Publicidade
Classificados
21

Últimos Anúncios

Óleo de Neem
Óleo de Neem

Ibirá - SP

Preço: R$ 42,00 / Litro

Pote 70g FORMIFUU
Pote 70g FORMIFUU

Veranópolis - RS

Preço: R$ 15,00 / Unidade

Avatar
Avatar

Campo Grande - MS

Preço: R$ 210,00 / Litro

Standak Top
Standak Top

Campo Grande - MS

Preço: R$ 280,00 / Litro

Score Flexi
Score Flexi

Campo Grande - MS

Preço: R$ 135,00 / Litro

Ver Defensivos Agrícolas por estado.
Sessão patrocinada por

Preço: R$ 0,01

Osasco/SP

Compra de Óleo Minerais

Conforme a Legislação Ambiental em vigor, Leis de Destinação de Resíduos e a Resolução CONAMA 362/2005, dispondo que as empresas geradoras devem dar destino certo e confiável aos resíduos. Sendo a melhor opção a reciclagem, por gerar novos empregos e não degradar o meio ambiente, no que diz respeito a agressões ou novas extrações.Apresento-me como coletor autorizado para a coleta de óleos minerais gerado pela empresa. Jose Ilson Estamos ao inteiro dispor de V.sas. para qualquer esclarecimento ou documentos que possamos apresentar.
...

Preço: R$ 45,00

São José do Rio Preto/SP

Roundup - Monsanto - elimine pragas de folhas finas

Roundup Original - Monsanto - Mata Mato folhas finas seletivofrasco de 1 litro ROUNDUP ORIGINAL DIRegistrado no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento MAPA sob nº 00513COMPOSIÇÃO:Sal de Di-amônio de N-(phosphonomethyl)glycine(GLIFOSATO) .....................................................................................................445 g/L (44,5% m/v)Equivalente ácido de N-(phosphonomethyl)glycine(GLIFOSATO) .....................................................................................................370 g/L (37,0% m/v)Outros Ingredientes .............................................................................................751 g/L (75,1% m/v)GRUPO G HERBICIDA CONTEÚDO: VIDE RÓTULO.CLASSE: Herbicida não seletivo de ação sistêmica do grupo químico glicina substituída.TIPO DE FORMULAÇÃO: Concentrado solúvel (SL)Registro Estadual - CDA/SP
...

Preço: R$ 335,00

Fartura/SP

Verdadero 600Wg 1Kg

O VERDADERO 600 WG na dose recomendada apresenta efeito bioativador melhorando o desenvolvimento das plantas (velocidade de brotação, sistema radicular, parte aérea). Por estes motivos, as plantas poderão resistir melhor as adversidades climáticas, mantendo o seu potencial produtivo". NÚMERO, INÍCIO, ÉPOCA E INTERVALO DE APLICAÇÃO: Café: No Brasil, devido às condições climáticas, o produto deve ser aplicado sempre após as primeiras chuvas, uma vez por ano, no período de outubro a dezembro. MODO DE APLICAÇÃO: Aplicação em esguicho ou “Drench”: Café Diluir o produto na dose recomendada por ha em volume de água suficiente para aplicação de 60 ml/planta (30 ml em cada lado da planta) ou no mínimo 200 L/ha. Aplicar a calda em jato contínuo em ambos os lados da planta. Usar pulverizador costal manual ou equipamento tratorizado, corretamente calibrado e adaptado para aplicação em linha no solo limpo, sob a copa do cafeeiro. Aplicação foliar: Soja Pulverização terrestre: Utilizar pulverizador costal ou tratorizado com volumes de aplicação ao redor de 150 a 200 L/ha. Utilizar pulverizador costal ou tratorizado provido de pontas de jato plano ou plano duplo com espaçamento, vazão, pressão de trabalho corretamente calibrados. Ajustar a velocidade do equipamento para a vazão/volume de calda desejada. Obs.: Dentre os fatores climáticos, a umidade relativa do ar é o mais limitante, portanto deverá ser constantemente monitorada com termo-higrômetro. INTERVALO DE SEGURANÇA (período de tempo que deverá transcorrer entre a última aplicação e a colheita): CulturaIntervalo de segurança (dias) Café90 Soja30 INTERVALO DE REENTRADA DE PESSOAS NAS CULTURAS E ÁREAS TRATADAS: No caso de aplicação em esguicho no solo (drench) não há restrições para reentrada na área tratada, devido à modalidade de emprego. No caso de aplicação foliar, a reentrada na lavoura após a aplicação do produto, só deverá ocorrer quando a calda aplicada estiver seca (24 horas). Caso seja necessária a reentrada na lavoura antes desse período, é necessário utilizar aqueles mesmos equipamentos de proteção individual usados durante a aplicação. LIMITAÇÕES DE USO: Fitotoxicidade para as culturas indicadas: Fitotoxicidade para a cultura indicada: Nas culturas indicadas, nas doses e condições recomendadas não há efeito fitotóxico. Outras restrições a serem observadas: Não aplicar o produto fora do período recomendado. Não aplicar o produto diretamente sobre a palhada, esterco de galinha, palha de café ou quaisquer outros tipos de matéria orgânica acumulada na superfície do solo sob a saia do cafeeiro. INFORMAÇÕES SOBRE OS EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL A SEREM UTILIZADOS: Vide item "Dados Relativos à Proteção da Saúde Humana". INFORMAÇÕES SOBRE OS EQUIPAMENTOS DE APLICAÇÃO A SEREM UTILIZADOS: Vide item "Modo de Aplicação". DESCRIÇÃO DOS PROCESSOS DE TRÍPLICE LAVAGEM DA EMBALAGEM OU TECNOLOGIA EQUIVALENTE: Vide item "Dados Relativos à Proteção do Meio Ambiente". INFORMAÇÕES SOBRE OS PROCEDIMENTOS PARA A DEVOLUÇÃO, DESTINAÇÃO, TRANSPORTE, RECICLAGEM, REUTILIZAÇÃO E INUTILIZAÇÃO DAS EMBALAGENS VAZIAS: Vide item "Dados Relativos à Proteção do Meio Ambiente". INFORMAÇÕES SOBRE OS PROCEDIMENTOS PARA A DEVOLUÇÃO E DESTINAÇÃO DE PRODUTOS IMPRÓPRIOS PARA UTILIZAÇÃO OU EM DESUSO: Vide item "Dados Relativos à Proteção do Meio Ambiente".
...

Preço: R$ 180,00

Alto Porã (Ivaiporã)/PR

Oberon Bayer

Todos produtos com Nota fiscalVários produtos, faca sua cotação sem compromisso!Actara..........Aproach........Ampligo........Belt. ............Bim..............Comet........... Cruizer.......... Engeo pleno... Elatus........... Regent...... ...Standak top...Sumilex.........Score............Sphere max... Priori............ Priori xtra.....Premio..........Nomolt..........Nativo...........Tracer........... Opera............ Orkestra........Mertin...........Fox............... Verdadero.....Soberan........Cropstar.......Dermacor....Abacus........Alto 100......Score flexi.....Furadan....Benzoato 30%....Oberon...Boral.. Flumyzin....Gamit 360...
...

