhos nas terras da atual Itabaiana, decide esconder seus rebanhos nas terras das matas à beira do Rio Caiçá. Desse episódio é que surgirá a figura histórica do vaqueiro Simão Dias, responsável pela condução do gado e pelo surgimento das primeiras instalações que daria origem à cidade.

Simão Dias passou da categoria de Vila para a de Cidade, em 12 de Junho de 1890, por decreto do presidente do Estado Felisbelo Freire, sob o argumento que a mesma possuía uma grande população - 10.984 pessoas, um comércio próspero, uma estrada de ferro que ligava a referida Vila a Aracaju, bem como, a existência de uma comarca recém criada. Com base nesses argumentos a Vila foi emancipada do município de Lagarto. A estrada de ferro, que serviu como uns dos argumentos para a emancipação política da antiga Vila, jamais foi concluída, restando hoje, algumas escavações e bases de pontes por onde passaria as linhas férreas, que permanecem abandonadas em fazendas da região.

O nome do município é uma homenagem ao colono que remonta aos primeiros tempos da ocupação do território sergipano. Trata-se de Simão Dias Francês, que nos anos de 1599, 1602 e 1607, juntamente com Cristóvão Dias e Agostinho da Costa, através de requerimento, solicitaram a concessão de sesmarias na região. O último requerimento, do qual o códice está no Instituto Histórico e Geográfico de Sergipe, solicita “três léguas de terra em quadro” nas terras devolutas de Itabaiana,, para a criação de gado. Felisbelo Freire que além de presidente do estado foi também historiador afirma:

“Os terrenos onde está edificada hoje (1891) a Vila de Simão Dias foram doadas a Simão Dias Fontes, Cristóvão Dias e Agostinho da Costa”.(FREIRE: 1997, p..322).

No entanto a tese sustentada pelo historiador Felisbelo Freire foi alvo de contestação pelo Pe. João de Matos Carvalho, que tinha a intenção de homenagear o Comendador Sebastião da Fonseca Andrade (Barão de Santa Rosa) pela construção do templo da atual matriz de Santana. O Pe. João de Matos se aproveitou das contradições encontradas nas várias teses sobre a origem da povoação, pois os documentos históricos que falavam de Simão Dias, em cartas de doação de sesmarias, possuem sobrenomes diversificados, além de solicitarem sesmarias em períodos diferentes. Diante disso, para o Padre João de Matos Carvalho, havia a possibilidade de existir dois personagens históricos com o mesmo nome. Na intenção de provocar controvérsias e enfraquecer a tese de Felisbelo Freire, ele publicou uma obra intitulada “Matas de Simão Dias”, na qual defende veemente a tese de que a cidade teria se originado graças à doação de sua ancestral Ana Francisca Menezes. O objetivo era levantar a dúvida sobre a versão histórica, bem como, menosprezar a figura do vaqueiro e enaltecer a figura da sua ancestral, doadora das terras onde foi edificada a primeira capela que originou a freguesia de Santana de Simão Dias.



Mais detalhes sobre Simão Dias
Consulte abaixo as categorias divididas por estado

Atendimento Online MF Rural