Publicidade

 Serviços por estado


Serviços na cidade de Curitibanos em Santa Catarina

Foram encontrados 2 anúncios de Serviços na cidade de Curitibanos em Santa Catarina.

Clique no menu ao lado para consultar Serviços em outra região.
Santa Catarina
X
Curitibanos
X

Madeira de Pinus e eucalipto

Procuro cliente/parceria para absorver produção de madeira serrada de pinus e/ou eucalipto. Medidas conforme a necessidade do cliente.

Preço: R$ 0,00

Curitibanos/SC

venda de cabos para banner

fabricamos cabos para banners 16mm de 20 cm até 1,50m19mm de 20 cm até 1,50m23mm de 60 cm ate 2,50m ripas 2x1 de todos os comprimento ate 150 1x1x1 .Consulte nossos preços,sempre...

Preço: R$ 0,00

Curitibanos/SC
Anterior
Página 1 de 1
Proxima

Relação de preços de anúncios de vendedores de Serviços em Curitibanos/SC

Detalhes sobre a cidade de Curitibanos

No ano de 1679 um bandeirante de Curitiba chamado Guilherme Dias Cortes fez uma excursão na Região Sul do Brasil e nomeou alguns lugares por onde passou. Ele nomeou um campo chamado "Dos Curitibanos", foi chamado também "Campo dos Curitibanos" e "Pouso dos Curitibanos". Em 22 de Março de 1824, passou a se chamar "Freguesia de Nossa Senhora dos Curitibanos". Foi no dia 11 de Junho 1869, que foi criado o município de Curitibanos. O título da cidade de Curitibanos só recebeu em 31 de Março de 1938.


Geografia

Localiza-se a uma latitude 27º16'58" sul e a uma longitude 50º35'04" oeste, estando a uma altitude de 987 metros. Sua população estimada em 2004 era de 37 460 habitantes. Possui uma área de 953,67 km².


Economia
Agricultura

O Município é grande produtor agrícola, com destaque na produção de cereais como soja e milho, fruticultura, especialmente maçã, caqui e pêssego. Destaque, ainda, para a produção de alho, que lhe já conferiu o título de "capital nacional do alho"

Pecuária

Destaca a criação de Bovinos.


História

Tem uma rica história, tendo surgida como pouso de tropas que seguiam o Real Caminho de Viamão (antiga trilha de passagem de gado e muares que vinham do Rio Grande do Sul e abasteciam as atividades de garimpo das Minas Gerais).

A história de Curitibanos registra, ainda, graves episódios ocorridos ao longo da sangrenta Guerra do Contestado, que envolveu as populações marginalizadas da região, vindas não somente das expulsões que a companhia "Southern Brazil Lumber & Colonization Company" promoveu na região da ferrovia "São Paulo-Rio Grande", mas também dos trabalhadores dela dispensados, e as forças armadas estaduais e os grandes fazendeiros da região. Essas populações se agrupavam naquilo que chamavam de "redutos", que eram vilas onde se defendiam e onde produziam para subsistência, e eram inspirados pelas lideranças messiânicas dos monges José e João Maria. Esquecidos pelo Estado, e oprimidos pelos latifundiários e, depois, pela empresa de Percival Farqhuar, essa massa se revolta, o que resultou na Guerra do Contestado, conflito esmagado pelas polícias dos Estados do Paraná e de Santa Catarina, e pelas milícias dos fazendeiros. Eram (e, por vezes ainda são) chamados erroneamente de "fanáticos", porém, aquela forma religiosa de organização era a única maneira de se fazerem ouvir pelas autoridades.


Aspectos físicos
Relevo

É localizado na encosta do planalto catarinense no centro geográfico de Santa Catarina. Por este motivo, o terreno é favorecido para a utilização de máquinas nas plantações.

Mais detalhes sobre Curitibanos

Consulte abaixo as categorias de produtos agrícolas divididas por estado