Preço: R$ 265,00

Fartura/SP

Evidence Bayer 1Kg

INSTRUÇÕES DE USO: EVIDENCE 700 WG® é um inseticida sistemico do grupo químico dos neocotinóides. MODO DE APLICAÇÃO: Preparo de Calda: Para o preparo da calda, deve-se utilizar água de boa qualidade, livre de coloides em suspensão (terra, argila ou matéria orgânica), a presença destes pode reduzir a eficácia do produto; O equipamento de pulverização a ser utilizado para a aplicação do EVIDENCE 700 WG deve estar limpo de resíduos de outro defensivo. Preencher o tanque do pulverizador com água até a metade de sua capacidade; em seguida é necessário que se faça uma pré-diluição do EVIDENCE 700 WG em um recipiente não reativo (plástico, fibra de vidro), adicionando a dose recomendada para cada cultivo do EVIDENCE 700 WG em 5 a 10 litros de água agitando-o com um bastão plástico até que a pré-calda esteja homogênea, assegurando-se a completa umectação e dispersão dos aglomerantes presentes na formulação, após esta etapa, inserir a pré-mistura no pulverizador, acrescentar o adjuvante indicado na proporção recomendada para o cultivo/alvo e completar a capacidade do reservatório do pulverizador com água, mantendo sempre o sistema em agitação e retorno ligado durante todo o processo de preparo e pulverização para manter homogênea a calda de pulverização. Prepare apenas a quantidade de calda necessária para completar o tanque de aplicação, pulverizando logo após sua preparação. Na ocorrência de algum imprevisto que interrompa a agitação da calda, agitá-la vigorosamente antes de reiniciar a aplicação. No caso de quimigação considerar a área a ser irrigada, calcular e dosar a quantidade do produto necessária para a aplicação da dose recomendada por hectare, seguindo a recomendação do fabricante do sistema de irrigação e injeção. Equipamentos Costais (manuais ou motorizados): Utilizar pulverizador costal dotado de ponta de pulverização do tipo leque (jato plano), calibrando de forma a proporcionar perfeita cobertura com tamanho de gota média a grossa e direcionando para o alvo desejado. Observar para que não ocorram sobreposições nem deriva por movimentos não planejados pelo operador. Equipamento estacionário manual (pistola): Utilizar pulverizador com pistola com gatilho de abertura e fechamento dotado de ponta de pulverização hidráulica, calibrar o equipamento para que a cada acionamento, do gatilho, a vazão seja constante. Manter velocidade de deslocamento constante modo que não se prejudique a condição da formação das gotas e mantenha o mesmo volume de calda em toda a área tratada. Realizar movimentos uniformes com a pistola de evitando a concentração de calda em um único ponto gerando, assim, escorrimento e desperdício da calda. Aplicação em bandeja: Utilizar pulverizador costal manual, com volume de calda de 250 mL para bandeja de 200 alvéolos. O cálculo da quantidade de produto a ser aplicado em cada bandeja, deverá ser feito previamente e proporcional ao número de plantas a ser transplantado por hectare dependendo da cultura e espaçamento a serem adotados. Logo após a aplicação recomenda-se repetir a aplicação da mesma forma com o mesmo volume de água para que seja feito o arraste do produto das folhas e ramos para o substrato, facilitando a absorção radicular. Imersão e Rega: Proceder a imersão das bandejas com as mudas durante um período de 30 segundos, em seguida retirá-las e deixar escorrer o excesso de calda por um período de 2 minutos. Rega: aplicar o produto sobre a planta, nas doses recomendadas, utilizando o volume de 1L de calda/m². Aplicação via esguicho (drench): Esta modalidade pode ser utilizada após o transplantio de mudas. Aplicar o produto diluído em água na forma de jato dirigido planta a planta (esguicho) através de pulverizador manual, motorizado ou tratorizado, de forma que o produto atinja o caule e escorra até o solo, utilizando o volume de calda por planta e a dosagem recomendada por hectare do produto para o cultivo. Pulverizadores de Barra: Utilizar pulverizadores tratorizados de barra ou autopropelidos, com pontas de pulverização hidráulicas, adotando o espaçamento entre pontas e altura da barra com relação ao alvo recomendados pelo fabricante das pontas. Certificar-se que a altura da barra é a mesma com relação ao alvo em toda sua extensão, devendo esta altura ser adequada ao estagio de desenvolvimento da cultura de forma a permitir uma perfeita cobertura das plantas. O equipamento deve ser regulado e calibrado de forma a produzir espectro de gotas médias a grossas. Jato Dirigido: Utilizar pulverizador autopropelido ou tratorizado de barra, dotado de ponta do tipo leque (jato plano) dirigido ao sulco de plantio, sobre os "toletes", adotando o espaçamento entre pontas e altura da barra com relação ao alvo que permita uma perfeita cobertura dos “toletes”. Certificar-se que a altura da barra é a mesma com relação ao alvo em toda sua extensão. O equipamento deve ser regulado e calibrado de forma a produzir espectro de gotas médias a grossas. Procedendo-se a cobertura imediatamente após aplicação. Hidropneumáticos (Turbo-atomizadores): Utilizar pulverizador tratorizado montado, semi-montado ou de arrasto, dotado de ponta do tipo cone vazio com espaçamento entre pontas determinado pelo fabricante. As pontas devem ser direcionadas para o alvo de acordo com cada cultura, as pontas superiores e inferiores podem ser desligados para que não seja feita a pulverização no solo ou acima do topo da cultura, além do emprego de pontas com perfil de gotas variando entre grossa e muito grossa nas posições superiores, a fim de evitar a perda dessas gotas por deriva. A regulagem do ventilador deve oferecer energia suficiente para que as gotas sejam impulsionadas para o interior do dossel da cultura, conferindo a melhor cobertura no interior da estrutura da planta. O equipamento deve ser regulado e calibrado de forma a produzir espectro de gotas médias a grossas. Irrigaçao por gotejamento: Iniciar a injeção da calda com o produto após o completo funcionamento do sistema de irrigação. Seguir as instruções do fabricante do sistema de irrigação para a melhor utilização do sistema dosador e de injeção, além da correta regulagem deste equipamento. A injeção dos produtos pode ser efetuada utilizando-se diferentes métodos e equipamentos. Porém, independentemente do método adotado, a qualidade dos resultados obtidos na quimigação depende do cálculo correto de váriáveis como taxa de injeção, quantidade do produto a ser injetada, volume do tanque de injeção, dose do produto a ser aplicada na área irrigada, concentração do produto na água de irrigação, entre outros. Além dos cálculos operacionais feitos corretamente, é necessário assegurar-se de que o sistema, tanto de irrigação quanto de injeção, está funcionando de acordo com os parâmetros para os quais está ajustado, ou seja, que a vazão calculada corresponde àquela efetiva no sistema ou que a taxa de injeção desejada estará realmente ocorrendo no campo. Portanto, tão importante quanto os cálculos operacionais, é também proceder à calibração periódica dos equipamentos. Condições climáticas para pulverização: Temperatura: menor que 30°C Umidade do ar: maior que 55% Velocidade do vento: entre 3 e 10km/h Recomendações gerais para evitar deriva: - Não permita que a deriva proveniente da aplicação atinja culturas vizinhas, áreas habitadas, leitos de rios e outras fontes de água, criações e áreas de preservação ambiental. - Siga as restrições existentes na legislação pertinente. - O potencial de deriva é determinado pela interação de muitos fatores relativos ao equipamento de pulverização (independente dos equipamentos utilizados para a pulverização, o tamanho das gotas é um dos fatores mais importantes para evitar a deriva) e ao clima (velocidade do vento, umidade e temperatura). - O aplicador deve considerar todos estes fatores quando da decisão de aplicar. Evitar a deriva é responsabilidade do aplicador. Diâmetro das gotas: - A melhor estratégia de gerenciamento de deriva é aplicar com o maior diâmetro de gotas possível para dar uma boa cobertura e controle, ou seja, de média a grossa. - A presença nas proximidades de culturas para as quais o produto não esteja registrado, condições climáticas, estádio de desenvolvimento da cultura, entre outros devem ser considerados como fatores que podem afetar o gerenciamento da deriva e cobertura da planta. Aplicando-se gotas de diâmetro maior reduz-se o potencial de deriva, mas não previne se as aplicações forem feitas de maneira imprópria ou sob condições desfavoráveis. Técnicas gerais para o controle do diâmetro de gotas: - Volume: use pontas de maior vazão para aplicar o maior volume de calda possível considerando suas necessidades práticas. Pontas com vazão maior produzem gotas maiores. - Pressão: use a menor pressão indicada para a ponta. Pressões maiores reduzem o diâmetro de gotas e não melhoram a penetração através das folhas da cultura. Quando maiores volumes forem necessários, use pontas de vazão maior ao invés de aumentar a pressão. - Tipo de Ponta: use o modelo de ponta apropriado para o tipo de aplicação desejada. Para a maioria das pontas, ângulos de aplicação maiores produzem gotas maiores. Considere o uso de pontas de baixa deriva. - O equipamento de aplicação deve estar em perfeitas condições de funcionamento, isento de desgaste e vazamentos. Ventos: - A aplicação aérea deve ser realizada quando a velocidade do vento for superior a 3,0 km/h e não ultrapassar 10 km/h. Temperatura e Umidade: - Em condições de clima quente e seco regule o equipamento para produzir gotas maiores a fim de evitar a evaporação. Inversão térmica: - O potencial de deriva é alto durante uma inversão térmica. Inversões térmicas diminuem o movimento vertical do ar, formando uma nuvem de pequenas gotas suspensas que permanecem perto do solo e com movimento lateral. Inversões térmicas são caracterizadas pela elevação da temperatura com relação à altitude e são comuns em noites com poucas nuvens e pouco ou nenhum vento. Elas começam a ser formadas ao pôr do sol e frequentemente continuam até a manhã seguinte. Sua presença pode ser identificada pela neblina no nível do solo. No entanto, se não houver neblina as inversões térmicas podem ser identificadas pelo movimento da fumaça originária de uma fonte no solo. A formação de uma nuvem de fumaça em camadas e com movimento lateral indica a presença de uma inversão térmica; enquanto que se a fumaça for rapidamente dispersa e com movimento ascendente, há indicação de um bom movimento vertical de ar. INTERVALO DE REENTRADA DE PESSOAS NAS CULTURAS E ÁREAS TRATADAS: Não entre na área em que o produto foi aplicado antes da secagem completa da calda (no mínimo 24 horas após a aplicação). Caso necessite entrar antes desse período, utilize os equipamentos de proteção individual (EPIs) recomendados para o uso durante a aplicação. LIMITAÇÕES DE USO: Os usos do produto estão restritos aos indicados no rótulo e bula. Quando este produto for utilizado nas doses recomendadas, não causará danos às culturas indicadas. - Os limites máximos e tolerâncias de resíduos para as culturas tratadas com este produto podem não ter sido estabelecidas em nível internacional ou podem divergir em outros países, em relação aos valores estabelecidos no Brasil. Para culturas de exportação verifique estas informações previamente à utilização deste produto. - Este produto deve ser utilizado em total conformidade com as recomendações de uso contidas nesta bula. - É de inteira responsabilidade do usuário do produto a verificação prévia destas informações, sendo ele o único responsável pela decisão da exportação das culturas tratadas com este produto. Caso tenha alguma dúvida, consulte seu exportador, importador ou a Bayer antes de aplicar este produto. - É recomendada a manutenção do registro de todas as atividades de campo (caderno de campo), especialmente para culturas de exportação.
...

