Publicidade

 Implementos por estado


Implementos na cidade de Campo Mourão no Paraná

Foram encontrados 3 anúncios de Implementos na cidade de Campo Mourão no Paraná.

Clique no menu ao lado para consultar Implementos em outra região.
Paraná
X
Campo Mourão
X

Plantadeira John Deere 9213 -2002

PLANTADEIRA JOHN DEERE 2002/2002MODELO 9213 - PNEUMÁTICA12 LINHAS DE 0,50ÓTIMO ESTADO!!!!CONDIÇÃO IMPERDÍVEL!!

Preço: R$ 42.000,00

Campo Mourão/PR

Plantadeira / Semeadeira múltipla IMASA MPS 2600 ano 2004

Multi plantadeira Imasa MPS 2600, ano 2004, 10 linhas de 45 cm para verão e 23 linhas de 17,50 cm para inverno. Multi plantadeira IMASA MPS 2600, ano 2004, 10 linhas de 45cm para a...

Preço: R$ 30.000,00

Campo Mourão/PR

PULVERIZADOR AUTOPROPELIDO SP 3500 New Holland

Autopropelido em ótimo estado de conservação, aceito camionete como forma de pagamento Autopropelido com 3800 horas, 30 metros de barra, tanque de 3500 Litros

Preço: R$ 350.000,00

Campo Mourão/PR
Anterior
Página 1 de 1
Proxima

Relação de preços de anúncios de vendedores de Implementos em Campo Mourão/PR

Detalhes sobre a cidade de Campo Mourão

A região dos "Campos" bordejados pelas matas Atlântica e das Araucárias, sede da Nação Guarani, começou a ser visitada pelos jesuítas espanhóis entre 1524 e 1541 e pelos bandeirantes paulistas a partir de 1628. A região pertenceu à antiga possessão espanhola chamada Província do Guairá, com capital em Assunção, hoje Paraguai.

Em 1765 começou a ser vasculhada por milícias do governo da capitania de São Paulo, que denominaram o vale descampado entre os rios Ivaí e Piquiri, de "Campos do Mourão", em homenagem ao governador da capitania de São Paulo, Dom Luís António de Sousa Botelho e Mourão (mais conhecido como Morgado de Mateus).

Na década de 1890 o pasto natural e o cerrado nativo dos "Campos do Mourão" serviam de ponto de descanso dos tropeiros que pela região passavam, tocando boiadas para negociar no Mato Grosso do Sul. Em 1903 chegou e fixou-se nos "Campos do Mourão" a família do paulista Matheus Vieira dos Santos; o barão português Henrique de Jesus Cardoso, com sua esposa, a baronesa Sarah Elizabeth Cardoso, e a prestigiada e admirada família de Guilherme e Karoline Krenski, seguidos dos Andrade, Caramel, Davanso, Rinaldo, Oliveira, Mendonça, Flores, Ribeiro Mendes e dos guarapuavanos Gustavos de Paulatti Peri, João Bento, Norberto Marcondes, Jorge Walter (o Russo), dentre outros pioneiros como Bárbara Louise Ferreira Tiago Hobold (eu tambem) acompanhados das famílias Metchko, Brzezinski, Staniszewski, Hruschka, Schumoski, Zalewski, Klank, Wronski, Slomp, Kwitshal, Behrens, Seratiuk, Almeida, Heickhoff, Lokonski e entre outros com alemães, ucranianos, poloneses, italianos e japoneses que se fixaram em grandes áreas no território de Campo do Mourão.


Até 1943 Campo do Mourão pertencia ao município de Guarapuava. A partir desse ano passou a ser distrito do município de Pitanga e no dia 10 de Outubro de 1947 começou a andar com suas próprias pernas, emancipado política e economicamente pela Lei 02/47, sancionada pelo governador Moysés Lupion, tendo como seu primeiro prefeito nomeado em 18 de Outubro de 1947 José Antônio dos Santos e depois Pedro Viriato de Sousa Filho, primeiro prefeito eleito.

Até a década de 1960 o município de Campo Mourão compreendia toda a Microrregião 12 e os municípios que hoje a integram eram seus distritos administrativos. Na década de 80, foram desmembrados dois dos seus últimos distritos administrativos: Luiziana e Farol do Oeste, ficando sobre sua tutela apenas o distrito de Piquirivaí .

Tem suas origens em antigas estradas onde se passavam circos e lojas voadoras vindo de Mato Grosso e São Paulo com destino ao oeste do Paraná.

Mais detalhes sobre Campo Mourão

Consulte abaixo as categorias de produtos agrícolas divididas por estado