Publicidade

 Defensivos Agrícolas por estado

 Defensivos Agrícolas por cidade

Defensivos Agrícolas

Você está vendo Defensivos Agrícolas em Ponte Nova

Veja Também:
Notícias Agrícolas

Foram encontrados 0 anúncios de Defensivos Agrícolas na cidade de Ponte Nova em Minas Gerais.

Clique no menu ao lado para consultar Defensivos Agrícolas em outra região.
Minas Gerais
X
Ponte Nova
X
Anterior
Página 1 de 0
Proxima

Relação de preços de anúncios de vendedores de Defensivos Agrícolas em Ponte Nova/MG

Detalhes sobre a cidade de Ponte Nova

A origem de Ponte Nova está em uma sesmaria obtida por família de nome Medeiros em 1756, situada nas terras banhadas pelo ribeirão Tavoassu (Vau-Açu). O Padre João do Monte de Medeiros, partindo de São Caetano em Mariana, juntamente com sua mãe e irmã, vai fundar a Fazenda com Nome de Vau-Açu. Consegue com o Bispo de Mariana uma provisão datada de 6 de junho de 1770 para instalar uma Capela naquele território, o que faz, instituindo como seu orago, Sao Sebastiao e Almas de Ponte Nova, em homenagem a seu irmão, Sebastiao do Monte de Medeiros. Ao instituir esta Capela, o Padre João vai doar grande parte de terra para dotar seu patrimônio,área para um cemitério e vai dotá-la de todos paramentos próprios de tal construçao.o Patrimônio da dita Capela situava-se entre o roibeirao do Vau-Açu e a última parede Em torno desta Capela vai surgir aos poucos a cidade de Ponte Nova O nome de Ponte Nova está ligado a uma ponte que foi construida em substituiçao a uma primitiva de madeira que ligava as duas margens do Rio Piranga. A Paróquia foi criada em 1832, sendo seu primeiro pároco o Padre João José de Carvalho que tomou posse aos 22 de agosto de 1836. Em 1857 tem seu primriro vigário colado, o pontenovense Padre José Miguel Martins Chaves que amplia o patrimônio da Igreja, doando terras de sua propriedade, a Sesmaria do Engenho. Em 1860, ergue-se o novo templo, a Matriz, segundo templo, destruido em um incêndio. Em 1860, o povoado de Ponte Nova foi elevado à Vila, pela Lei Provincial nº826, que foi revalidada por ato governamental de 16/10/1861. vindo a Vila se instalar em 26 de abril de 1863, sendo eleito primeiro presidente da Câmara o Capitão Manoel Francisco de Souza e Silva. Sua emancipação se dá aos 30 de outubro de 1866 pela Lei Provincial 1300 do dia 20 de outubro. Em 1873 dá-sea inauguração do Hospital Nossa Senhora das Dores, construido pela campanha incansavel do Padre joão PAulo MAria de Britto e do Dr Leonardo. Em 1875 é criada a Comarca denominada de Rio do Turvo. em 1885 é criada a primrira Usina de cana de açucar, a Usina de Anna Florência, o que marcaria toda a história econômica do município que encontrará nesta cultura a sua vocação economica. Em 1885 chega até Ponte Nova a Estrada de Ferro Leopoldina Railway inaugurada por Dom Pedro II


Geografia

O município localiza-se na Mesorregião da Zona da Mata mineira. A sede dista por rodovia 170 km da capital Belo Horizonte.

Relevo, clima, hidrografia

A altitude da cidade é de 431 m. O clima é do tipo tropical de altitude com chuvas durante o verão e temperatura média anual em torno de 19°C, com variações entre 14°C (média das mínimas) e 26°C (média das máximas).[5]

O município integra a bacia do rio Doce, sendo banhado por um de seus principais formadores, o rio Piranga.

DemografiaDados do Censo - 2000

População total: 55.503

Urbana: 48.997Rural: 6.306Homens: 26.535Mulheres: 28.768

(Fonte: AMM)

Mais detalhes sobre Ponte Nova

Consulte abaixo as categorias de produtos agrícolas divididas por estado