Preço: R$ 114,00

Fartura/SP

Engeo Pleno Syngenta

MODO DE APLICAÇÃO: Pulverização terrestre: Amendoim, Arroz, Feijão, Milho, Soja, Sorgo e Trigo: Pulverização foliar. Utilizar pulverizador costal ou tratorizado com volumes de aplicação ao redor de 200 L/ha. Batata: Pulverização foliar. Utilizar pulverizador costal ou tratorizado com volumes de aplicação entre 200 e 500 L/ha, dependendo do tamanho da cultura, sempre assegurando uma boa cobertura na aplicação. Tomate e Pepino: Pulverização foliar. Utilizar pulverizador costal ou tratorizado com volumes de aplicação entre 500 e 800 L/ha, dependendo do tamanho da cultura, sempre assegurando uma boa cobertura na aplicação. Cebola e Pastagem: Pulverização foliar. Utilizar pulverizador costal ou tratorizado com volumes de aplicação entre 300 e 400 L/ha, sempre assegurando uma boa cobertura na aplicação. Algodão: Pulverização foliar. Utilizar pulverizador costal ou tratorizado com volume de aplicação ao redor de 150 L/ha, sempre assegurando uma boa cobertura na aplicação. Cana-de-açúcar: Pulverização foliar em área total: Utilizar pulverizador costal ou tratorizado com volume de aplicação ao redor de 200 L/ha, sempre assegurando uma boa cobertura na aplicação. Pulverização dirigida à base da soqueira: Posicionar o jato de pulverização direcionando-o à base das touceiras, de forma que atinja aproximadamente 70% as plantas e 30% o solo. Pulverizar em ambos os lados da fileira de plantas, utilizando bicos em pingente. Utilizar pulverizador costal ou tratorizado com volume de aplicação ao redor de 150 L/ha. Pulverização no sulco de plantio: Utilizar pulverizador costal ou tratorizado com volume de aplicação ao redor de 150 L/ha. Direcionar o jato de pulverização sobre os colmos (mudas) no momento da operação de plantio. Efetuar o fechamento do sulco imediatamente após o tratamento. Citros: Pulverização foliar. Utilizar pulverizador costal ou tratorizado com volume de aplicação ao redor de 2000 L/ha, sempre assegurando uma boa cobertura na aplicação. Girassol: Pulverização em área total, procurando atingir folhas e ou capítulos. Utilizar pulverizador costal ou tratorizado com volume de aplicação ao redor de 150 L/ha, sempre assegurando uma boa cobertura na aplicação. Palma Forrageira: Diluir o produto na dose recomendada por ha em volume de água suficiente para aplicação de 1000 litros/hectare. Usar pulverizador costal manual ou equipamento tratorizado corretamente calibrado e adaptado para pulverização foliar objetivando atingir toda a planta, distribuindo uniformemente o produto até o ponto de molha, antes que comece a escorrer da planta. Utilizar pulverizador costal ou tratorizado provido de pontas de jato leque ou cônico, com espaçamento, vazão, pressão de trabalho corretamente calibrados. Ajustar a velocidade do equipamento para a vazão/volume de calda desejada. Aplicação aérea: Soja e Trigo: Equipamento de pulverização: Bicos hidráulicos do tipo “CÔNICO VAZIO” da série “D” com difusor “45”. Ângulo do jato à 135o ou 45o para trás. Atomizador rotativo “MICRONAIR (AU-5000)” com ângulo das pás de hélice ajustados em 65º. Diâmetro mediano de gotas (DMV) - Gotas médias - (200 a 400 µm). Cobertura no alvo, com densidade de gotas: 30 a 40 gotas/cm2 . Volume ou taxa de aplicação: ao redor de 10 - 30 L/ha Largura da faixa de aplicação: Aeronaves do tipo Ipanema, Cessna Agwagon ou Pawnee: 15 m. Aeronaves do tipo Trush ou Airtractor: 20 m. Aeronaves do tipo Dromader: 25 m. Altura do voo: 2 a 4 m acima do alvo, ajustado em função da velocidade do vento: Se o vento tender para velocidades maiores, reduzir a altura de voo, se o vento tender para velocidades menores, aumentar a altura de voo. Condições meteorológicas: Temperatura do ar: Abaixo de 30o C. Umidade relativa do ar: Acima de 55%. Velocidade do vento: Mínima de 3 km/h até 18 km/h. Obs.: Dentre os fatores climáticos, a umidade relativa do ar é o mais limitante, portanto deverá ser constantemente monitorada com termohigrômetro. Algodão Os parâmetros básicos recomendados são: Aplicação a baixo volume (BV): 1. Volume de calda ---------------------------------------------------------- 10 a 30 L/ha. 2. Diâmetro Mediano Volumétrico de gotas (DMV) ----------------- 200 a 400 µm. 3. Largura da faixa de aplicação (IPANEMA)------------------------ 15 m. 4. Altura de voo ------------------------------------------------------------ 2 a 4 m. 5. Cobertura no alvo ---------------------------------------------------- 30 a 40 gotas/cm². Aplicação a ultra baixo volume (UBV) diluído em óleo vegetal: 1. Volume de calda ------------------------------------------------------------ 2 a 5 L/ha. 2. Diâmetro Mediano Volumétrico de gotas (DMV) ------------------- 100 a 200 µm. 3. Largura da faixa de aplicação ------------------------------------------- 15 a 18 m. 4. Altura de voo ----------------------------------------------------------------- 2 a 4 m. 5. Cobertura no alvo --------------------------------------------------- 30 a 40 gotas /cm². Parâmetros meteorológicos recomendados durante a aplicação: 1. Velocidade do vento de través-------------------------------------------- Até 20 km/h. 2. Temperatura atmosférica--------------------------------------------- Abaixo de 30ºC. 3. Umidade relativa do ar ----------------------------------------------- Acima de 55%. Observação: Quando utilizar óleo vegetal como veículo, verifique se a calda está homogênea e se a estabilidade é suficiente para aplicar. Equipamentos de pulverização para Avião Ipanema: 1. Para aplicação a baixo volume (BV) a 30 L/ha, faixa de 15 m e velocidade de voo 110 mph (milhas por hora), utilizar: • 37 Bicos hidráulicos da série “D” – D/10 conjugado com difusor DC45, pressão de 2,0 bar (29 psi), com jato posicionado à 90º; • 8 atomizadores rotativos “Micronair AU5000” com ângulo das pás entre 55 a 65º e com o VRU selecionado no orifício Nº 14 com pressão de 2,53 bar (36,7 psi). 2. Para aplicação (UBV) a 5,0 L/ha, faixa de 18 m e velocidade de voo a 110 mph utilizar: • 28 bicos hidráulicos da série “D”, D4 conjugado com difusor DC25 e com pressão de 2,0 bar e jato direcionado a 135º (seja 45o para frente), ou • 8 atomizadores rotativos “Micronair AU5000” com ângulo das pás a 45º e com o VRU selecionado no orifício Nº 7 com uma pressão de 1,72 bar (25 psi). Cana-de-açúcar Os parâmetros básicos recomendados são: Aplicação a baixo volume (BV): 1. Volume de calda ---------------------------------------------------------- 10 a 30 L/ha. 2. Diâmetro Mediano Volumétrico de gotas (DMV) ----------------- 200 a 400 µm . 3. Largura da faixa de aplicação (IPANEMA)-------------------------- 15 m. 4. Altura de voo --------------------------------------------------------------- 2 a 4 m. 5. Cobertura no alvo --------------------------------------------------- 30 a 40 gotas/cm². Aplicação a ultra baixo volume (UBV) diluído em óleo vegetal: 1. Volume de calda ------------------------------------------------------------ 2 a 5 L/ha. 2. Diâmetro mediano volumétrico de gotas (DMV)----------------- 100 a 200 µm. 3. Largura da faixa de aplicação ------------------------------------------- 15 a 18 m. 4. Altura de voo ----------------------------------------------------------------- 2 a 4 m. 5. Cobertura no alvo ------------------------------------------------- 30 a 40 gotas /cm². Parâmetros meteorológicos recomendados durante a aplicação: 1. Velocidade do vento calmo: ---------------------------------------------- Até 20 km/h. 2. Temperatura atmosférica-------------------------------------------- Abaixo de 30ºC. 3. Umidade relativa do ar ---------------------------------------------- Acima de 55%. Obs.: Quando utilizar óleo vegetal como veículo, verifique se a calda está homogênea e se a estabilidade é suficiente para aplicar. Equipamentos de pulverização para Avião Ipanema: 1. Para aplicação a baixo volume (BV) 30 L/ha, faixa de 15 m e velocidade de voo 110 mph (milhas por hora), utilizar: • 40 Bicos hidráulicos da série “D” - D12 conjugado com difusor DC45, pressão de 1,5 bar, com jato posicionado à 90º; • 8 atomizadores rotativos “Micronair AU5000” com ângulo das pás entre 55 a 65º e com o VRU selecionado no orifício Nº 14. 2. Para aplicação a ultra baixo volume (UBV) a 5,0 L/ha , faixa de 18 m e de voo a 110 mph utilizar: • 28 bicos hidráulicos da série “D”, D4 conjugado com difusor DC25 e com pressão de 2,0 bar e jato direcionado a 45º para frente; • 8 atomizadores rotativos “Micronair AU5000” com ângulo das pás a 45º e com o VRU selecionado no orifício Nº 7 e com uma pressão de 1,72 bar (25 psi). INTERVALO DE SEGURANÇA: Algodão (foliar) 21 dias Amendoim (foliar) 42 dias Arroz (foliar) 21 dias Batata (foliar) 10 dias Cana-de-açúcar (foliar) 30 dias Cana-de-açúcar (solo) (1) Cebola (foliar) 3 dias Citros 14 dias Feijão (foliar) 15 dias Girassol (foliar) 7 dias Milho (foliar) 40 dias Palma forrageira 7 dias Pastagens (foliar) 3 dias Pepino (foliar) 1 dias Sorgo (foliar) 7 dias Soja (foliar) 30 dias Tomate (foliar) 5 dias Trigo (foliar) 42 dias (1)Não determinado devido à modalidade de emprego. INTERVALO DE REENTRADA DE PESSOAS NAS CULTURAS E ÁREAS TRATADAS: A reentrada na lavoura após a aplicação do produto, só deverá ocorrer quando a calda aplicada estiver seca (24 horas). Caso seja necessária a reentrada na lavoura antes desse período, é necessário utilizar aqueles mesmos equipamentos de proteção individual usados durante a aplicação. LIMITAÇÕES DE USO: Fitotoxicidade para as culturas indicadas: Nas culturas e doses recomendadas não houve qualquer efeito fitotóxico. Utilize este produto de acordo com as recomendações em rótulo e bula. Esta é uma ação importante para obter resíduos dentro dos limites permitidos no Brasil (referência: monografia da ANVISA). No caso de o produto ser utilizado em uma cultura de exportação, verifique, antes de usar, os níveis máximos de resíduos aceitos no país de destino para as culturas tratadas com este produto, uma vez que eles podem ser diferentes dos valores permitidos no Brasil ou não terem sido estabelecidos. Em caso de dúvida, consulte o seu exportador e/ou importador. Deriva: Não permitir que ocorra deriva da calda aplicada ou que esta atinja as plantas daninhas em floração, cercas vivas ou culturas em floração nas proximidades da área a ser tratada.
...

