Publicidade

 Defensivos Agrícolas por estado

 Defensivos Agrícolas por cidade

Defensivos Agrícolas

Você está vendo Defensivos Agrícolas em João Monlevade

Veja Também:
Notícias Agrícolas

Foram encontrados 0 anúncios de Defensivos Agrícolas na cidade de João Monlevade em Minas Gerais.

Clique no menu ao lado para consultar Defensivos Agrícolas em outra região.
Minas Gerais
X
João Monlevade
X
Anterior
Página 1 de 0
Proxima

Relação de preços de anúncios de vendedores de Defensivos Agrícolas em João Monlevade/MG

Detalhes sobre a cidade de João Monlevade Jean-Antoine Félix Dissandes de Monlevade.Pré-emancipação

O município leva o nome do engenheiro francês Jean-Antoine Félix Dissandes de Monlevade que, ao chegar ao Brasil em 1817, fundou em 1825 a primeira usina siderúrgica do país, ainda presente na cidade.A Câmara Municipal de João Monlevade começou a funcionar em 1965, quando foram abertos os trabalhos de sua instalação, em solenidade realizada no Salão Nobre da Prefeitura. A solenidade teve início às 13h45min, do dia 5 de dezembro e foi presidida pelo Juiz da Comarca de Rio Piracicaba, Murillo Furtado Gomes

No entanto, os fatos históricos que resultaram na emancipação de João Monlevade, em 1964 e na conseqüente instalação do poder legislativo municipal, começaram a ser escritos no século XIX, com a chegada ao Brasil do engenheiro francês, Jean Antoine Felix Dissandes de Monlevade. Com 28 anos, Jean de Monlevade desembarca no Rio de Janeiro, no dia 14 de janeiro de 1817. Formado em Engenharia de Minas, o jovem francês segue para a província de Minas Gerais, onde adquiriu terras na comarca de São Miguel do Piracicaba. Ali, ele construiu sua Forja Catalã e sua moradia, o Solar Monlevade. Anos depois, o francês constituiu sua família, casando-se em 1827, com a sobrinha do Barão de Catas Altas, Clara Sophia de Souza Coutinho, com quem teve dois filhos, João Pascoal e Mariana. Jean de Monlevade veio a falecer em 14 de dezembro de 1872.

Próximo às terras do francês formou-se gradativamente um pequeno povoado, constituído principalmente de agricultores. Cortados por alguns córregos, as terras eram relativamente férteis, o que possibilitava aos habitantes do lugarejo tirar o seu sustento. Vestidos geralmente de branco, os habitantes do pequeno povoado atravessavam as colinas da região, o que lhes rendeu o apelido de “Carneirinhos”, nome que posteriormente seria dado a aquela localidade.

Durante vários anos Carneirinhos viveu a sombra do progresso que vinha das terras de Monlevade e na dependência econômica de Rio Piracicaba, sede do município desde 1911. Em 27 de dezembro de 1948, com a promulgação da Lei Estadual número 336, criou-se o Distrito de João Monlevade, integrando numa só circunscrição administrativa as antigas terras de Jean de Monlevade e as propriedades dos Carneirinhos, desanexadas do município sede que era Rio Piracicaba.

Com a elevação do distrito de João Monlevade ocorre a criação da Paróquia São José Operário e a nomeação do seu primeiro pároco, o Cônego José Higino de Freitas. Em seguida começam a funcionar várias entidades e órgãos de grande valor histórico para o distrito, em 1949 é instalado o Cartório de Registro Civil, em 1951 é criado o Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos, em 1952 é inaugurado o Hospital Margarida, em 1955 é criado o Ginásio Monlevade, e em 1958 é formada a Comissão Pró Emancipação.

Como o próprio nome sugere, a Comissão de Emancipação foi criada com o intuito de lutar pela emancipação de João Monlevade. Integraram a Comissão, o presidente, Germin Loureiro; os membros, Randolfo Moreira de Souza, José Loureiro, Alberto Pereira Lima, Wander Wanderley de Lima, e Carlos Caldeira; os colaboradores, Vereador Benedito Marcelino, Padre João Batista Gomes Neto, Geraldo de Paula Santos, Antônio Loureiro Sobrinho, Gentil Bicalho, Oswaldo Silva, Olímpio Carvalho Lage, José Pedro Machado, Astolfo Linhares, Alonso Leite, Raimundo José Caldeira e Pedro José Caldeira. Após movimentarem os corredores da Assembléia Legislativa de Minas Gerais, a Comissão de Emancipação consegue que em 29 de abril de 1964, o distrito de João Monlevade seja elevado a município.

Mais detalhes sobre João Monlevade

Consulte abaixo as categorias de produtos agrícolas divididas por estado