Publicidade

 Valtra/Valmet BM 125 por estado

 Valtra/Valmet BM 125 por cidade

Valtra/Valmet BM 125 na cidade de Londrina no Paraná

Foram encontrados 0 anúncios de Valtra/Valmet BM 125 na cidade de Londrina no Paraná.

Clique no menu ao lado para consultar Valtra/Valmet BM 125 em outra região.
Paraná
X
Londrina
X
Anterior
Página 1 de 0
Proxima

Relação de preços de anúncios de vendedores de Valtra/Valmet BM 125 em Londrina/PR

Detalhes sobre a cidade de Londrina

Antes da colonização extensiva do Norte do Paraná, havia, entre seus habitantes, além dos índios Caigangue, uma população pobre instalada na floresta e que já derrubara parte dela para a criação de animais e o plantio de produtos agrícolas para sua sobrevivência. Ao lado de pessoas nessa situação, havia proprietários de terras, que já iniciavam a abertura e formação de grandes fazendas.

Londrina, que na época era um espaço pertencente ao município de Jataizinho e conhecido como Gleba Três Bocas, estava dentro da situação descrita acima.

Lord Lovat, inglês que veio ao Brasil em 1924, visitou o Norte do Paraná e verificou que não havia exagero no que ouvira falar sobre essa região. Em 1925, com outros companheiros, criou a Companhia de Terras Norte do Paraná, diretamente do governo paranaense. Esta companhia iniciou seu trabalho de colonização sob a orientação de ingleses.

A Companhia de Terras Norte do Paraná (CTNP) foi um tipo de loteadora que, após comprar terras, derrubou parte da floresta, abriu estradas e organizou a divisão desse espaço em lotes urbanos e rurais, que foram vendidos. Antônio Moraes de Barros, João Sampaio e Arthur Thomas foram algumas das pessoas que participaram da organização da Companhia de Terras Norte do Paraná para o início dos trabalhos.

Plantação de Café impulsionou o crescimento de Londrina.

A propaganda foi muito usada para atrair compradores, e nela chamava-se a atenção para a "Terra Roxa" e a "terra sem saúva".

Esta propaganda, aliada a outros motivos, como a pobreza e a esperança de vida melhor, fizeram com que muitas pessoas de todo o Brasil (principalmente paulistas, mineiros e nordestinos) comprassem terras ou fossem procurar trabalho no Norte do Paraná. Além dos brasileiros, vieram pessoas da Alemanha, Itália, Japão e outros países. A população atual de Londrina reflete esta mistura de povos.

Em 1975, houve a ocorrência de uma grande geada, chamada de "geada negra", que atingiu todo o norte do Paraná, arruinando as plantações de café. Alguns iniciaram novamente o trabalho com café, enquanto outros investiram em outros negócios.


Geografia

Situado entre 23°08’47" e 23°55’46" de Latitude Sul e entre 50°52’23" e 51°19’11" a Oeste de Greenwich, o Município de Londrina ocupa, segundo a Resolução nº 05, de 10 de outubro de 2002, do IBGE, 1.650, 809 km², cerca de 1% da área total do Estado do Paraná.

O ponto mais alto do Município tem uma altitude de 820 – 844 m e fica próximo a Lerroville, à leste, na estrada em direção à represa. Localiza-se em um espigão, não sendo perceptível, uma vez que não é um morro mas apenas um ponto demarcado.

Mais detalhes sobre Londrina

Consulte abaixo as categorias de produtos agrícolas divididas por estado