Preço: R$ 135,00

Fartura/SP

Actara 250 Wg Barrica 20KG

MODO DE APLICAÇÃO: Abacaxi: Fazer o tratamento de mudas através de imersão por 3 minutos na calda de produto, aguardar a secagem e fazer o transplante. Depois, entre 45 e 60 dias após o transplante, fazer o tratamento na forma de esguicho no solo ao redor da base das plantas. Considerar o número de plantas / área a ser tratada e diluir a quantidade indicada de produto em um volume de água suficiente para a aplicação de 30 ml de calda por planta. Amendoim: utilizar pulverizador costal ou motor estacionário com bicos de jato cônico vazio e volume médio de calda de 200 L/ha. Alface: Regar as bandejas com mudas, 1 dia antes do transplante, nas doses acima recomendadas. A aplicação única deverá ser feita através de rega utilizando-se de 0,2 L de calda / bandeja de 288 furos ou 0,5 m² . Algodão: Pulverização terrestre: Utilizar pulverizador costal ou tratorizado com volumes de aplicação ao redor de 100 L/ha. Aplicação aérea / parâmetros a serem observados: Largura da faixa de aplicação – 15 m (Aeronave tipo Ipanema). Volume de aplicação – 30 a 50 L/ha. Densidade de gotas – 20 a 30 gotas / cm². Tamanho das gotas (DMV) – 200 a 400 µm. Altura de voo – 2 a 4 m acima do alvo. Condições meteorológicas: - Temperatura do ar abaixo de 30°C. - Umidade relativa do ar acima de 55%. - Velocidade do vento entre 5 e 18 Km/h. Observações: - Evitar sempre os horários que estiverem com turbulência forte, inversões térmicas e correntes de convecção. Obedecer ao regulamento previsto na Portaria 009 do Decreto Lei 86765 do Ministério da Agricultura. Batata: Aplicar 600 g/ha no sulco de plantio, ou 800 g/ha, antes da amontoa, em área total ou em jato dirigido na linha. Efetuar a amontoa logo após a aplicação. Aplicação foliar: Utilizar pulverizador costal ou motor estacionário com volumes de calda variando de 200 a 400 L/ha, no início da infestação. Melão, repolho, tomate: utilizar pulverizador costal ou motor estacionário com bicos de jato cônico vazio e volume médio de calda de 200 L/ha para aplicações foliares e de aproximadamente 60 ml/planta em aplicações em esguicho, ou por irrigação via gotejamento. Abobrinha, berinjela, pepino, pimentão e feijão-vagem: aplicar em forma de esguicho com volume médio de calda de 60 ml/planta, ou por irrigação via gotejamento. Arroz: Aplicação foliar com pulverizador costal, motor estacionário ou via aérea. Cana-de-açúcar: Para Cigarrinha: Aplicação terrestre: • Jato dirigido em ambos os lados da linha de plantio, de modo a atingir as ninfas, protegidas pela espuma, alojadas na base das plantas. • Realizar aplicação única por ocasião da colheita: Pulverização sobre a soqueira (com diluição): Pulverizar o produto sobre a soqueira das plantas por ocasião da colheita, utilizando volumes de calda entre 50-100 l/ha. Aplicação aérea: somente em condição de cana fechada, quando não mais permitir aplicação tratorizada. Aplicação aérea / parâmetros a serem observados: Largura da faixa de aplicação – 15 m (Aeronave tipo Ipanema). Volume de aplicação – 30 a 50 L/ha. Densidade de gotas – 20 a 30 gotas/cm². Tamanho das gotas (DMV) – 200 a 400 µm. Altura de voo – 2 a 4 m acima do alvo. Condições meteorológicas: - Temperatura do ar abaixo de 30°C. - Umidade relativa do ar acima de 55%. - Velocidade do vento entre 5 e 18 Km/h. Observações: - Evitar sempre os horários que estiverem com turbulência forte, inversões térmicas e correntes de convecção. - Obedecer ao regulamento previsto na Portaria 009 do Decreto Lei 86765 do Ministério da Agricultura. Para Cupim: Aplicação sobre os colmos (mudas) no sulco de plantio, cobrindo-os logo após o tratamento. Café: Para cigarras e bicho-mineiro: Fazer uma aplicação no período de novembro a março dependendo do histórico de ataque da praga na área. Usar a menor dose em períodos de baixa infestação. Para cochonilhas-farinhentas: Fazer uma aplicação a partir de Julho dependendo da presença da praga na cultura. Fazer aplicação em esguicho utilizando volume de calda de 100 ml por planta. Aplicação em esguicho ou “Drench”: Diluir o produto na dose recomendada por ha em volume de água suficiente para aplicação de 50 ml/planta (metade em cada lado da planta). Usar pulverizador costal manual ou equipamento tratorizado corretamente calibrado e adaptado para aplicação no solo limpo, sob a copa do cafeeiro. Para cochonilhas-farinhentas: Diluir o produto na dose recomendada por ha em volume de água suficiente para aplicação de 100 ml/planta (metade em cada lado da planta). Usar pulverizador costal manual ou equipamento tratorizado corretamente calibrado e adaptado para aplicação no solo limpo, sob a copa do cafeeiro. Aplicação via água de irrigação por gotejo: Considerar a área abrangida por turno de rega, calcular e administrar a quantidade de produto necessária para a aplicação da dose recomendada por ha; seguir as instruções do fabricante para a regulagem do equipamento dosador. Citros: Para controle de Cigarrinha-da-CVC: Fazer o tratamento no início do aparecimento da praga, através de: 1) Aplicação dirigida ao tronco da planta, com 50 ml de calda por planta, a 20 cm do solo. 2) aplicação em sulcos (de 5 cm de profundidade) sob a copa, em ambos os lados da planta, fechando-os logo após o tratamento. Para controle de Cochonilha-Orthezia: aplicação via pulverização, procurando atingir toda a copa das plantas com um volume de 15 litros/planta. Melhor efeito de controle é obtido com a adição de 0,5% de óleo mineral. Para controle de Cochonilha-parlatoria, Cochonilha-pardinha e Psilídeo: Aplicação no tronco e ramos com um gasto em torno de 0,5 litro/planta, volume de calda suficiente para uma boa cobertura; ou em pulverização no solo na projeção da copa das plantas com volume em torno de 200 L/ha. Crisântemo: Motor estacionário ou pulverizador costal, com volumes de 500 a 1000 L/ha, assim que a praga apareça na cultura. Ervilha: aplicar 20 g/100 L em pulverização foliar, no aparecimento da praga, com volume de calda de 600 a 800 L/ha. Para ervilha de grão, aplicar de 150 - 200 g em pulverização foliar, no início do aparecimento da praga. Eucalipto: Cupim: Colocar as bandejas contendo as mudas em um estrado, e fazer a imersão, de preferência por meio mecânico, ou seja, através de uma talha (roldana), baixando a bandeja sobre o tambor contendo a calda inseticida. Após a imersão, deixar escorrer para o tambor, o excesso da calda, antes de levar as mudas para o campo. Vespa-da-galha: aplicar 300 g/100L em pulverização foliar, no aparecimento da praga, com volume de calda de 10 ml/m². Feijão: Pulverização terrestre: Recomenda-se utilizar barra tratorizada ou pulverizador costal com volumes de água de 100 a 200 L/ha. Pulverização aérea ou pivot: utilizar os parâmetros requeridos para essas modalidades de aplicação. Fumo: Aplicação em bandeja: Considerar o número de mudas por bandeja e a área que ocuparão no campo (ha) e administrar a quantidade de produto necessária para a aplicação da dose recomendada; Fazer o tratamento 2 dias antes do transplante através de rega com o produto diluído em água e gastando-se 400 ml de calda para cada bandeja de 200 mudas. Melancia: Pulverização foliar: Utilizar pulverizador costal ou tratorizado com volumes de aplicação de 500 L/ha. Aplicação em esguicho: aplicar na base da planta com volume de calda de aproximadamente 50 ml/cova, logo após a emergência da cultura, ou via gotejamento. Quando aplicado na forma de esguicho na base da planta, irrigar imediatamente após a aplicação. Tomate: Utilizar pulverizadores costal ou motor estacionário com bicos de jato cônico vazio e volumes de água entre 500 e 1000 L/ha, ou via gotejamento no início da infestação. INÍCIO, NÚMERO, ÉPOCA OU INTERVALO DE APLICAÇÃO: Abobrinha: Uma aplicação por esguicho, ou gotejo, logo após a germinação. Abacaxi: Uma aplicação na forma de imersão de mudas antes do plantio e uma aplicação entre 45 e 60 dias após o plantio. Amendoim: Aplicar no início do aparecimento da praga. Reaplicar se necessário até 3 aplicações. Algodão: Mosca-branca: Iniciar as aplicações logo no início da infestação. Repetir até 2 vezes a cada 14 dias, dependendo da infestação. Pulgão-do-algodoeiro: as aplicações de ACTARA 250 WG deverão seguir amostragens, onde avalia-se a porcentagem de plantas atacadas, considerando como planta atacada aquela que tiver pelo menos uma colônia se formando. Em cultivares suscetíveis ao mosaico das nervuras, em áreas sem a presença de plantas com “doença-azul” pode-se tolerar de 5 a 10% de plantas atacadas. Em áreas com 2 a 6% de plantas com “doença-azul” pode-se tolerar até 3 a 5% de plantas atacadas. Dedicar atenção especial às reboleiras iniciais ou em áreas de risco (próximas a soqueiras não destruídas, do ano anterior, de lavouras infestadas, ou até lavouras com cultivares tolerantes, em altas infestações). As avaliações das aplicações de ACTARA 250 WG deverão ser feitas 2 dias após sua aplicação sempre considerando as colônias. Para cultivares tolerantes ou resistentes ao mosaico-das-nervuras, a tolerância é de até 40% de plantas atacadas. Cuidados deverão ser tomados nestas áreas para não ser foco de disseminação para áreas de variedades suscetíveis. A dose de ACTARA 250 WG de 100 g do produto comercial por hectare é recomendada para as cultivares tolerantes à virose; e 200 g/ha para as suscetíveis à virose. Para evitar pulverizações excessivas na fase de desenvolvimento inicial, torna-se imprescindível o tratamento de sementes com um produto efetivo contra os pulgões, que dê uma proteção entre 20 a 30 dias após a emergência. Recomenda-se iniciar as aplicações com ACTARA 250 WG após este período, repetindo-as quando for atingido o nível de controle. Tripes: ACTARA 250 WG deve ser aplicado em forma de pulverização, quando forem encontradas, em média 5 ninfas por planta, durante os primeiros 30 dias da cultura. Arroz: Bicheira-da-raiz-do-arroz: Uma única aplicação logo após o início de irrigação. Percevejo-do-colmo: No início do aparecimento da praga. Se necessário fazer até 2 aplicações. Batata: Pulgão-verde: Iniciar as pulverizações de ACTARA 250 WG na dose de 50 g/ha, logo no início da infestação de pulgões. Repetir quando necessário até 3 vezes. Vaquinha-verde-amarela: Iniciar as pulverizações quando for constatada a entrada dos primeiros adultos na lavoura. Repetir quando necessário, até 3 vezes nas aplicações foliares e 2 nas aplicações ao solo. Berinjela: Uma aplicação por esguicho, ou gotejo, logo após o transplante. Café: Cigarras e Bicho-mineiro: Uma aplicação por ano, dependendo da praga após o início do período chuvoso.Cochonilhas-farinhentas: Realizar aplicação única a partir de julho dependendo do histórico de ataque da praga na área. Cana-de-açúcar: Cigarrinha-das-raízes: 1 aplicação dirigida em linha, nos 2 lados das fileiras de plantas. Cupim: Uma aplicação no sulco, durante o plantio. Citros: A aplicação, tanto no sulco, quanto no tronco, deverá ser feita com solo úmido, a partir de setembro/outubro. Realizar aplicação única no tronco e até 2 aplicações foliares. Crisântemo: Iniciar aplicações com o aparecimento dos primeiros tripes. Repetir quando necessário, até 3 vezes. Eucalipto: Uma única aplicação. Imersão das mudas para cupim e aplicação foliar para vespada-galha. Ervilha: Aplicação foliar, repetir quando necessário, até no máximo 2 vezes. Feijão: Mosca-branca: Iniciar as aplicações logo no início da infestação. O número de aplicações depende da pressão da praga. As aplicações poderão ser repetidas até 2 vezes. Evite o plantio de feijão junto a lavouras antigas de feijão ou soja. Nestas condições, quando da colheita destas áreas, haverá uma migração muito grande de Mosca-branca para a nova cultura, tornando inevitável a transmissão da virose. Para evitar pulverizações excessivas na fase de emergência e desenvolvimento inicial, torna-se imprescindível o tratamento de sementes com um produto efetivo contra a Mosca-branca. Na ausência de um bom tratamento de sementes ou com sementes tratadas com produtos não específicos para Mosca-branca, poderá haver introdução da virose. Nessas condições, quando houver 60% de plântulas emergidas, aplicar um produto de contato para eliminar a população adulta migrante. Após a emergência total da cultura, iniciar as aplicações de ACTARA 250 WG, com intervalos de 7 dias. Vaquinha-verde-amarela: Iniciar as aplicações quando for verificada a presença de adultos no campo. Fumo: Canteiro: Para proteção das plantas no período inicial pré e pós-transplante, recomenda-se a aplicação na dose de 0,6 g/m2 de canteiro, no estádio de 4 a 6 folhas. Campo (esguicho no solo): Aplicar logo após o transplante. Usar a dose menor quando o produto for aplicado 30 dias após o transplante. Se a aplicação for feita imediatamente após o transplante, usar a dose maior. Rega de mudas em bandeja: Uma aplicação 2 dias antes do transplante na forma de rega sobre as mudas. Melancia: Aplicação via esguicho: realizar uma única aplicação via esguicho na base das plantas logo após emergência. Aplicação foliar: as aplicações deverão ser realizadas logo no início da infestação. Repetir até 3 vezes a intervalos de 7 dias, dependendo da infestação. Melão: Uma aplicação por esguicho, ou gotejo, logo após a germinação, seguida de até 2 aplicações foliares, quando necessárias. Morango: Fazer 2 a 3 pulverizações foliares com 15 a 20 dias de intervalo; a 1ª quando for detectada a presença da praga. Pepino, Pimentão, Feijão-vagem: Uma aplicação por esguicho, ou gotejo, logo após a germinação. Repolho: Uma aplicação por esguicho, ou gotejo, logo após a germinação, seguida de até 3 aplicações foliares, quando necessárias. Tomate: As aplicações deverão ser realizadas no início da infestação. Repetir a intervalo de 7 dias, dependendo da infestação até 2 aplicações. Trigo: Aplicação tratorizada quando for constatada a praga; repetir somente quando houver reinfestação, até 2 aplicações. Uva: Aplicação em esguicho ao redor do tronco. Aplicar em novembro e repetir a aplicação em janeiro. INTERVALO DE SEGURANÇA (período de tempo que deverá transcorrer entre a última aplicação e a colheita): Abacaxi (solo) 60 dias Abacaxi (imersão) (1) Abobrinha (solo) 45 dias Alface (foliar) 40 dias Algodão 21 dias Amendoim 42 dias Arroz 21 dias Batata (foliar) 10 dias Batata (solo) 89 dias Berinjela (solo) 40 dias Café 90 dias Cana-de-açúcar (foliar) 30 dias Cana-de-açúcar (solo) (1) Citros (foliar) 14 dias Citros (tronco) 180 dias Crisântemo UNA Ervilha (foliar) 3 dias Eucalipto UNA Feijão 14 dias Feijão-vagem (solo) 60 dias Fumo UNA Melancia (foliar e solo) 14 dias Melão (foliar) 7 dias Melão (solo) 64 dias Morango 1 dia Pepino (solo) 45 dias Pimentão (solo) 46 dias Repolho (foliar) 7 dias Repolho (solo) 70 dias Tomate (foliar) 3 dias Tomate (solo) 10 dias Trigo 42 dias Uva 45 dias (1)Não determinado devido a modalidade de uso. UNA uso não alimentar. INTERVALO DE REENTRADA DE PESSOAS NAS CULTURAS E ÁREAS TRATADAS: 24 horas após a aplicação. Caso haja necessidade de reentrar nas lavouras ou áreas tratadas antes deste período, usar macacão de mangas compridas, luvas e botas. LIMITAÇÕES DE USO: Fitotoxicidade para as culturas indicadas: O produto não é fitotóxico para as culturas indicadas nas doses e condições recomendadas. Utilize este produto de acordo com as recomendações em rótulo e bula. Esta é uma ação importante para obter resíduos dentro dos limites permitidos no Brasil (referência: monografia da ANVISA). No caso de o produto ser utilizado em uma cultura de exportação, verifique, antes de usar, os níveis máximos de resíduos aceitos no país de destino para as culturas tratadas com este produto, uma vez que eles podem ser diferentes dos valores permitidos no Brasil ou não terem sido estabelecidos. Em caso de dúvida, consulte o seu exportador e/ou importador.
...

Preço: R$ 1,50

Mogi Mirim/SP

Extrato Pirolenhos de Alta Pureza

EXTRATO PIROLENHOSO DE ALTA PUREZALíquido obtido a partir de processo industrial com casca de arroz, decantado e refinado, isento de contaminantes químicos tóxicos e alcatrão.Utilizado como condicionador de solo, bioestimulante vegetal, indutor do enraizamento, repelente de insetos, fertilizante orgânico, nematicida,  fungicida, dessecante, potencializado e estimulador de plantas e sementes.Reduz significativamente o uso de Herbicidas, aumenta a eficiência dos insumos, reduz o PH e diminui a quantidade de pragas nas lavouras.Abaixo de 1.000 Litros = R$ 2,50/Litro"PRODUTO A SER RETIRADO NO LOCAL"
...

