Publicidade

 Defensivos Agrícolas por estado

 Defensivos Agrícolas por cidade

Defensivos Agrícolas

Você está vendo Defensivos Agrícolas em Alto Jequitibá

Veja Também:
Notícias Agrícolas

Foram encontrados 0 anúncios de Defensivos Agrícolas na cidade de Alto Jequitibá em Minas Gerais.

Clique no menu ao lado para consultar Defensivos Agrícolas em outra região.
Minas Gerais
X
Alto Jequitibá
X
Anterior
Página 1 de 0
Proxima

Relação de preços de anúncios de vendedores de Defensivos Agrícolas em Alto Jequitibá/MG

Detalhes sobre a cidade de Alto Jequitibá

Aos pés de um gigantesco jequitibá surgiu um dos mais encantadores municípios da Serra do Caparaó. A cidade tem a simplicidade e o ritmo de vida do interior, mas é uma verdadeira potência turística, repleta de atrativos espetaculares.

O município preserva um imenso patrimônio histórico, onde destacam-se os pontilhões, estações e túneis da extinta ferrovia, as igrejas(Presbiteriana e Católica) e o prédio do antigo internato do Colégio Evangélico. No interior, há várias fazendas antigas(Fazenda Azul(Sathler), Sanglard, Werner, Eller, Silva, Gripp, Modelo e Fazenda dos Padres), onde ainda se preserva o hábito de produzir a deliciosa cachaça mineira de forma artesanal. A magnitude da Serra do Caparaó pode ser admirada no mirante da Vargem Grande, localidade que abriga uma maravilhosa reserva ecológica. A natureza de Alto Jequitibá tem ainda outras reservas de Mata Atlântica e a deslumbrante Cachoeira das Andorinhas com suas piscinas naturais. As montanhas, vales e florestas do município convidam para a aventura(trekking, rapel, trilhas motociclísticas, off-road e muito mais). A rampa de Vôo Livre dos Tavares está se tornando uma das mais populares da região. O Aeromodelismo vem se tornando chave na cidade sendo o campo de aviação o local ideal para a prática deste hobby, com lindos aeromodelos e vôos bonitos.


História

O nome da cidade originou da existência de um Jequitibá, que é uma árvore gigantesca encontrada em abundância na Zona da Mata mineira no século XIX, o que marca o surgimento da cidade. Essa grandiosa árvore servia de orientação e pouso para os tropeiros que ali se encontravam para comercializarem gêneros na região. Devido a grande fertilidade de seu solo, atraiu a vinda de colonos, basicamente alemães e suíços, oriundos de Nova Friburgo(RJ), sendo a família Sanglard a pioneira, chegando ali em 1862, os quais foram, também, pioneiros na implantação da cultura cafeeira. Destacam-se, também, as famílias Eller, Sathler, Werner, Gripp, Heringer, Catheringer, Boechat, Stutz, Schwuab, entre outras. Ainda existe na cidade fazendas centenárias. O povoado foi elevado a distrito em 1923, com o nome de Presidente Soares, em homenagem ao então Presidente do Estado de Minas Gerais, o advogado, escritor, jurista, político e professor Dr. Raul Soares de Moura, empossado em 7 de setembro de 1922 e falecido antes do término de seu mandato, em 4 de agosto de 1924, devido a problemas cardíacos. Obteve sua emancipação em 1953. Após um plebiscito realizado em 21 de outubro de 1991, a cidade voltou a ter seu nome de origem, Alto Jequitibá. Possui um imensurável acervo histórico, onde pode-se destacar pontilhões, estações e túneis construídos pela já extinta Estrada de Ferro Leopoldina Railway.

Formação administrativa

Distrito criado com a denominação de Presidente Soares, pela Lei Estadual nº 843 de 7 de setembro de 1923, com terras desmembradas do distrito de Pirapetinga, subordinado ao município de Manhumirim Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o distrito de Presidente Soares figura no município de Manhumirim. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1 de julho de 1950. Elevado à categoria de município com a denominação de Presidente Soares, pela Lei Estadual nº 1039 de 12 de dezembro de 1953, desmembrado de Manhumirim. Sede no antigo distrito de Presidente Soares. Constituído do distrito sede. Instalado em 1 de janeiro de 1954. Em divisão territorial datada de 1 de julho de 1960, o município é constituído do distrito sede. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1988. Pela Lei Estadual nº 10504 de 21 de outubro de 1991, o município de Presidente Soares passou a denominar-se Alto Jequitibá. Pela Lei Municipal nº 503 de 24 de dezembro de 1993, é criado o distrito de Padre Júlio Maria e anexado ao município de Alto Jequitibá. Em divisão territorial datada de 1995, o município é constituído de 2 distritos: Alto Jequitibá e Padre Júlio Maria. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Mais detalhes sobre Alto Jequitibá

Consulte abaixo as categorias de produtos agrícolas divididas por estado