Publicidade

 Animais por estado


Você está vendo Animais em Serra do Salitre

Veja Também:
Notícias Agrícolas

Foram encontrados 1 anúncios de Animais na cidade de Serra do Salitre em Minas Gerais.

Clique no menu ao lado para consultar Animais em outra região.
Minas Gerais
X
Serra do Salitre
X

Touro Senepol PO Registrado

Touro Senepol PO Registrado

Touros e novilhas prenhes Senepol PO com registro definitivo.Animais possuem na sua genealogia as famílias dos melhores raçadores Senepol como CN e WC.

Preço: R$ 6.000,00

Serra do Salitre/MG
Anterior
Página 1 de 1
Proxima

Relação de preços de anúncios de vendedores de Animais em Serra do Salitre/MG

Detalhes sobre a cidade de Serra do Salitre

A primeira referência a Serra do Salitre vem do bandeirante Lourenço Castanho Taques que em seu roteiro de 1675, diz: subindo a Cordilheira pelo vale do Rio Bambohy, e no alto até a Samambaia...e daí dividindo com o território dos Araxá, até a Serra do Salitre, seguindo rumo norte até Paracatú. De fato, como ficou escrito por Castanho Taques, entendemos da anterior passagem de outros bandeirantes pela região, quando registraram a Serra do Salitre como um braço de serra onde se encontravam componentes para a confecção da pólvora, produto tão importante para permitir o enfrentamento aos bravios indios Caiapós e posteriormente aos quilombolas que se formaram na região, como o de Ambrosios. Posteriormente pelos idos dos anos de 1800, Salitre foi o nome do povoado que se formara e que veio a ser hoje a cidade de Patrocínio. Outro apontamento já em 1839 é da lei 147 de 06 de abril de 1839, sancionada pelo então Presidente da Província de Minas Geraes, Dr. Bernardo Jacintho da Veiga, que no seu &4° eleva a Distrito de Paz o Curato de São Sebastião da Serra do Salitre, cujas divisas ficaram assim demarcadas: ....desde o Rio São João, incluída a Fazenda de Joaquim José Borges, subindo ao Chapadão com todas as vertentes, até a fazenda da Cachoeira do Campo; e voltando à Serra em direitura ao Rio Paranaíba, incluindo a fazenda dos Catulés; e por aquele rio abaixo até o córrego da divisa da fazenda das Barreiras; e por este acima até o capão que serve de divisa com a fazenda da Lagoa Formosa, e voltando o espigão, em direção ao córrego do Engenho; e por este abaixo até a sua barra no Ribeirão do Fortaleza, e subindo por este à sesmaria do Campo Redondo, e pelo rumo desta até alcançar o Chapadão da Serra Negra; e daqui voltando a encontrar a Fazenda Salitre, até rumo do Campestre, e deste ao Córrego do Jacú; e por ele acima ao alto da pedreira; e por esta serra em direitura ao Rio Quebra Anzol, incluindo todas as vertentes daquele ribeirão do Salitre; e pelo referido Quebra Anzol acima até a barra do já mencionado Rio de São João; e por este acima até ganhar a primeira confrontação. Posteriormente entra em cena o Capitão Luís Manoel Leite que em 1842 aparece na Ata de Reunião da Posse da Primeira Câmara da nova Vila de Patrocínio, e que em 1850 constroi a igreja do Distrito de Serra do Salitre, por ter sido preterido pelo pároco de Santana. Pela Lei nº 1039 de 12/12/1953 foi criado o Município de Serra do Salitre, desmembrado do Município de Patrocínio, tendo a respectiva instalação se dado em 06/01/1954, sendo nomeado intendente o Sr. Pedro Diniz Romão. Neste processo, Serra do Salitre cedeu parte da área do distrito ( de salitre ao Tijuco) para obter a sua emancipação.


Geografia

Sua população estimada no último Censo em 2008 era de 10.657 habitantes. Seu clima é tropical de altitude observando a variação da temperatura durante o ano. Com invernos frios e secos e verões tépidos e úmidos. A sede do município, está a 1220 m acima do nível do mar. O município com área de 1298Km2 tem na produção de café seu carro chefe da economia, com cerca de 12.500ha de lavouras de café plantadas e produtividade de 1.500kg/ha dos melhores café produzido no Brasil e exportado pela Cooxupé. Tem ainda importância a produção de batata pela empresa Montesa que emprega cerca de 350 pessoas nesta atividade produtiva. Soja, milho e feijão são outros destaques na produção do Município, bem como a produção de queijo, com rebanho bovino de aproximadamente 57.000 cabeças. Apresenta PIB per capta de aproximadamente R$ 13.000,00/hab, e IDH de aproximadamente 0,80, já que todas as 2.600 residências são atendidas com água tratada e distribuída pela COPASA e rede de esgoto. Com cerca de 1800 matriculas no ensino fundamental, 400 matrículas no ensino médio e 300 matriculas na pré-escola.


Curiosidades

No dia 15 de maio de 2010, na cidade de Monte Carmelo - MG, a Miss Serra do Salitre Mirim 2010, Maria Eduarda Bernardes foi eleita a criança mais fotogênica do Estado de Minas Gerais, sendo premiada com o título de Miss Minas Gerais Fotogênia Mirim 2010.

Mais detalhes sobre Serra do Salitre

Consulte abaixo as categorias de produtos agrícolas divididas por estado