Preço: $6.00

Foz do Iguaçu/PR

VENDE-SE TERRA DEATOMÁCEAS NO PARAGUAI

EXCELENTE PRODUTO ALTA CONCENTRAÇÃO 72,99%,talco fino, vem dos restos fossilizados do fitoplâncton marinho. Insectida aplicado como insecticida ecológico em um insecto (como insetos, formigas, moscas brancas, ácaro des de aranha, tripes, traça, etc) compromete a sua camada de cera causando a sua morte, mas não prejudiciais aos mamíferos. Nós podemos comê-lo, está presente em muitos alimentos que consumimos diariamente, porque muitos dos grãos ou cereais são armazenados com diatomáceas para evitar que os insetos os comam!Uma é que, no nível microscópico, as partículas de terra de diatomáceas são muito afiadas. Essas partículas aderem a um inseto e ficam presas entre as articulações do exoesqueleto. Quando o inseto se move, está danificado, outra explicação é que a terra de diatomáceas gruda no inseto e, de alguma forma, faz com que ele seja dissecado. Esta abordagem envolve rasgar a camada de cera de insetos, o que permite que a umidade escape do interior do inseto.Ambos são verdadeiros terra de diatomáceas é quase pura sílica (com alguns minerais benéficos para as plantas); sob o microscópio, parece fragmentos de vidro (o vidro é feito de sílica). A terra diatomácea é um insecticida orgânico e não tóxico. Nenhuma resistência é gerada em insetos, já que o método de ação é físico, não químico. A terra diatomácea mata todos os insetos. Tem sido relatado como a solução mais eficaz na luta contra as pragas, como pulgas, formigas, insetos, mosca branca, ácaro, tripes, lagarto, etc. Os agricultores aplicam terra diatomácea de qualidade alimentar quando grãos ou sementes são armazenados. Mate os insetos que querem se deliciar com as sementes. Isso é muito mais saudável do que as fumigações de silos com produtos químicos também usado na agricultura, como micronutriente para plantas e prevenção e controle de pragas e doenças.
...

Preço: R$ 129,99

Boa Vista do Buricá/RS

Decis

DECIS 25 ECVERIFICAR RESTRIÇÕES DE USO CONSTANTES NA LISTA DE AGROTÓXICOS DOPARANÁRegistrado no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento - MAPA sob nº00758498COMPOSIÇÃO:(S)-a-cyano-3-phenoxybenzyl (1R,3R)-3-(2,2-dibromovinyl)-2,2-dimethylcyclopropanecarboxylate(DELTAMETRINA)................................................................25 g/L (2,5% m/v)Ingrediente Inertes................................................................................886 g/L (88,6% m/v)CONTEÚDO: 100 e 250 ml e 1, 5, 20, 100 e 200 litrosCLASSE: Inseticida de contato e ingestão do grupo piretróideTIPO DE FORMULAÇÃO: Concentrado EmulsionávelTITULAR DO REGISTRO:Bayer CropScience Ltda. (*)Rua Verbo Divino 1207 – Bloco BSão Paulo/SP – CEP 04719-002CNPJ: 18.459.628/0001-15Registrada da Secretaria de Agricultura de São Paulo sob nº 663FABRICANTE DO PRODUTO TÉCNICO:Bayer CorpScience S.A.55 Avenue René Cassin 69266 Lyon – FrançaFORMULADORES:Bayer CropScience Ltda.Rua do Comércio, 715Portão / RS – CEP 93180-000CNPJ: 18.459.628/0029-16Certidão expedida pela FEPAM nº 21/2005-DLBayer CropScience Ltda.Estrada da Boa Esperança, 650Belford Roxo/RJ – CEP 26110-100CNPJ: 18.459.628/0033/10Licença de Operação expedida pela FEEMA nº FE-004052Sipcam Agro S.ARua Igarapava, 599Uberaba/MG – CEP 38102-970CNPJ: 23.361.306/0001-79Registrada no IMA sob o nº 701-332/2004Indústria Brasileira1INSTRUÇÕES DE USO:Culturas Pragas controladas DosesProduto Comercial Ingred. AtivoAbacaxi Broca-do-frutoStrymon basalides200 ml/ha 5 g/haAlgodão Lagarta-das-maçãsHeliothis virescens400 m/ha 10 g/haLagarta-rosadaPectinophora gossypiella300 ml/ha 7,5 g/haPulgão-do-algodoeiroAphis gossypii400 ml/ha 10 g/haLagarta-mede-palmoTrichoplusia ni400 ml/ha 10 g/haCuruquerêAlabama argillacea100 ml/ha 2,5 g/haPercevejo-rajadoHorcias nobilellus 400 ml/ha 10 g/haBicudoAnthonomus grandisAlho e Cebola TripesThrips tabaci30 ml/100 L de água 0,75 g/100 L águaAmeixa Moscas-das-frutasCeratitis capitataAnastrepha spp50 ml/100 L água 1,25 g/100 L águaAmendoim Lagarta-do-pescoço-vermelhoStegasta bosquella 200 ml/ha 5 g/haTripes-do-bronzeamentoEnneothrips flavens2
...

Preço: R$ 26,00

Belo Horizonte/MG

Armadilhas adesivas Amarelas e Azuis, controle praga voadoras em hortas e fazendas.

Loja com todos produtos, enviamos vários no mesmo frete, basta informar os produtos desejados que criamos um anuncio especifico para compra, podendo parcelar em até 12X dependendo do valor e local frete Grátis pronta Mercado Livre:Mais econômico, eficaz que agrotóxicos / sem agrotóxicos tudo fica melhor. TEMOS TAMANHO A4, PERGUNTE QUE ENVIAMOS O LINK, PODEMOS ENVIAR VÁRIOS PRODUTOS NO MESMO FRETE.Anuncio se refere a 10 envelopes com 10 unidades cada, totalizando 100 unidades de armadilha adesiva de um lado com 10,5 cm x 15 cm. Esta quantidade consegue cobrir até 500 metros quadrados, caso área seja muito atacada indicamos diminuir o espaço entre as armadilhas inserindo mais unidades.Como usar:Basta retirar o papel e fixar na altura próxima as plantas.Indicamos observar caso uma armadilha não capture no local instalado, mude para um local de maior ataque de insetos.Seu funcionamento:Fácil de usar e bem mais eficaz que inseticida.Ao ser inserida no local, atrai os insetos pela sua cor atrativa, ao posar na armadilha ficara nela preso; basta trocar quando estiver cheia.Produto natural não danificando o meio ambiente.Como é composta de material resistente a água não tem problema algum se molhar com chuva ou sereno.Fabricamos outros tamanhos e quantidades se informe nas perguntas.
...

Preço: R$ 330,00

Santa Cruz de Minas/MG

Biologicos

Produto revolucionário com muita qualidade ! Chame-nos e confira , teremos prazer em atende-los . Esperamos sua chamada !! 
...

Preço: R$ 0,10

Tucumã/PA

Herbicidas seletivo para pastagens

Herbicidas seletivo com melhor preço do mercado ! Venha e faça sua cotação!Inseticidas biológico para cigarrinha das pastagens ótimos preços!Carrapaticida para combate de carrapatos ótimo preço !Adubo foliar para pastagem !!!
...

Preço: R$ 165,00

Araxá/MG

######### FUNGICIDA FOX XPRO ##########

 O produto fungicida FOX XPRO é composto por bixafem, proticonazol e trifloxistrobina.um produto novo no mercado de defensivos.FOX XPRO é indicado para controles de doenças nas culturas do algodão, cevada, girassol, milho, soja e trigoFOX XPRO FOX XPRO FOX XPRO FOX XPRO FOX XPRO FOX XPRO FOX XPRO FOX XPRO FOX XPRO              Interessados deixar seu contatoOBRIGADO
...

Preço: R$ 44,90

Ribeirão Branco/SP

ROUNDUP ORIGINAL 1 LITRO MATA MATO GLIFOSATO

Registrado no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – MAPA sob no00898793 COMPOSIÇÃO: Sal de Isopropilamina de N - (fosfonometil) glicina................................... 480 g/L (48,0 % m/v) Equivalente ácido de N - (fosfonometil) glicina (GLIFOSATO)................. 360 g/L (36,0 % m/v) Ingredientes Inertes...................................................................................684 g/L (68,4 % m/v) CONTEÚDO:VIDE RÓTULO. CLASSE:Herbicida não seletivo, de ação sistêmica do grupo químico glicina substituída. TIPO DE FORMULAÇÃO:Concentrado solúvel. TITULAR DO REGISTRO: MONSANTO DO BRASIL LTDA. (*) Av. Nações Unidas, 12.901 - 7º andar - Torre Norte - Brooklin São Paulo/SP - CEP 04578-910 Tel./Fax: 0800-940-6000 CNPJ: 64.858.525/0001-45 Registro Estadual no426 - CDA/SP (*) IMPORTADOR (PRODUTO FORMULADO)FABRICANTE DO PRODUTO TÉCNICO: MONSANTO DO BRASIL LTDA. (*) Av. Carlos Marcondes, 1.200, km 159,5 - Limoeiro São José dos Campos/SP - CEP 12241-421 Tel./Fax: 0800-940-6000 CNPJ: 64.858.525/0002-26 Registro Estadual no525 CDA/SP MONSANTO ARGENTINA S.A.I.C.-Ruta 12 - km 83,1 - Zarate 2800 - Argentina MONSANTO COMPANY- 2.500 Wiggins Road - Muscatine - Iowa - 52.761 - EUA / 12.501 River Road PO Box 174 - Luling - Louisiana - 70.070 - EUA MONSANTO EUROPE S.A.- Haven 627, Scheldelaan 460 - Antuérpia (Lillo) 2040 - Bélgica FORMULADOR: MONSANTO DO BRASIL LTDA. (*) Av. Carlos Marcondes, 1.200, km 159,5 - Limoeiro São José dos Campos/SP - CEP 12241-421 Tel./Fax: 0800-940-6000 CNPJ: 64.858.525/0002-26 Registro Estadual no525 CDA/SP MONSANTO ARGENTINA S.A.I.C. – Ruta 12 - km 83,1 - Zarate 2800 - Argentina MONSANTO COMPANY- 2.500 Wiggins Road - Muscatine - Iowa - 52.761 - EUA / 12.501 River Road PO Box 174 - Luling - Louisiana - 70.070 - EUA Roundup® é a marca pioneira na síntese do glifosato. Sua linha de produtos é voltada ao controle de plantas daninhas, e o seu desenvolvimento possibilitou a implementação do plantio direto, uma técnica extremamente valiosa para o segmento agrícola.Da matéria-prima à síntese do produto final, o processo de fabricação de Roundup® é totalmente realizado no Brasil, o que garante, além da qualidade e segurança de abastecimento, a rastreabilidade de toda a cadeia produtiva.
...

Preço: R$ 0,80

Taquaritinga/SP

RECICOL

COMPRAMOS ÓLEO DE FRITURA USADO / GORDURAS E SIMILARES / PAGAMENTO A VISTA / ACIMA DE 1000 LITROS PREÇO DIFERENCIADO.
...

Preço: R$ 899,90

Cravinhos/SP

REGENTE FIPRONIL 800 WG

Eventra Fipronil 800 WG é um inseticida e cupinicida do grupo químico FIPRONIL WG  para o controle eficiente das principais pragas de solo.>>>>>>>> Embalagem de 1 kg <<<<<<<<>>>>> R$ 479,90/kg + frete <<<<<<CONTROLA FORMIGAS, CUPINS, CARRAPATOS, BESOUROS, BROCA DA BANANEIRA E OUTROS INSETOS
...

Preço: R$ 1.800,00

Campo Grande/MS

Veneno fox - Fungicida de 20 litros

Preço único original da bayer
...

