Publicidade

 Defensivos Agrícolas por estado

 Defensivos Agrícolas por cidade

Defensivos Agrícolas

Você está vendo Defensivos Agrícolas em Ferros

Veja Também:
Notícias Agrícolas

Foram encontrados 0 anúncios de Defensivos Agrícolas na cidade de Ferros em Minas Gerais.

Clique no menu ao lado para consultar Defensivos Agrícolas em outra região.
Minas Gerais
X
Ferros
X
Anterior
Página 1 de 0
Proxima

Relação de preços de anúncios de vendedores de Defensivos Agrícolas em Ferros/MG

Detalhes sobre a cidade de Ferros

Sob a denominação de Santana dos Ferros, surgiu um povoado em função das explorações de ouro e diamantes desenvolvidas às margens do rio Santo Antônio, no último quartel do século XVIII, tendo como fundadores Pedro Fernandes Alves e José Ferreira Santiago, que ali teriam se fixado com o objetivo de minerar. Segundo o historiador Waldemar Barbosa, o povoado, em fins do século XIX, prosperou em razão do incremento das atividades de lavoura e pecuária, sendo elevado à vila, com a criação, por lei de 1884, do Município, emancipando-se do município de Itabira. A elevação da Vila à categoria de Cidade ocorreu dois anos depois. O nome atual, tem data de 1923, e o topônimo decorre do processo de mineração antigamente adotado, que, para retirada do cascalho aurífero do fundo do rio Santo Antônio, compreendia o emprego de ganchos especiais de ferro. Os desbravadores, ao se espalharem pelas profundezas para abrir novas picadas, deixavam suas ferramentas guardadas e, na medida em que delas precisavam, recorriam ao depósito, dizendo: "Vamos aos Ferros!". Ao longo do tempo, Ferros incorporou a seu território um grande número de distritos. O município conserva prédios remanescentes de seus primeiros tempos, como as capelas de São José e Nossa Senhora do Rosário e o sobrado da Praça Monsenhor Alípio, que funcionou como Casa de Câmara e Cadeia, passando depois a Fórum e Coletoria, e que atualmente funciona como Casa de Câmara, Biblioteca Municipal, Agência de Passagens e Associação dos Comerciantes.


Geografia

Ferros possui uma área de 1090 km², a contar pela sede e pelos seis distritos que possui. Sua altitude máxima é 1260 m na Serra dos Cocais e a altitude mínima é 595 m na Foz Córrego do Lava. O clima é quente e úmido com inverno seco e verão chuvoso. A temperatura média anual é de 20°C, com temperaturas mais elevadas entre os meses de agosto a março, sendo a máxima 30°C e a mínima 10°C. O período com maior incidência de chuvas é de outubro a março, com média anual de 1200 mm. O município tem muitas serras, ramificação da Cordilheira do Espinhaço: Santana, Rosário, Caçu, Ferreiros, Taquaral, Sapé, Cuité, Bolívia, Cocais, Cuminheiras e outras.

RelevoTopografiaPlano: 5%Ondulado: 15%Montanhoso: 80%Solo

O solo em geral é fértil, com o tipo predominante latossolo roxo, tendo a seguinte composição:

PH: 5,3Matéria Orgânica: 1,86%Fósforo: 4 ppmPotássio: 113 ppmVegetação Predominante

O Município de Ferros apresenta 13,91% de sua superfície coberta por matas e florestas naturais, localizadas em encostas e topos de morros e 5,05% de área ocupada por reflorestamento e eucalipto.

Floresta estacional semi-descidual remanescente de Mata Atlântica;Floresta de porte alto: baraúna, vinhático, garapa, jatobá, angico, etc, e árvores de médio porte.Fauna

Capivara, onça, macaco, lobo guará, raposa, tatu, paca, veado, lontra.

Hidrografia

A rede fluvial do município é densa, rica de pequenos e médios cursos de água, favorecendo assim a maior divisão de propriedades.

O principal rio é o Santo Antônio, que corta a sede, e correndo para o leste, depois de um percurso de 283 km, vai despejar suas águas no Rio Doce. No município de Ferros, o rio Santo Antônio ainda recebe as águas do rio Tanque e rio do Peixe. Faz parte da bacia hidrográfica do rio Doce.

Mais detalhes sobre Ferros

Consulte abaixo as categorias de produtos agrícolas divididas por estado