Login no MFRural
Visitas: 609
Acesso para entrar em contato com o vendedor
R$ 102,00

/Unidade

Compre com segurança pelo MF PAGO

INSETICIDA SISTÊMICO DE CONTATO E INGESTÃO



INSTRUÇÕES DE USO:
AGITE ANTES DE USAR.
Culturas, Alvos, Doses e Modalidade de Aplicação:
CULTURAS
PRAGAS
DOSES Nº MÁXIMO DE
APLICAÇÕES NOME COMUM NÚMERO , ÉPOCA E INTERVALO DE APLICAÇÃO
NOME CIENTÍFICO
ALGODÃO Bicudo do algodoeiro
Anthonomus grandis 200 - 250 mL/ha 3 aplicações
NÚMERO: máximo 3 aplicações. ÉPOCA: Iniciar as
aplicações quando o nível de infestação, obtido através do
monitoramento, atingir no máximo 5% de botões florais
atacados. Fazer bateria seqüencial de 3 aplicações com
intervalo de 7 dias. Usar a dose maior em situação de
maior pressão da praga ou quando o clima for favorável ao
ataque. Para aplicação aérea seguir as instruções abaixo.
AMENDOIM
Lagarta-do-pescoçovermelho
Stegasta bosquella 100 - 150 mL/ha 3 aplicações
NÚMERO: máximo 3 aplicações. Usar dose maior em
situação de condições de alta infestação, áreas com
histórico da praga ou quando o clima for favorável ao
ataque. ÉPOCA: Aplicar no início da infestação.
INTERV. APLICAÇÃO: Reaplicar a cada 7 dias, se ocorrer
reinfestação.
Tripes-do-bronzeamento
Enneothrips flavens
ARROZ Percevejo-do-arroz
Oebalus poecilus 150 - 200 mL/ha 3 aplicações
NÚMERO: máximo 3 aplicações. Usar dose maior em
situação de condições de alta infestação, áreas com
histórico da praga ou quando o clima for favorável ao
ataque. ÉPOCA: Aplicar no início da infestação, com a
detecção da praga na lavoura. INTERV. APLICAÇÃO: Se
houver reinfestação, reaplicar com intervalo de 7 dias.
BATATA
Pulgão-verde, Pulgãoverde-claro
Myzus persicae
75 - 100 mL/ha 3 aplicações
NÚMERO: Não exceder a 3 aplicações. Usar dose maior
em situação de condições de alta infestação, áreas com
histórico da praga ou quando o clima for favorável ao
ataque.
ÉPOCA: Aplicar no início da infestação. INTERV.
APLICAÇÃO: Reaplicar a cada 6 a 7 dias, se ocorrer
reinfestação.
Vaquinha-das-solanáceas
Epicauta atomaria
Vaquinha-verde-amarela
Diabrotica speciosa
CANA-DEAÇÚCAR
Broca-da-cana
Diatraea saccharalis
150 - 200 mL/ha
2 aplicações
NÚMERO: máximo 2 aplicações. ÉPOCA: Pulverizar em
área total quando o nível de infestação atingir entre 3 e 5%
de colmos com presença de lagartas vivas, antes de
penetrarem no colmo. A época mais adequada para
controle é quando coincide a infestação com o período de
formação de colmos, quando o ataque é mais severo e a
cultura é mais sensível. A maior dose deve ser utilizada
quando as lagartas estiverem em estádio de
desenvolvimento entre o 2º e 3º ínstar ou em condições de
alta população da praga e condições de clima favorável ao
ataque (alta umidade). INTERV. APLICAÇÃO: Reaplicar
em caso de reinfestação, mas não antes de 14 dias de
intervalo.
Para aplicação aérea seguir as instruções abaixo.
Cigarrinha-das-raizes
Mahanarva fimbriolata
1,5-2,0 L/ha 1 aplicação
NÚMERO: máximo 1 aplicação. ÉPOCA: Pulverizar
quando forem encontradas as primeiras ninfas nas
brotações das soqueiras. Pulverizar preferencialmente no
início do desenvolvimento da cultura, quando o ataque é
mais severo. Posicionar o jato de pulverização
direcionando-o à base das touceiras, de forma que atinja
aproximadamente 70% as plantas e 30% o solo. Pulverizar
2
em ambos os lados da fileira de plantas.
A maior dose deve ser utilizada em condições de alta
população da praga e condições de clima favorável ao seu
desenvolvimento (quente e úmido). Para aplicação aérea
seguir as instruções abaixo.
Cupins
Heterotermes tenuis 1,2-1,5 L/ha 1 aplicação
NÚMERO: máximo 1 aplicação. ÉPOCA: Fazer uma
aplicação na operação de plantio, direcionando o jato de
pulverização no interior do sulco sobre os colmos/toletes
de cana (mudas), fechando o sulco imediatamente após o