Preço: R$ 1,00

Catanduva/SP

RATICIDA MIL-GATOS(chumbinho líquido)

POTENTE RATICIDA LÍQUIDO, PARA GRANDES INFESTAÇOES EM AREAS URBANAS E RURAIS; É SIMPLESMENTE A SOLUÇÃO PARA ROEDORES DE GRANDE PORTE, AGINDO DE FORMA SÚBITA, FACILITA A IDENTIFICAÇÃO E REMOÇÃO DOS CADÁVERES.POSSUO APRESENTAÇÃO DE  1LITRO E FRASCO DE 100ML.TODO RATICIDA TEM DE SER USADO COM CAUTELA A EVITAR INGESTÃO DE ANIMAIS DOMÉSTICOS,  ENVENENAR ANIMAIS É CRIME.
...

Preço: R$ 160,00

Araporã/MG

FUNGICIDA FOX

ESTOQUE DISPONÍVELACEITO TROCAS
...

Preço: R$ 25,00

Londrina/PR

Atrativo Natural Para Moscas- 2 litros

Atrativo Natural para o controle de moscas em armadilha de área externa. A atratividade do produto se dá através do odor emitido pelo atrativo.Composição: Sub-Extratos naturais , Proteínas hidrolisadas, Água natural e Reagentes naturais.Embalagem: 2 litros.(Adicionar 1.5L de Atrativo por Armadilha).OBS: Substituir o atrativo da Armadilha a cada 60 dias.  OBS: A Armadilha com o atrativo deve ser instalada em ambiente externo, 15 a 20 metros umas das outas, com no mínimo 15 metros de distância do local a ser controlado.         Devido ao cheiro forte, não recomendamos a instalação em área interna.
...

Preço: R$ 64,00

Araporã/MG

OROBOR N1 ESPALHANTE 100% EFICAZ CONTRA MOSCA BRANCA

OROBOR ESPALHANTE A 100% EFICAZ CONTRA MOSCA BRANCA Óleo de Laranja + 1,5% Nitrogênio + 0,25% Boro + 0,04 Molibdênio Óleo de Laranja + 1,5% Nitrogênio + 0,25% Boro + 0,04 MolibdênioAumentando a eficiência da aplicação dos seus insumos.»Dispersante e Aderente;»Penetrante, melhor absorção em superfícies pilosas e cerosas;»Sufactante (tenso – ativo) com elevada capacidade de espalhamento;»Homogeneíza melhor calda;»Otimiza o desempenho dos produtos aplicados;OTIMOS RESULTADO NO CONTROLE DE MOSCA BRANCA.»Compatível com a maioria dos fungicidas, inseticidas, acaricidas e fertilizantes;»NÃO compativel com produtos que contenham óleo em sua composição;»NÃO causa Fitotoxidade.RECOMENDAÇÕES:•Nossa recomendação é de 50 a 250 ml para cada 100 litros de água, dependendo do porte da planta, quanto mais alta a cultura estiver maior a dosagem.•Quanto a medida por hectare vai depender do tanque de pulverização e da quantidade de calda aplicada.ENTREGAMOS EM TODO BRASIL.
...

Preço: R$ 100,00

Cascavel/PR

Fungicida fox para venda

Vendo inseticida fox tudo galao de 5 litro, faco 100 reais o litro então vai da 500 reais o galao de 5 litro
...

Preço: R$ 100,00

São José do Rio Preto/SP

ÓLEO DE NEEM - INSETICIDA ORGÂNICO

10 vantagens do uso do óleo de neem: •Controle da metamorfose das diversas fases de vida dos insetos (Larvas, Pupa e adultos). •Repelente de larvas e insetos adultos. •Impede a comunicação sexual dos insetos •Esteriliza insetos adultos •Envenena larvas e ovos •Inibe a alimentação dos insetos •Bloqueio da muda de larvas para ninfas •Bloqueio da habilidade de deglutir, isso é redução da mobilidade intestinal dos insetos •Não contamina os inimigos naturais das pragas •Não polui o meio ambiente e nem traz riscos à saúde dos seres humanos Neem é um produto orgânico que substitui os agrotóxicos. Ele é usado nos Estados Unidos, Austrália, América Central e no Brasil. Ele atinge mais de 418 tipos de pragas e insetos. No Brasil, existe 105 espécies de pragas. Como utilizar o Neem: O produtor deve usar como preventivo, curativo e também como repelente. Os insetos e larvas que foram banhados pelo neem, ele não conseguirão, desenvolver-se e nem se reproduzir. Assim eles não se alimentarão das plantas, e os que se alimentarem vão se contaminar, vindo a secar. Pelo fato do produto ser orgânico, a planta absorve o neem, tornando-se parte da planta. O produto vai eliminar todos os tipos de insetos e doenças, sem estar prejudicando o meio ambiente, e nem quem estiver aplicando o produto. SOJA: Ele controla percevejo verde, mosca branca, lagarta, grilo, besouro, gafanhotos e outras espécies e também a ferrugem asiática, mancha angular, mancha altenária, fungos, oidio. CAFÉ: Bicho mineiro, broca, cigarrilha, lagartos, ferrugem e outros. TOMATE: Muchadeira, lagarta de solo, lagarta rosca, vaquinha, pulgão, traça dos crucioferox, percevejo de tomate, percevejo verde – branca, mosca branca, mosca minadora, teça da barata, lagarta dos frutos, ácaros, tripse, fungos, fusário, bichomineiro. BATATA: Pulgão, vaquinha, lagartas, mosca branca, muchadeira, burrinho, traça, cochonilha, besouros, trips e requeima. UVA: Antracnose, míldio, mosca branca, cochinilha, pérola. MORANGO: Mosca branca, bactérias. Doenças: Ácaros, ferrugem (micosfarila), pinta, mancha folha, oidio, míldio, antracnose. AMENDOIM: Lagarto elasmo, lagarta rosca, percevejo castanho, cupim, larva do besouro, trips, cigarrinha. Doenças: Manca preta, pinta preta, macho castanho, verrugoso. BANANA: Mozaico, moleque de bananeira, pragas em gerais. FUMO: Vira a cabeça, oidio, míldio, antracnose, mofo azul, bacteriana (1 l para 100). FLORES: Ácaros, trips, pinta preta, fungos (1 l para 300) MANDIOCA: Cochonilhas, mosca branca, ferrugem, atraquinose, bactérias (erinúcleos ou mandruvá). ORQUÍDEA: Antracnose, ácaros, oidio, míldio, mozaico, bactérias. CITROS: Trips, ácaros, conchonilha, pulgões, fungos, antracnose, lagartas, ferrugem, citros, minadoras de citros, fusarium. PIMENTA: Fuzário, pulgões. MILHO: Lagarta do cartucho, lagarta dos capinzais, lagarta dos espigais, percevejo castanho. MAMÃO: Trips, ácaros, pulgões. HORTALIÇAS: Pulgões, lagartas em geral, mosca branca, ácaros, oidio, fungos. FEIJÃO: Ferrugem do feijoeiro, lagartas, cigarrinhas, mosca branca, ácaros, pulgões, trips, percevejos, lagartas do cartucho, vaquinha. Doenças: Míldio, oidio, antracnose, podridão bacteriana. ALGODÃO: Broca, lagartas-rosada, bicudo, pulgão, ácaro. Doenças: Ramulose e amucha do fusarium, mematóide. TRIGO: Lagarta dos milharais ou cartucho, curuquerêdos, capinzais (lagarta de 4 cm), lagartas do trigo, broca das hastes (moléstias). Doenças: Ferrugem do colmo, ferrugem das folhas, leptoriose causados por dois fungos, oidio ou mofo-branco. ARROZ: Solo, culpim, percevejo castanho, elasmopolpus, bicho-bolo, pulgão, gorgulho, traça dos cereais, lagarta do solo. CEREAIS: Percevejo do arroz, lagarta dos capinzais, lagarta do cartucho, lagarta rosca, besouro, maripozinha, lagarta da folha, lagarta do cacho. ANIMAIS: Controla e acaba com o ciclo de Parasitas externos, como: carrapato, moscas, sarnas e piolhos (até 90 dias). MISTURA: Misturar 1 litro do produto em 300 lts. de água. APLICAÇÃO/PULVERIZAÇÃO: Através de Bomba Costal, Jumbinho ou Tanque. Modo de Ação dos Produtos do Neem Benefícios Propriedades Fungicidas O Neem provou ser eficaz contra certos fungos que infectam o corpo humano tais fungos são um problemas crescente e difíceis de serem controlados por fungicidas sintéticos. São exemplos de alguns fungos combatidos pelo Neem: Trichophyto: Pé-de-atleta que infecta tanto a pele quanto as unhas. Epidermophyton : Micose que infecta o cabelo, a pele e as unhas do pé. Trichosporon : Um fungo do canal intestinal. Microsporum : Uma micose que infecta o cabelo a pele e as unhas. Geotrichum : Um fungo espumante que causa infeção nos brônquios, pulmões, e membranas da mucosa. Cândida : Um fungo que é parte da mucosa normal da flora, mas que pode ficar fora de controle e provocar lesões na boca, vagina e pulmões. Propriedades Anti- Bacterianas Óleo de Neem tem eliminado várias espécies de bactérias patogênicas, incluindo STAPHYLOCOCCUS AUREUS, que é uma fonte comum de intoxicação alimentar, e causadora de desarranjos. SALMONELLA TYPHOSA, esta bactéria muito temida que vive na comida e na água causa o tifo, envenenamento alimentar e uma variedade de infecções que incluem envenenamento sangüíneo e inflamação intestinal. Propriedades Anti-Viróticas A atividade anti-virótica do Neem tem alta eficácia, particularmente contra doenças caracterizadas por erupções. Varíola , catapora , e verrugas , têm sido tradicionalmente tratados com pasta de Neem, esfregando se a mesma na área afetada. O Neem é um preventivo muito eficiente contra vírus , mas não é a cura. Propriedade Inseticida Dermatológica Neem é um remédio comum e popular contra piolho e vermes. No Haiti , por exemplo, as folhas do nim são esmagadas e esfregadas nos ferimentos infectados por vermes, e na Índia e Bangladesh, moradores de vilas aplicam o nim no cabelo para matar piolho, fatos observados com grande sucesso. Neem no Controle de Insetos Os indianos tem tradicionalmente esmagado as folhas do Neem e esfregado as mesmas nos ferimentos expostos do gado para eliminar os vermes. Mosca de chifre. O azadirachta atravessa o canal digestivo do ruminante e lá permanece tempo suficiente para que as moscas de chifre não se desenvolvam no estrume. O Óleo e o extrato da semente do Neem impedem que a blow fly fêmea, Lucilia Sericata, de botar seus ovos em carneiros. No Sri Lanka, o óleo do Neem é esfregado no gado como um repelente de insetos como a mosca-de-chifre. O azadirachta também é capaz de exterminar os ovos da mosca stomoxys calcitrans. Neem no Controle de Bactérias A bactéria do staphylococcus aureus causa mastite, inflamação das glândulas mamarias em vacas. A aparente eficácia do Neem em controlar certos tipos dessa bactérias pode, portanto, ser de grande importância econômica para fabricas de laticínios nas nações que cultivam o Neem. A bactéria salmonella além de afetar a saúde humana, causa aborto em animais, gado, e carneiros, como também vários tipos de infeções em aves domésticas e gado, podendo, também, ser controlado pelo Neem.
...

Preço: R$ 270,00

Teófilo Otoni/MG

Óleo de Neem

...

