Publicidade

 Alimentos em Geral por estado

 Alimentos em Geral por cidade

Alimentos em Geral

Você está vendo Alimentos em Geral em Novorizonte

Veja Também:
Notícias Agrícolas

Foram encontrados 0 anúncios de Alimentos em Geral na cidade de Novorizonte em Minas Gerais.

Clique no menu ao lado para consultar Alimentos em Geral em outra região.
Minas Gerais
X
Novorizonte
X
Anterior
Página 1 de 0
Proxima

Relação de preços de anúncios de vendedores de Alimentos em Geral em Novorizonte/MG

Detalhes sobre a cidade de Novorizonte

No Indaiá, então distrito do município de Salina/MG, residia um senhor fazendeiro, cuja Fazenda Córrego da Xícara lhe pertencia. Produzia muito café, bovinos, fabricava cachaça e cultivava lavouras em geral.

Este fazendeiro cujo nome era João Bernadino de Souza, o popular João Davilino, dentro de suas atividades era um homem popular e muito trabalhador. Além de seu trabalho cotidiano exercia outras atividades, tais como: Inspetor de Quarteirão (o equivalente a Auxiliar de Delegado), era também Inspetor da Escola Municipal de Indaiá, que funcionava em um grupo escolar construído por conta própria, juntamente com dois amigos, também fazendeiros na região do Indaiá: o Sr. Adão Rufino da Silva e o Sr. Macário de Almeida. Isto por volta de 1934.

João Bernadino era casado com Tiodomira Bernadino de Souza e pai de nove filhos.

E assim seguiu no desempenho em prol de seu trabalho comunitário, e com o decorrer do tempo, em 1948, seus líderes políticos lhe fazem o convite para participar das eleições como candidato a vereador pelo partido de silha PR, disputando com o candidato Sr. Noé Corrêa, que era do partido PSD. Ganhou a eleição o candidato do PR José Porto e para vice, Procópio Cardoso. Esta eleição foi realizada no dia quinze de novembro de 1947 e o Sr. João Bernadino não foi eleito, já que disputava no Indaiá com o Sr. Izau Corrêa. João Bernadino não sendo eleito ficou muito aborrecido por falta de apoio naquele povoado, pois lá tinha 16 casas e 8 delas pertenciam ao João Bernadino. Então ela falou - Vou me mudar daqui.

No início de 1949 ele mudou-se para o estado de São Paulo, para um lugar chamado São João do Pau D´Alho, e por lá comprou um terreno de matas nativas, cultivando café e outras lavouras brancas. Mas sempre vinha dar assistência na sua fazenda que rodeava o Indaiá.

Ele tinho um grande desejo de construir uma igreja cuja padroeira fosse Nossa Senhora da Conceição. Próximo do Indaiá havia uma chapada com extensão de planície muito boa, de um lado pertencia à família Almeida e do outro à família Ferreira. E eum udadqueles cruzamentos existia uma casinha construída pelo Sr. Florisvaldo de Almeida, como era um ponto de venda, lá negociava Santo de Almeida no terreiro daquela vendinha.

Realizou a primeira reunião, isto foi no dia 15 de agosto de 1953, onde participaram 23 pessoas. O assunto foi para formar uma Igreja no lugar chamado Novo Indaiá, o que foi aceito pelas famílias Almeida e Ferreira, doando o terreno para a realização desta obra. Foram doados os recursos financeiros para a construção da Igreja pelos participantes, que se fizeram presentes naquela data.

Logo após, João Bernardino formou uma diretoria composta de sete membros, como a comissão de construção.

A partir do dia 03 de setembro de 1953, em mutirão reuniram-se no local para medir e desbravar a praça onde ia ser construída a Igreja, vinte e cinco homens de ferramentas nas mãos, machado, foice, enxadão, facão, etc. E ao terminarem a medição da praça da Igreja, seguiram a explorar como seria feito o abastecimento de água, pois a distância era de aproximadamente dois quilômetros. E em seguida, João Bernardino deu início aos trabalhos, limpando o terreno onde construiu dois cômodos, uma casinha e um quarto de dormida. O trabalho seguiu com a base da Igreja, e como a dificuldade era grande demorou muito a ser construída.

João Bernardino demoliu todas as casas que tinha no Indaiá e trouxe o material para reconstruir outras ao redor da Igreja.

Doutor Costa era o prefeito de Salinas, como prefeito lhe fez uma visita neste lugar, que ainda se chamava Novo Indaiá, em 06 de outubro de 1953 - Dr. Costa deu uma voltinha naquela chapada e disse a João Bernardino: " isto aqui é um muito bonito, é um horizonte". Por isso foi colocado o nome de Novorizonte, pois merece um nome bonito e foi aceito, e assim conversavam o dois.

By: Klinger Vinicius de Almeida

Mais detalhes sobre Novorizonte

Consulte abaixo as categorias de produtos agrícolas divididas por estado