Publicidade

 Diversos por estado


Diversos na cidade de Mococa em São Paulo

Foram encontrados 4 anúncios de Diversos na cidade de Mococa em São Paulo.

Clique no menu ao lado para consultar Diversos em outra região.
São Paulo
X
Mococa
X

CNPJ COM MAIS DE 30 ANOS

VENDO 02 CNPJ COM MAIS DE 30 ANOS INATIVOS , QUALQUER DUVIDA NOS CHAME

Preço: R$ 0,01

Mococa/SP

EMULSÃO DE SILICONE BASE AGUA PARA FABRICAÇÃO DE TINTAS DIVERSAS

LOTE DE EMULSÃO BASE SILICONE PARA PRODUÇÃO DE TINTAS DIVERSAS , DISPONIVEL , FRETE A COMBINAR E QUALIDADE NO PRODUTO ACIMA DE TUDO , CONTATE-NOS , PRODUTO QUÍMICO NÃO CONTROLADO E...

Preço: R$ 2,30

Mococa/SP

Botinas / botas

VENDO BOTAS E BOTINAS EM COURO, SALTO DE PNEU E SOLA DE BORRACHA DE GRANDE QUALIDADE E CONFORTO.NO ATACADO TENHO A PARTIR DE  R$22,50 MAIS O FRETE PARA QUALQUER LUGAR DO BRASIL.

Preço: R$ 22,50

Mococa/SP

Madeira Teca

Madeira: Tectona Grandis (Teca) Idade: 11 anos – Madeira proveniente de desbaste (manejo florestal) Tipo de madeira: Blocos serrados e toras in natura Medidas: (0,12 x 0,12 x 2,4m)...

Preço: R$ 2.500,00

Mococa/SP
Anterior
Página 1 de 1
Proxima

Relação de preços de anúncios de vendedores de Diversos em Mococa/SP

Detalhes sobre a cidade de Mococa

Mococa teve como um de seus fundadores o Barão de Monte Santo, Gabriel Garcia de Figueiredo. No cerne do período Imperial, o povoado, até então conhecido como São Sebastião da Boa Vista, em meados da década de 1840, passa em 1857 a ser considerada uma freguesia. Em 1871, passa à condição de vila e somente em 1875 veio a ser considerada cidade oficialmente. O nome vem da seguinte designação: Mu – pequeno; Co - esteio e Oca - casa, resultando daí a expressão Mucoca - casa de pequeno esteio. Em 1842, foi implantada a primeira lavoura de café, vindo a gerar cidades e citadinos. O que impossibilita pensar em café sem escravos, estes advindos da África para suprirem a mão-de-obra nos cafezais. Após 1888, data da abolição da escravatura, fez-se necessária a substituição de mão-de-obra escrava. Eis que a cidade passa a receber uma massa de imigrantes, em sua esmagadora maioria de Italianos, cerca de 9.000 e em menor escala também de alemães, austríacos, espanhóis, portugueses e libaneses, para essa substituição da mão-de-obra. Como resultado, houve uma fusão cultural e cosmopolita em pleno “sertão do pardo”, período este conhecido como a belle époque caipira, qualificando Mococa como uma das principais cidades produtoras do melhor café do Brasil. A florada civilizadora do café passa a dar origem à última aristocracia (os fazendeiros de café), tornando-os a elite social brasileira. Pois entre 1914 e 1918, período da Primeira Guerra Mundial, ocorre a desorganização do comércio internacional, desestruturando a economia cafeeira devido à retração dos mercados consumidores. A partir deste período os fazendeiros passam investir na criação de gado de leite. Em 1932, a cidade passa a ser um dos fronts da Revolução constitucionalista no conflito entre mineiros e paulistas.


Outras informações

Mococa é a terra natal do escultor Bruno Giorgi, e do comediante Rogério Cardoso Furtado. Tem como atrações turísticas: o centro histórico, diversas igrejas, museus e casa de cultura. O turismo rural e de eventos também merecem destaque, exemplos: Troféu Chico Piscina e Kim Mollo (ambos de natação) e a Semana Universitária Mocoquense (SUM).


Influência religiosa sob a cidade

O município pertence à Diocese de São João da Boa Vista. Sua igreja Matriz, contruída em 1898, é de estilo gótico e dedicada a São Sebastião. O atual pároco é Paulo Cominato.

Mais detalhes sobre Mococa

Consulte abaixo as categorias de produtos agrícolas divididas por estado