Cães/Filhotes de Cães na cidade de Gravataí no Rio Grande do Sul

Foram encontrados 3 anúncios de Cães/Filhotes de Cães na cidade de Gravataí no Rio Grande do Sul.

Clique no menu ao lado para consultar Cães/Filhotes de Cães em outra região.
Rio Grande do Sul
X
Gravataí
X

Pastor Maremano

Vendo os filhotes desverminados e com vacina polivalente, com pedigree.

Preço: R$ 1.500,00

Gravataí/RS

Cães Dog Australiano

Temos pai e mae de raça pura no mesmo pátio, pois deu 6 filhotes 4 (femeas) 2 (machos).-Assistente em recrutamento de bois e ovelhas no campo.

Preço: R$ 340,00

Gravataí/RS

FILHOTES FOXHOUND AMERICANO URRADOR

SOMOS UM CANIL DE CRIAÇÃO DE FOXHOUND AMERICANO EM GRAVATAÍ RS.CONSULTE DISPONIBILIDADE DE FILHOTES.

Preço: R$ 600,00

Gravataí/RS
Anterior
Página 1 de 1
Proxima

Relação de preços de anúncios de vendedores de Cães/Filhotes de Cães em Gravataí/RS

Detalhes sobre a cidade de Gravataí

O nome da cidade tem origem numa espécie de Apiácea (antiga Umbelífera) conhecida como Gravatá. Em Tupi-guarani, Gravatahy, que significa "Rio dos Gravatás".

Em 8 de abril de 1763 é fundada a Aldeia de Nossa Senhora dos Anjos.

A Coroa Portuguesa, ao expandir seus domínios para o sul da América, concedia cartas de sesmarias a quem já habitava a região, com o intuito de povoá-la. Pedro Gonçalves Sandoval, natural de Lima (Peru), recebeu a primeira sesmaria, pois já habitava o chamado rincão de Gravataí, nos campos de Viamão.

Nesta época, o capitão João Lourenço Veloso também recebeu sua sesmaria, dando posse das terras que habitava no mesmo rincão, mais a nordeste, próximo ao Morro Itacolomi. Parte dessas terras seria comprada pela coroa portuguesa para assentamento da então Aldeia dos Anjos. Era o primeiro arranchamento da aldeia, transferido posteriormente para as atuais terras centrais de Gravataí.

Portugal e Espanha, desde tempos pré-coloniais, avançavam um no território de outro; por esse motivo em 1750 assinaram o Tratado de Madrid, estipulando que Portugal devolveria a Colônia do Sacramento, fundada em território espanhol em troca dos Sete Povos das Missões, mais a nordeste. Para povoar os Sete Povos das Missões, os portugueses trariam colonos do superpovoado arquipélago dos Açores. O Tratado não se efetivou, os índios guaranis que habitavam a região não aceitaram abandonar as terras, dando início à Guerra Guaranítica.

Em conseqüência da guerra, milhares de índios fugiram para o território português, estabelecendo-se nas imediações do Rio Pardo, atualmente rio Santa Maria.

Desse contingente de refugiados, cerca de mil índios guaranis foram trazidos, em 1762, pelo Capitão Antônio Pinto Carneiro para as proximidades do rio Gravataí, dando início ao povoamento da Aldeia dos Anjos. Note-se que a Aldeia já existia de fato antes de sua fundação oficial (8 de abril de 1763).

Com a chegada dos colonos açorianos e a confusão gerada na região missioneira, esses tiveram que ocupar outras áreas, ou seja, o Vale do rio Jacuí (centro do estado) e o Vale do rio Gravataí.

Com a chegada de José Marcelino de Figueiredo, Governador da Província de São Pedro, em 1772, a Aldeia dos Anjos começou a se desenvolver. José Marcelino de Figueiredo urbanizou o aldeamento, construindo escolas, olarias e moinhos.

Em 1795, a Aldeia dos Anjos foi desmembrada da Freguesia de Nossa Senhora da Conceição de Viamão.

Em 1806, a Aldeia dos Anjos foi elevada à condição de Freguesia, ou seja, distrito de Porto Alegre.

Mais detalhes sobre Gravataí

Consulte abaixo as categorias de produtos agrícolas divididas por estado