Veja mais detalhes de Piumhi
Município de Piumhi
[[Ficheiro:|270px|none|center|]]
"Cidade carinho"
Brasão de Piumhi
Bandeira desconhecida
Brasão Bandeira desconhecida
Hino
Aniversário
Fundação 20 de julho de 1868
Gentílico piumhiense
Lema Trabalho e Justiça
Prefeito(a) Marcinho Contador (Partido Liberal)
(2005 – 2008)
Localização
Localização de Piumhi
Localização de Piumhi em Minas Gerais
Localização de Piumhi em Brasil
Piumhi
Localização de Piumhi no Brasil
20° 27' 54" S 45° 57' 28" O20° 27' 54" S 45° 57' 28" O
Unidade federativa  Minas Gerais
Mesorregião Oeste de Minas IBGE/2008 [1]
Microrregião Piumhi IBGE/2008 [1]
Região metropolitana
Municípios limítrofes Pimenta, Capitólio, Bambuí, São Roque de Minas e Vargem Bonita
Distância até a capital 250 KM km
Características geográficas
Área 902,348 km²
População 32.580 hab. est. IBGE/2009 [2]
Densidade 35,0 hab./km²
Altitude m
Clima Ameno
Fuso horário UTC-3
Indicadores
IDH 0,800 elevado PNUD/2000
PIB R$ 327.445 mil IBGE/2005 [3]
PIB per capita R$ 10.498,00 IBGE/2005 [3]

Piumhi[nota 1] é um município brasileiro do estado de Minas Gerais.

Índice

Geografia

Sua população estimada em 2008 era de 32.253 hab. habitantes.

Está localizada no centro-oeste do Estado,com 902 km² de área, relevo plano, clima ameno, vegetação de cerrado, cercada pela Serra do Andaime e pela Serra da Pimenta. Recebeu o apelido de cidade carinho e é considerada o portal de entrada da Serra da Canastra (onde se localiza a nascente do rio São Francisco).

Turismo

A cidade é plana e a sua topografia proporciona um clima agradável, ameno, terras férteis, água abundante e belíssima vista. É cercada pela Serra da Pimenta, Serra do Andaime e Serra do Cromo, onde há rampas naturais para a prática de paraglider.

Piumhi também conta com uma ótima rede de hotéis.

Infraestrutura

O município tem 100% de abastecimento com água tratada e 98% de redes coletoras de esgoto nas vias públicas. A estação de tratamento de água para abastecimento tem capacidade de tratamento para 150 l/s sendo considerada o 39º município em qualidade de vida entre os 853 do estado de Minas Gerais.

A cidade possui várias praças destacando pela belíssima Praça da Matriz. Piumhi contam com o Aeroporto Municipal Dr. Vitrasiano Leonel da Silva tendo pista asfaltada com 1.148 metros de extensão por 30 metros de largura, balizamento noturno, dependências operacionais e uma estação de passageiros sendo atualmente operados por duas companhias aéreas.

Piumhi também possui uma estação de tratamento de água.

História

A história de Piumhi inicia-se em 1731 com a descoberta e exploração da região pelo sertanista João Batista Maciel que proveniente de São Paulo, com sua bandeira, vasculhou a região, próximo a nascente do rio São Francisco, a procura de ouro. A cidade nasceu em torno das atividades de mineração, às margens do córrego Cavalo e com o nome de Nossa Senhora do Livramento. Em 1736, a Picada de Goiás cortou a região e foram distribuídas as primeiras sesmarias. Posteriormente, surgiram vários transtornos causados pelos negros aquilombados que invadiram a região. Em 1743, os negros são atacados e reiniciam-se a colonização e a mineração. Com a divulgação da descoberta de grande quantidade de ouro, os procuradores da Câmara de São José del-Rei (atual Tiradentes) tomam posse da área e subordinam o arraial e seus distritos a Vila de São José. O arraial prospera e em 1 de abril de 1841 foi elevada à categoria de vila. Em 20 de julho de 1868, teve sua emancipação política e passou a categoria de cidade.

Os arredores de Piumhi possuem uma beleza ímpar: 80 km ao norte está o Parque Nacional da Serra da Canastra e a nascente do Rio São Francisco; 20 km a oeste está o lago da Usina Hidrelétrica de Furnas, no Rio Grande. Seguindo-se para o norte, podemos observar nitidamente que a região de Piumhi define uma transformação em termos de relevo (de montanhas para planaltos) e de vegetação (de campos para cerrado). Pode-se dizer que a região de Piumhi marca o início dos "Sertões", genialmente descritos por João Guimarães Rosa, em Grande Sertão: Veredas.

Economia

A economia da cidade gira em torno do café, milho, feijão e leite. Sendo o 5° maior polo de café do estado de Minas Gerais. Também conta com estabelecimentos comerciais em todos os setores. Os supermercados têm variedades de mercadorias, inclusive com o saboroso queijo da canastra.

Notas

  1. ? Nota ortográfica: Segundo as normas ortográficas vigentes da língua portuguesa, este topônimo deveria ser grafado como Piuí. Prescreve-se o uso da letra "í" para palavras de origem tupi. O nome vem do tupi rio das moscas (referindo-se a rio homônimo). Ao longo dos anos, a grafia foi alterada para piu'y, piumhy, ''piumhí e finalmente para Piumhi.


Quem nasce em Piumhi é piumhiense


Fonte: Wikipedia

Produtos Rurais à venda em Piumhi

Aeronaves Colheitadeiras/Colhedoras Fazendas/Imóveis Rurais Medicamentos Sementes
Alimentos em Geral CPT Fertilizantes Agrícolas Mudas/Ramas Serviços
Alimentos para Nutrição Animal Defensivos Agrícolas Implementos Ônibus Shopping MF Rural
Animais Diversos Instalações Rurais Peças/Aditivos/Acessórios Tratores Agrícolas
Caminhões Embalagens Máquinas Pesadas Pneus Utensílios Agropecuários
Carrocerias/Furgões Exportação/Importação Máquinas/Equipamentos Procuro/Compro/Troco Veículos