tratamento. Realizar o tratamento nas áreas onde a
amostragem prévia identificar a presença da praga.
A maior dose deve ser utilizada em caso de área
reconhecidamente com alto nível de infestação detectado
antes do plantio através do monitoramento ou em áreas de
primeiro ano de plantio, após pastagem.
Pão-de-galinha
Euetheola humilis 2,0 L/ha 1 aplicação
NÚMERO: máximo 1 aplicação. ÉPOCA: Fazer uma
aplicação na operação de plantio, direcionando o jato de
pulverização no interior do sulco sobre os colmos/toletes
de cana (mudas), fechando o sulco imediatamente após o
tratamento. Realizar o tratamento nas áreas onde a
amostragem prévia identificar a presença da praga.
Gorgulho-da-cana-deaçúcar
Sphenophorus levis
2,0 – 2,5 L/ha 1 aplicação em
plantios novos
NÚMERO: máximo 1 aplicação. ÉPOCA: Fazer uma
aplicação em cana planta, na operação de plantio,
aplicando o produto sobre os toletes de cana (mudas) no
interior do sulco de plantio, fechando o sulco
imediatamente após o tratamento. Realizar o tratamento
nas áreas onde a amostragem prévia identificar a
presença da praga.
A maior dose deve ser utilizada em caso de alta pressão
da praga ou em áreas com histórico de ataque.
Gorgulho-da-cana-deaçúcar
Sphenophorus levis
2,0 L/ha 1 aplicação em
cana soca
NÚMERO: máximo 1 aplicação. ÉPOCA: Fazer uma
pulverização em cana soca, logo no início da brotação,
aplicando o produto dirigido à base da soqueira; posicionar
o jato de pulverização à base das touceiras, de forma que
atinja aproximadamente 70% as plantas e 30% o solo.
Pulverizar em ambos os lados da fileira de plantas.
CEBOLA Tripes do fumo, Tripes
Thrips tabaci 250 - 300 mL/ha 4 aplicações
NÚMERO: máximo 4 aplicações. Usar dose maior em
situação de condições de alta infestação, áreas com
histórico da praga ou quando o clima for favorável ao
ataque. ÉPOCA: Aplicar no início da infestação, presença
de tripes na bainha das folhas. INTERV. APLICAÇÃO:
Reaplicar após 7 dias, se houver reinfestação.
CITROS
Psilídeo
Diaphorina citri 15 mL/ 100L 2 aplicações
NÚMERO: máximo 2 aplicações. ÉPOCA: Inspecionar
periodicamente a cultura através do monitoramento e
pulverizar quando forem constatados os primeiros insetos
(adultos ou ninfas). INTERV. APLICAÇÃO: Reaplicar em
caso de reinfestação, se necessário.
Pulgão-preto
Toxoptera citricida
15 - 25 mL/ 100L
2 aplicações
NÚMERO: máximo 2 aplicações. ÉPOCA: Aplicar no início
da infestação. INTERV. APLICAÇÃO: Reaplicar em caso
de reinfestação, se necessário. Usar a dose maior em
situação de alta infestação, ou quando o clima for
favorável ao ataque.
Cochonilha-orthezia
Orthezia praelonga 2 aplicações
NÚMERO: máximo 2 aplicações. ÉPOCA: Pulverizar no
início da infestação, procurando atingir toda a copa da
planta de citros, inclusive caule e pernadas, a fim de
atingir a praga no interior da planta. Fazer aplicação
dirigida nas árvores infestadas utilizando jato com pistola.
INTERV. APLICAÇÃO: Reaplicar em caso de reinfestação,
se necessário. A maior dose deve ser utilizada em caso de
alta pressão da praga ou condições climáticas favoráveis
ao ataque.
De acordo com a prática agrícola, pode-se acrescentar
0,25% v/v de óleo mineral à calda de pulverização.
Cigarrinhas-dos-citros
Acrogonia gracilis;
Dilobopterus costalimai;
Oncometopia facialis
2 aplicações
NÚMERO: máximo 2 aplicações. ÉPOCA: Aplicar no
aparecimento dos primeiros insetos no pomar. INTERV.
APLICAÇÃO: Reaplicar em caso de reinfestação, se
necessário. Usar a dose maior em situação de alta
infestação, áreas com histórico da praga ou quando o
clima for favorável ao ataque.
3
FEIJÃO
Vaquinha-verde-amarela,
Larva-alfinete
Diabrotica speciosa
100 - 125 mL/ha 2 aplicações
NÚMERO: máximo 2 aplicações. Usar dose maior em
situação de alta infestação, áreas com histórico da praga
ou quando o clima for favorável ao ataque. ÉPOCA:
Aplicar no início da infestação. INTERV. APLICAÇÃO:
Reaplicar a cada 7 dias, se ocorrer reinfestação.
GIRASSOL
Vaquinha-verde-amarela
Diabrotica speciosa 300-400 mL/ha 2 aplicações
NÚMERO: máximo 2 aplicações. ÉPOCA: Iniciar as
aplicações quando forem constatados os insetos adultos
na área e início de danos nas folhas. A maior dose deve
ser utilizada em condições de alta população da praga e
condições de clima favorável ao seu desenvolvimento.
INTERV. APLICAÇÃO: Fazer duas aplicações com
intervalo de 7 dias.
Lagarta-preta-das-folhas
Chlosyne lacinia
saundersii 100-300 mL/ha 2 aplicações
NÚMERO: máximo 2 aplicações. ÉPOCA: Inspecionar
periodicamente a cultura e pulverizar quando forem
constatadas as primeiras lagartas nas folhas. A maior
dose deve ser utilizada em condições de alta população
da praga e condições de clima favorável ao seu
desenvolvimento. INTERV. APLICAÇÃO: Reaplicar em
caso de reinfestação, mas não antes de 7 dias.
Percevejo-verde-pequeno
Piezodorus guildinii
300-400 mL/ha 2 aplicações
NÚMERO: máximo 2 aplicações. ÉPOCA: Inspecionar
periodicamente a cultura e pulverizar quando forem
constatados os primeiros percevejos nos órgãos florais
(capítulos). A maior dose deve ser utilizada em condições
de alta população da praga e condições de clima favorável
ao seu desenvolvimento. INTERV. APLICAÇÃO: Reaplicar
em caso de reinfestação, mas não antes de 7 dias.
Percevejo-da-soja
Nezara viridula
Percevejo-marrom
Euschistus heros
MILHO
Lagarta-militar, Lagartado-cartucho
Spodoptera frugiperda
200 - 250 mL/ha 2 aplicações
NÚMERO: máximo 2 aplicações. A maior dose deve ser
utilizada quando as lagartas estiverem em estádio de
desenvolvimento entre o 2º e 3º ínstar ou em condições de
alta população da praga ou, independente das demais
situações, quando as plantas de milho estiverem no
estádio de 6 a 8 folhas. ÉPOCA: Pulverizar quando houver
20% de plantas com sintomas de ataque, isto é, folhas
raspadas pelo inseto.
Percevejo-barriga-verde
Dichelops melacanthus 150 – 250 ml/ha 2 aplicações
NÚMERO: máximo 2 aplicações. ÉPOCA: Pulverizar no
início do desenvolvimento da cultura, quando o ataque é
mais severo.
A maior dose deve ser utilizada em condições de alta
população da praga, em áreas com histórico ou em
plantios em que a cultura anterior foi o trigo.
Tripes
Frankliniella williamsi 200 - 250 mL/ha 2 aplicações
NÚMERO: máximo 2 aplicações. A maior dose deve ser
utilizada em caso de alta pressão da praga ou condições
climáticas favoráveis ao ataque. ÉPOCA: Pulverizar no
início do desenvolvimento da cultura, quando o ataque é
mais severo.
PALMA
FORRAGEIRA
Cochonilha-do-carmim
Dactylopius opuntiae 70-100 mL/ha 2 aplicações
NÚMERO: máximo 2 aplicações. ÉPOCA: Inspecionar as
plantas freqüentemente. O nível de controle da
cochonilha-do-carmim é menos de 10 colônias/planta e o
combate deve ser iniciado logo após a detecção das
primeiras colônias da praga no cultivo. Na primeira
aplicação, tratar em área total. Voltar à área num intervalo
de 10 a 14 dias e tratar somente cada planta atacada e as
plantas imediatamente ao redor desta. INTERVALO DE
APLICAÇÃO: 10 a 14 dias e tratar somente cada planta
atacada e as plantas imediatamente ao redor desta.
PASTAGENS Cigarrinha-das-pastagens
Deois flavopicta 200 mL/ha 1 aplicação
NÚMERO: máximo 1 aplicação. ÉPOCA: Pulverizar na
detecção da praga na área, através da observação da
presença de adultos ou da formação de espuma na base
das plantas.
PEPINO
Broca-das-cucurbitáceas
Diaphania nitidalis
10 - 20 mL/100 L 5 aplicações
NÚMERO: máximo 5 aplicações. Usar dose maior em
situação de alta infestação, áreas com histórico da praga
ou quando o clima for favorável ao ataque. ÉPOCA:
Aplicar no início da infestação INTERV. APLICAÇÃO:
Reaplicar a cada 7 dias, se ocorrer reinfestação.
Pulgão-dasinflorescências