Preço: R$ 119,99

Marília/SP

Herbicida mais Forte que Roundupp Glifosato e Gramocil 5kg Faz 500 Litros

RESULTADOS VISÍVEIS EM 20 MINUTOS COM PRODUTO PURO , EFEITO TOTAL EM 48 HORAS.PRODUTO NOVO DE ALTA POTENCIA PARA ELIMINAR MATO E ERVAS DANINHAS INDESEJADAS , ESSE PRODUTO TEM ALTA CONCENTRAÇÃO DE AGENTES QUÍMICOS PARA ELIMINAR O MATO COM O MAXIMO DE EFICIÊNCIA E RAPIDEZ E GARANTIR QUE O SOLO FIQUE LIMPO POR MUITO MAIS TEMPO LIMPO. O PRODUTO PODE SER APLICADO DILUÍDO OU CONCENTRADO TAMBÉM SERVA PARA MATAR ARVORES E TOCOS.SEMPRE APLICAR EM DIA ENSOLARADO , NÃO APLICAR EM DIAS DE CHUVAS E NUBLADOS. PRODUTO NÃO SELETIVO ELIMINA QUALQUER PLANTA.ATENÇÃO ESSE UMA NOVA COMPOSIÇÃO DE ALTA POTENCIA E ADERÊNCIA PARA ELIMINAR O MATO COM MAIS RAPIDEZ E GARANTIR QUE O MATO DEMORE MAIS PRA BROTAR COMPARADO AO ROUNDUP .PRODUTO DE ALTA POTENCIA PARA ELIMINAR ERVAS DANINHAS INDESEJADAS , ARVORES E TOCOS, PRODUTO NAO SELETIVO. APLICAR CONFORME NECESSIDADE PARA ELIMINAÇÃO DA PLANTA INDESEJADA.APLICAR EM DIAS ENSOLARADOS , EFEITOS VISÍVEIS DO PRODUTO CONCENTRADO EM 20 MINUTOS EFEITO TOTAL EM 24 HORAS. PRODUTO COM OS MESMOS EFEITOS DO ROUNDUP COM O GRAMOCIL PARA MATAR FOLHAS LARGAS.INSTRUÇÕES DE USO:• Recomendado para o controle não seletivo de plantas infestantes nas seguintes situações:• Eliminação de plantas infestantes em áreas cultivadas (pós-emergência das culturas e dasplantas infestantes) nas culturas de: ameixa, banana, cacau, café, cana-de-açúcar, citros,maçã, nectarina, pera, pêssego, uva, pastagem, pinus e eucalipto.• Aplicação em área total em pré-plantio (pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantasinfestantes) - sistema de plantio direto para as culturas de arroz, soja, milho, trigo e naeliminação do arroz vermelho.• Eliminação da soqueira de cana-de-açúcar e como maturador da cana-de-açúcar.CULTURAS: ameixa, banana, cacau, café, cana-de-açúcar, citros, maçã, nectarina, pera,pêssego, pastagem, pinus e eucalipto, uva, arroz, soja, milho e trigo.ESSE PRODUTO É O ÚNICO HERBICIDA NÃO CANCERÍGENO EXISTENTE NO MERCADO OPTE POR EFICIÊNCIA COM SAÚDE .PRODUTO COM NOVA TECNOLOGIA PODENDO SER APLICADO DIRETO EM FORMATO ORIGINAL EM PÓ DIRETO NO SOLO OU NA PLANTA OU DILUÍDO EM ÁGUA.DOSAGEM INDICADA ENTRE 2-1 ATÉ 20-1 OU CONFORME NECESSIDADE E RESISTÊNCIA DA ERVA DANINHA.PROMOÇÃO TEMPO LIMITADO. GARANTA JÁ O SEU.PRODUTO DE ALTA POTENCIA PARA ELIMINAR ERVAS DANINHAS INDESEJADAS , ARVORES E TOCOS, PRODUTO NAO SELETIVO. APLICAR CONFORME NECESSIDADE PARA ELIMINAÇÃO DA PLANTA INDESEJADA.APLICAR EM DIAS ENSOLARADOS , EFEITOS VISÍVEIS DO PRODUTO CONCENTRADO EM 20 MINUTOS EFEITO TOTAL EM 24 HORAS. PRODUTO COM OS MESMOS EFEITOS DO ROUNDUP.INSTRUÇÕES DE USO:• Recomendado para o controle não seletivo de plantas infestantes nas seguintes situações:• Eliminação de plantas infestantes em áreas cultivadas (pós-emergência das culturas e dasplantas infestantes) nas culturas de: ameixa, banana, cacau, café, cana-de-açúcar, citros,maçã, nectarina, pera, pêssego, uva, pastagem, pinus e eucalipto.• Aplicação em área total em pré-plantio (pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantaRecomendado para o controle em pós-emergência de plantas infestantes nas seguintes situações: -Aplicação em área total em pré-plantio (pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas infestantes) - sistema de plantio direto nas culturas de algodão, arroz, milho, soja, pastagem e em área de pousio. -Aplicação em área total, em pós-emergência da soja geneticamente modificada tolerante ao glifosato em áreas de plantio direto ou convencional, podendo ser utilizado em aplicação única. CULTURAS: algodão, arroz,café,cana-de-açúcar,citros,eucalipto,milho,pastagem, soja,trigo e em área de pousio. INSTRUÇÕES DE USO: Recomendado para o controle em pós-emergência de plantas infestantes nas seguintes situações: -Aplicação em área total em pré-plantio (pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas infestantes) - sistema de plantio direto nas culturas de algodão, arroz, milho, soja, pastagem e em área de pasto.-Aplicação em área total, em pós-emergência da soja geneticamente modificada tolerante ao glifosato em áreas de plantio direto ou convencional, podendo ser utilizado em aplicação única. CULTURAS: algodão, arroz,café,cana-de-açúcar,citros,eucalipto,milho,pastagem, soja,trigo e em área de pousio. CULTURAS/DOSES/PLANTAS INFESTANTES: Vide seção “Indicações de Uso/Doses”. PLANTAS INFESTANTES: QUADRO I FOLHA ESTREITA Braquiarão (Brachiaria brizantha) 1,5-2,5 Kg/ha* ou 0,75-1,25 L/100 L d’água** (%) Capim-Braquiaria (Brachiaria decumbens) 2,0-3,5 Kg/ha* ou 1,0-1,75 L/100 L d’água** (%) Capim-marmelada (Brachiaria plantaginea) 0,5-2,0 Kg/ha* ou 0,25-1,0 L/100 L d’água** (%) Capim-carrapicho (Cenchrus equinatus) 0,5-2,0 Kg/ha* ou 0,25-1,0 L/100 L d’água** (%) Grama-seda (Cynodon dactylon) 2,0 Kg/ha* ou 1,0 L/100 L d’água** (%) Junquinho (Cyperus ferax) 0,5-1,0 Kg/ha* ou 0,25-0,5 L/100 L d’água** (%) Capim-colchão (Digitaria horizontalis) 1,0-2,0 Kg/ha* ou 0,5-1,0 L/100 L d’água** (%) Capim-amargoso (Digitaria insularis) 0,5-2,5 Kg/ha* ou 0,25-1,25 L/100 L d’água** (%) Capim-arroz (Echinochloa crusgalli) 1,0-2,0 Kg/ha* ou 0,5-1,0 L/100 L d’água** (%) Capim-pé-de-galinha (Eleusine indica) 1,0-2,0 Kg/ha* ou 0,5-1,0 L/100 L d’água** (%) Grama-boiadeira (Luziola peruviana) 2,0-3,5 Kg/ha* ou 1,0-1,75 L/100 L d’água** (%) Arroz-vermelho (Oryza sativa) 2,0-3,5 Kg/ha* ou 1,0-1,75 L/100 L d’água** (%) Capim-colonião (Pannicum maximum) 1,5-2,5 Kg/ha* ou 0,75-1,25 L/100 L d’água** (%) Grama-batatais (Paspalum notatum) 2,0-3,0 Kg/ha* ou 1,0-1,5 L/100 L d’água** (%) Milheto (Pennisetum americanum) 0,5-1,5 Kg/ha* ou 0,25-0,75 L/100 L d’água** (%) Cana de açúcar (Saccharum officinarum) 2,0-3,0 Kg/ha* ou 1,0-1,2 L/100 L d'água **(%) FOLHA LARGA Apaga fogo (Alternanthera tenella) 0,5-1,0 Kg/ha* ou 0,25-0,5 L/100 L d’água** (%) Picão preto (Bidens pilosa) 0,5-1,0 Kg/ha* ou 0,25-0,5 L/100 L d’água** (%) Carqueja (Baccharis trimera) 1,5-2,5 Kg/ha* ou 0,75-1,25 L/100 L d’água** (%) Amendoim bravo (Euphorbia heterophylla) 1,5-2,5 Kg/ha* ou 0,75-1,25 L/100 L d’água** (%) Corda de viola ( Ipomoea purpurea) 1,0-2,0 Kg/ha* ou 0,5-1,0 L/100 L d’água** (%) Beldroega (Portulaca oleracea) 1,0-2,0 Kg/ha* ou 0,5-1,0 L/100 L d’água** (%) Nabo ou Nabiça (Raphanus raphanistrum ) 2,0-3,0 Kg/ha* ou 1,0-1,2 L/100 L d'água **(%) Poaia-branca (Richardia brasiliensis) 2,0 Kg/ha* ou 1,0 L/100 L d’água** (%) QUADRO II FOLHA ESTREITA Capim carrapicho ( Cenchrus echinatus) 1,0 e 0,5/0,5*** Kg/ha ou 05 e 0,25/0,25L/100 L d’água** (%) Capim colchão (Digitaria horizontalis) 1,0 e 0,5/0,5*** Kg/ha ou 05 e 0,25/0,25L/100 L d’água** (%) *** As doses separadas po " / " referem se a aplicação sequencial FOLHA LARGA Apaga-fogo (Alternanthera tenella) 0,5-1,0 Kg/ha* ou 0,25 -0,5 L/100 L d’água** (%) Trapoeraba 1,0 - 1,5 kg/ha* uo 0,5-0,75 kg/100 L d'água** (%) Amendoim bravo ou Leiteiro (Euphorbia heterophylla) 0,5-2,0 Kg/ha* ou 0,25-1,0 L/100 L d’água** (%) Corda-de-viola (Ipomoea purpurea) 1,0-2,0 Kg/ha* ou 0,5-1,0 L/100 L d’água** (%) Guanxuma (Sida rhombifolia) 2,0-3,0 Kg/ha* ou 1,0-1,5 L/100 L d’água** (%) Caruru (Sida Rhombifolia) 0,5 kg/ha* ou 0,25 kg/100 d'água** (%) Carrapicho-carneiro (Acanthospernum hispidum) 0,5kg/ha* ou 0,75kg/100L d'água** (%) Erva-de-santa Luzia Chamaesyce hirta) 0,5 kg/ha* ou 0,25 kg/100L d'àgua**(%) Erva-de-touro( Trydax procumbens) 0,5-1,0 kg/ha* ou 0,25 kg/100L d'àgua**(%) Aplicação em MILHO Geneticamente Modificado Tolerante ao Glifosato QUADRO III Capim-colçhão (Digitaria horizontalis) 0,5 kg/ha* ou 0,25 kg/100L d'àgua**(%) Apaga fogo (Alternanthera tenella) 1,5 Kg/ha* ou 0,75 L/100 L d’água** (%) Carrapicho-de-carneiro (Acanthospermum hispidum) 1,0 Kg/ha* ou 0,5 L/100 L d’água** (%) Picão-preto ( Bidens pilosa ) 0,5 kg/ha* ou 0,25 kg/100L d'àgua**(%) Trapoeraba (Commelina benghalensis) 1,5 Kg/ha* ou 0,75 L/100 L d’água** (%) Amendoim bravo ou Leiteiro (Euphorbia heterophyla) 1,0 - 1,5 kg/ha* uo 0,5-0,75 kg/100 L d'água** (%) Corda de viola (Ipomoea nil ) 1,0 - 1,5 kg/ha* uo 0,5-0,75 kg/100 L d'água** (%) Erva quente (Spermacoce llatifolia) 1,0 - 1,5 kg/ha* uo 0,5-0,75 kg/100 L d'água** (%) Plantas infestantes com Ocorrência de Casos de Resistência ao Glifosato no Brasil QUADRO IV Azevém (Lolium multiflorum) 3,0-3,5 Kg/ha* ou 1,0-1,5 L/100 L d’água** (%) Capim amargoso (Digitaria insularis) 0,0-2,5 Kg/ha* ou 0,25-1,25 L/100 L d’água** (%) * A variação nas doses depende do estádio de desenvolvimento da planta infestante, sendo as menores doses para a fase inicial de desenvolvimento e as maiores doses para a fase adulta ou perenizada. ** As doses em porcentagem referem-se a aplicações para pulverizadores costais manuais com vazão aproximada de 200 L/ha . Qualquer dúvida, utilizar os valores em litros/hectare. Cada Quilo corresponde a 715 g/Kg do sal de amônio de glifosato ou 650 g/Kg do equivalente ácido de glifosato.
...

