Alimentos em Geral na cidade de Alpinópolis em Minas Gerais

Foram encontrados 4 anúncios de Alimentos em Geral na cidade de Alpinópolis em Minas Gerais.

Clique no menu ao lado para consultar Alimentos em Geral em outra região.
Minas Gerais
X
Alpinópolis
X

Pimenta Comari Vermelha e Verde

Vendo Pimenta COMARI vermelha e verde. Produto de ótima qualidade.Temos grandes quantidade. Estamos iniciando a colheita.Temos também, biquinho doce, Bode, malagueta.Preços varia d...

Preço: R$ 30,00

Alpinópolis/MG

Abóbora madura

Preço: R$ 0,75

Alpinópolis/MG

Mel Puro

Vendo Mel puro do interior de Minas Gerais.e Pimentas de diversos tiposObs: Mel puro,produto de ótima qualidade .Vendo mel puro no atacado também.

Preço: R$ 16,00

Alpinópolis/MG

Pimenta Biquinho Doce

Pimenta biquinho,Pimenta comari verde e vermelha,bode vermelha,dedo de moçaProduto sera envida em pet 2 litros,sendo curtido na SALMOURA ou VINAGRE,produto de Ótima qualidade,Melho...

Preço: R$ 7,00

Alpinópolis/MG
Anterior
Página 1 de 1
Proxima

Relação de preços de anúncios de vendedores de Alimentos em Geral em Alpinópolis/MG

Detalhes sobre a cidade de Alpinópolis

Procedente de Carmo da Cachoeira, em 1805, chega às paragens da atual Alpinópolis o Alferes José Justiniano dos Reis, acompanhado de sua munher Ana Teodora de Figueiredo, de apelido "Dona Indá", filha do Capitão-Mor José Álvares de Figueiredo, o fundador de Boa Esperança e de sua mulher Maria Vilela do Espírito Santo, esta neta de Júlia Maria da Caridade, a segunda Ilhoa. O casal já tinha, a esta altura, cinco filhos: Manuel Justiniano dos Reis, Maria Justiniana dos Reis, Inocência Teodora de Figueiredo, Bernardino José dos Reis e José Justiniano dos Reis Júnior. Em 1806, o Alferes José Justiniano dos Reis manda edificar nas terras da Fazenda Ventania (assim denominada por estar próxima à Serra da Ventania) uma capela cujo orago foi o mártir São Sebastião. Tais terras estavam no teritório de Jacuí, e foram adquiridas pelo Alferes por compra feita de Mariana Lourença de Oliveira, mulher de Januário Garcia Leal. Em 12 de agosto de 1807, o casal José Justiniano dos Reis e Ana Teodora de Figueiredo assinaram o termo de doação para constituição do patrimônio da capela. José Justiniano dos Reis faleceu em 1809 e a viúva, Dona Indá é quem passou a conduzir os destinos do arraial. José Justiniano dos Reis e Dona Indá são considerados os fundadores de Alpinópolis. A Freguesia passou a se chamar Alpinópolis em 1914, pela Lei nº 622 de 18 de setembro do mesmo ano. O nome anterior era São Sebastião da Ventania; Ventania ainda é o nome preferido de todos os habitantes desta encantadora e hospitaleira cidade, e também como ela é identificada em toda a região. Está situada a uma altitude de 900 m, ao sopé da serra. Daí o nome Alpinópolis. A emancipação ocorreu em 1938 pelo Decreto Lei nº 148, de 17 de dezembro de 1938. A instalação do município ocorre em 1º de janeiro de 1939, desvinculando-se definitivamente de Nova Resende, sendo que Antônio Herculano dos Reis foi eleito o primeiro prefeito .[5]

Com uma população em torno dos 18 mil habitantes e uma área territorial de 459 quilômetros quadrados, a cidade de Alpinópolis tem o privilégio de estar numa das regiões mais prósperas do Estado. Além de ter uma economia bastante diversificada. A cidade tem se tornado cada vez mais conhecida nacionalmente através do Monte das Oliveiras, que é um espaço construído a céu aberto destinado à meditação, apresentações e excursões com finalidade religiosa (ecumênica).

Mais detalhes sobre Alpinópolis

Consulte abaixo as categorias de produtos agrícolas divididas por estado