Aphis gossypii
SOJA
Lagarta-da-soja, Lagartadesfolhadora
Anticarsia gemmatalis
150 - 200 mL/ha 2 aplicações
NÚMERO: máximo 2 aplicações. Utilizar a dose mais alta
em caso de alta pressão da praga. ÉPOCA: Inspecionar
periodicamente a cultura com batidas de pano e pulverizar
quando constatadas as primeiras lagartas.
4
Percevejo-da-soja,
Percevejo-verde
Nezara viridula
150 - 180 mL/ha
2 aplicações
NÚMERO: máximo 2 aplicações. ÉPOCA: Inspecionar
periodicamente a lavoura com batida de pano após o
florescimento e pulverizar quando forem encontrados de 2
a 4 percevejos por batida. Percevejo-marrom
Euschistus heros 200 mL/ha
Percevejo-verdepequeno,
Percevejopequeno
Piezodorus guildinii
150 - 180 mL/ha
Vaquinha-verde-amarela,
Larva-alfinete
Diabrotica speciosa
75 - 100 mL/ha 2 aplicações
NÚMERO: máximo 2 aplicações. ÉPOCA: Aplicar no início
da infestação da praga.
Mosca-branca
Bemisia tabaci 250 mL/ha 2 aplicações
NÚMERO: máximo 2 aplicações. ÉPOCA: Aplicar no início
da infestação da praga. INTERV. APLICAÇÃO: Reaplicar
com 10 dias de intervalo visando quebrar o ciclo da praga
SORGO
Lagarta-militar, Lagartado-cartucho
Spodoptera frugiperda
150 - 200 mL/ha 3 aplicações
NÚMERO: máximo 3 aplicações. A maior dose deve ser
utilizada em caso de alta pressão da praga ou condições
climáticas favoráveis ao ataque. ÉPOCA: Pulverizar no
início da infestação. Lagartas menores são mais
facilmente controladas pelo produto.
INTERV. APLICAÇÃO: Reaplicar com intervalos de 7 dias
em caso de reinfestação.
TOMATE
Mosca-branca
Bemisia tabaci
50 - 100 mL/
100 L 6 aplicações
NÚMERO: máximo 6 aplicações. A maior dose deve ser
utilizada em caso de alta pressão da praga ou condições
climáticas favoráveis ao ataque. ÉPOCA: Pulverizar no
início do desenvolvimento da cultura, quando o ataque é
mais severo e a suscetibilidade da cultura é maior.
INTERV. APLICAÇÃO: Reaplicar, se necessário, a cada 5
a 7 dias.
Pulgão-verde, Pulgãoverde-claro
Myzus persicae
50 - 75 mL/
100 L
3 aplicações
NÚMERO: máximo 3 aplicações. Usar a dose maior em
situação de alta infestação, áreas com histórico da praga
ou quando o clima for favorável ao ataque. ÉPOCA:
Aplicar no início da infestação. INTERV. APLICAÇÃO:
Reaplicar a cada 7 dias, se ocorrer reinfestação
Tripes
Frankliniella schultzei 6 aplicações
NÚMERO: máximo 6 aplicações. A maior dose deve ser
utilizada em caso de alta pressão da praga ou condições
climáticas favoráveis ao ataque. ÉPOCA: Pulverizar no
início do desenvolvimento da cultura, quando o ataque é
mais severo e a suscetibilidade da cultura é maior.
INTERV. APLICAÇÃO: Reaplicar, se necessário, a cada 5
a 7 dias.
Vaquinha-verde-amarela,
Larva-alfinete
Diabrotica speciosa
3 aplicações
NÚMERO: máximo 3 aplicações. Usar a dose maior em
situação de alta infestação, áreas com histórico da praga
ou quando o clima for favorável ao ataque. ÉPOCA:
Aplicar no início da infestação. INTERV. APLICAÇÃO:
Reaplicar a cada 7 dias, se ocorrer reinfestação.
TRIGO
Percevejo-barriga-verde
Dichelops melacanthus 150 mL/ha 2 aplicações
NÚMERO: máximo 2 aplicações. ÉPOCA: Pulverizar no
início do desenvolvimento da cultura, quando o ataque é
mais severo.
Pulgão-verde-doscereais,
Pulgão-daespiga
Rhopalosiphum
graminum
40 - 50 mL/ha 2 aplicações
NÚMERO: máximo 2 aplicações. A maior dose deve ser
utilizada em caso de alta pressão da praga. ÉPOCA:
Iniciar as pulverizações a partir do perfilhamento da
cultura.
MODO DE APLICAÇÃO:
Pulverização terrestre:
Amendoim, Arroz, Feijão, Milho, Soja, Sorgo e Trigo: Pulverização foliar. Utilizar pulverizador
costal ou tratorizado com volumes de aplicação ao redor de 200 L/ha.
Batata: Pulverização foliar. Utilizar pulverizador costal ou tratorizado com volumes de aplicação entre
200 e 500 L/ha, dependendo do tamanho da cultura, sempre assegurando uma boa cobertura na
aplicação.