Preço: R$ 680,00

Centenário (Ponta Grossa)/PR

Benzoato 10% , Thiametoxam 75 % mospilan todo oque vc precisa

Tenho qualquer  tipo de inseticidas , fungicidas , acaricidas , com toda cautela com nossos clientes buscamos brindar  muitos êxitos e venha conferir estou para atender qualquer pedido 
...

Preço: R$ 4.600,00

Ribeirão Preto/SP

REGENTE BASF

REGENTE BASFRevendedor Autorizado !Equipe Altamentente QualificadaConverse conoscoBatataDosagemCaldaIntervaloÉpocaAplicTerrestreAéreaAplicSegVaquinha verde amarela (Diabrotica speciosa (adulto))150 a 200 g.p.c./ha150 a 300 L de calda/ha--Não determinado.Realizar a aplicação em jato dirigido no sulco de plantio da cultura antes da cobertura dos tubérculos semente, na dose de 150 g.p.c./ha. Fazer uma complementação na dose de 200 g.p.c./ha no momento da “amontoa” (15 a 25 dias após a semeadura), dirigido para a base das plantas, local onde haverá a formação dos tubérculos cobrindo o produto imediatamente com terra após a aplicaçãoCana-de-açúcarDosagemCaldaIntervaloÉpocaAplicTerrestreAéreaAplicSegBroca da cana (Migdolus fryanus)250 a 500 g p.c./ha300 L de calda/ha--Não determinado.Aplicação do produto no sulco de plantio no momento da semeadura. Doses: 500 g p.c./ha no sulco de plantio OU 400 g p.c./ha arado + 250 g p.c./ha no sulco de plantioBroca do colmo (Diatraea saccharalis)500 g p.c./ha100 a 300 L de calda/ha--Não determinado.Aplicação do produto no sulco de plantio no momento da semeaduraCupim (Heterotermes tenuis)200 a 250 g p.c./ha300 L de calda/ha--Não determinado.Aplicação do produto no sulco de plantio no momento da semeaduraCupim (Cornitermes cumulans)200 a 250 g.p.c./ha300 L de calda/ha--Não determinado.Aplicação do produto no sulco de plantio no momento da semeaduraCupim (Neocapritermes opacus)200 a 250 g p.c./ha300 L de calda/ha--Não determinado.Aplicação do produto no sulco de plantio no momento da semeaduraCupim (Procornitermes triacifer)200 a 250 g p.c./ha300 L de calda/ha--Não determinado.Aplicação do produto no sulco de plantio no momento da semeaduraSaúva parda (Atta capiguara)1 a 2 g p.c. / L de calda50 mL de calda/olheiro--Não determinado.Aplicação do produto no olheiro e trilha de caminhamento próximo ao “olheiro”Cana-de-açúcar (soqueira)DosagemCaldaIntervaloÉpocaAplicTerrestreAéreaAplicSegCupim (Heterotermes tenuis)250 g p.c./ha300 L de calda/ha--Não determinado.Aplicação do produto abaixo da superfície do solo na região de maior ocorrência do sistema radicular das plantasCupim (Cornitermes cumulans)250 g.p.c./ha300 L de calda/ha--Não determinado.Aplicação do produto abaixo da superfície do solo na região de maior ocorrência do sistema radicular das plantasCupim (Neocapritermes opacus)250 g p.c./ha300 L de calda/ha--Não determinado.Aplicação do produto abaixo da superfície do solo na região de maior ocorrência do sistema radicular das plantasCupim (Procornitermes triacifer)250 g p.c./ha300 L de calda/ha--Não determinado.Aplicação do produto abaixo da superfície do solo na região de maior ocorrência do sistema radicular das plantasSaúva parda (Atta capiguara)1 a 2 g p.c. / L de calda50 mL de calda/olheiro--Não determinado.Aplicação do produto no olheiro e trilha de caminhamento próximo ao “olheiro”MilhoDosagemCaldaIntervaloÉpocaAplicTerrestreAéreaAplicSegLarva pão de galinha (Diloboderus abderus)100 g p.c./ha100 a 300 L de calda/ha--Não determinado.Aplicação do produto no sulco de plantio no momento da semeaduraVaquinha verde amarela (Diabrotica speciosa (adulto))100 g p.c./ha250 a 300 L de calda/ha--Não determinado.Aplicação do produto no sulco de plantio no momento da semeadura
...

Preço: R$ 100,00

Praia Grande/SC

Fungicida, Inseticidas fertilizante foliar Yara

Fungicida, Inseticida, herbicidas, fertilizante foliar.Trabalhamos com um enorme estoque de produtos e das melhores marcas do mercado, produto original com receituário, não compre produtos com preços muito baixos, preços baixos produtos duvidosos.Trabalhamos com:Fungicida, bactericida, inseticida.ScoreNativoPrioriCerbobim 700CerconilCercobim 500- 10 litrosDecisEngeo PlenoInfinitoKasuminEntre outros.Fertilizante foliarPHOSANCO BIO YARA 10 litrosIndicado para aumentar a produtividade em até 30%, produto a base de Algas, promove enchimento de grãos, acelera produção e da mais Brix as frutas.ZintracIndicado para suprir deficiência de zinco.Fitoativ YaraAtiva as defesas das plantas, potencializa os fungicida e inseticida, e promove enchimento de grãos e frutas. Recomendo o uso com todos fungicidas.Rexolin Bra Yara TeraMicro nutrientes essenciais, indicado para fertirrigação e adubação foliar Temos toda linha de Fertilizante Aminoagro.HerbicidasGlifosatoTordonDMARoundupEspalhantesTemos outros produtos, pode perguntar que respondemos as perguntas.
...

Preço: R$ 120,00

Campinas/SP

Marrant - Inseticida Percevejos, Mosca Branca, Cigarrinha

MARRANT e um producto biotecnológico, destaca por ser econômico e de alto rendimento, basta uma pequena quantidade para se obter o efeito desejado como Inseticida e fertilizante.100% eficaz no controle das seguentes pragas:- Mosca Branca, Ovos, Ninfa, Mosca preta- Acaros, formigas e aranhas- Pulgão e pulgão amarelo- Nematoides (mixturado com Nutribac)- Percevejos- Cigarrinhas- Montadora- Lacraia- Riscadeira, etc Algumas caracteristicas:- Dispersante, aderente e penetrante- Elevada capacidade de espalhamento- Homogeneiza melhor a calda - Otimiza o desempenho de otros produtos aplicados- Compativel com a maioria dos fungicidas, inseticidas, acaricidas e fertilizantes- Não causa FITOTOXIDADE - Consegue combatir a FUMAGINACom MARRANT você melhora a qualidade do solo, aumenta a produção e elimina totalmente as doenças alem que NÃO CONTAMINA O MEIO AMBIENTE.Apresentação, bombona de 20 litros.20 litros x R$ 120 = R$ 2.400,- mais frete. O frete não esta incluso no preço.Consulta pra ser Revendedor ou Distribuidor de teu zona.
...
Primeira 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10  ... Última 

Produtos Agrícolas – Anuncie seus produtos rurais e agropecuários para milhões de clientes do setor. Seja visto por produtores rurais, pecuaristas, agricultores, criadores de gado, profissionais autônomos e empresários do ramo agropecuário.

Leilões de gado – Compre e venda gado nos leilões do site MF Rural. Leilão de gado bovino, ovino, caprino e equinos. Também leilão de máquinas agrícolas e tratores.

Serviços Agrícolas - Anuncie seus serviços rurais e agropecuários para milhões de clientes por apenas R$ 0,42 por dia.

Telefones Rurais - Consulte a Lista Telefônica Rural, relação com mais de 10 mil telefones agropecuários úteis pra você!

Informativos Agrícolas

Blog MF Rural
9/4/2019 16:22:31 - Animais -

JBS adquire Imperial Wagyu Beef nos EUA

14/2/2019 20:47:39 - Agronegócio -

AS VANTAGENS DO MARKETING DIGITAL PARA O AGRONEGÓCIO

31/1/2019 14:32:42 - Agricultura -

AGRONOMIA: PROFISSÃO EM ALTA NO PRESENTE E NO FUTURO

23/1/2019 15:02:44 - Agronegócio -

PRINCIPAIS EVENTOS DO AGRONEGÓCIO BRASILEIRO EM 2019

5/9/2018 23:31:03 - Agricultura -

COMO VENDER BEM ATRAVÉS DE ANÚNCIOS



Esta página contém Anúncios de Defensivos Agrícolas .

O MF Rural é um site de anúncios de compra e venda de produtos agrícolas para todo Brasil, com relação de ofertas de insumos ou produtos agropecuários de interesse do produtor rural. Podem ser encontrados(as) produtos rurais usados ou novos com preços, fotos, vídeos, disponibilidade, cidade, estado de localização, quantidade e outros.

O sistema MF Rural é diferente de sistemas de classificados onde os produtos simplesmente são apresentados com alguns dados e os interessados em comprar ou vender entram em contato para realizar negócio. No MF Rural o sistema é de Mercado Físico, logo, todos os anúncios devem estar com valor de venda e caso um comprador queira negociar a mercadoria, através de nosso portal, ele consegue os dados como nome, telefone, cidade e e-mail do vendedor anunciante. Assim o interessado comprador decide como irá fechar negócio, se vai pagar preço à vista, à prazo, em parcelas, financiado, como vai ser o transporte ou frete, quem vai pagar o valor do frete, se vai levar em transporte próprio, enfim, todos os detalhes de uma negociação normal com revenda, loja ou particular.

Os produtos são separados por categorias, mas também por marca, tamanho, modelo, localização, preço, região, novos ou usados, etc. Criamos também páginas onde as ofertas ficam separadas por estado, ou município do Brasil. Veja em anúncios de Defensivos Agrícolas

Muitas pessoas usam o MF Rural para pesquisar preços de Defensivos Agrícolas e conseguir fazer melhores negócios, adquirindo produtos mais baratos ao alcance de um clique. Essas pessoas procuram normalmente na internet pelos sites de busca onde encontrar, onde achar ofertas de algum produto, e fatalmente acabam caindo no site MF Rural, onde tem um grande número de anúncios bem diversificados. Muitas vezes encontram e conseguem adquirir produtos de qualidade, barato e com bom preço e condições que normalmente não encontrariam no comércio ou mercado local.

Portanto caso você pense algum dia, "quero vender" ou "quero comprar" produtos rurais, acesse sempre o site MF Rural, onde a comercialização ocorre entre os próprios negociantes e onde você pode encontrar muitas informações a respeito de mercado de anúncios de Defensivos Agrícolas , assim como algumas notícias da agricultura ou pecuária no Brasil. Com pouco trabalho você coloca toda sua produção à disposição de produtores rurais ou pessoas do Agronegócio de todo Brasil.

Na lavoura, no campo, na roça, na fazenda, no sítio, na chácara ou até mesmo em meio à sua plantação ou pastagem você consegue hoje acessar todas as ofertas rurais que estão no site MF Rural, através de um celular ou tablet conectado à Internet. Isso é cada vez mais tendência e o MF Rural coloca tudo isso disponível em seu próprio bolso. Também poderá encontrar Leilões de gado on-line, bovinos, equinos, ovinos, caprinos jumentos, e também Leilão de trator, máquinas e implementos agrícolas.

No MF Rural é muito fácil Comprar e Vender.