Você e mais 609 pessoas visitaram esse produto.

Por favor aguarde...

{{ result.mensagem }}

Recuperando cidades... Selecione um estado

Atenção

O MF RURAL preza pela transparência e qualidade nos serviços que presta, por este motivo orientamos anunciantes vendedores e interessados em compras na melhor prática de negociação. No caso do preenchimento do formulário citamos os principais pontos que se deve ter atenção.

  1. Colocar os dados corretos para que o anunciante vendedor possa retornar o contato.
  2. Verificar se a pessoa que está negociando com você, pertence realmente à empresa que diz pertencer. Procure os dados completos da empresa na internet.
  3. Jamais deposite em conta de pessoa física quando tratar com empresa.
  4. Evite golpes e caso desconfie de algo, entre em contato conosco.

O MF Rural não se responsabiliza pela negociação e venda deste produto que é de responsabilidade exclusiva do anunciante.

O MF Rural não realiza intermediação das vendas e compras, trocas ou qualquer tipo de transação feita pelos usuários deste Site, tratando-se de serviço exclusivamente de disponibilização de mídia para divulgação.

A transação é feita diretamente entre as partes interessadas.

Cabe ao consumidor assegurar-se de que o negócio é idôneo antes de realizar qualquer transação.

Perguntas

Pergunta:
07/06/2020 11:57:14
Como eu faço pra mim comprar esse veneno engeo pleno de 5litros

Pergunta:
29/05/2020 09:15:33
Bom dia! Tenho interesse em comprar o engeo pleno. Como funciona?

Pergunta:
11/05/2020 21:27:23
Busco preços de mercadorias veneno engeo pleno, dinamic, boral entre outros

Pergunta:
24/01/2020 20:45:10
Gostaria de comprar alguns produtos como é que eu faço

Pergunta:
03/12/2019 16:09:00
Compra produtos 5litro

Pergunta:
31/07/2019 12:59:29
Boa tarde! Gostaria por favor de um orcamento para 2 galoes de 5litros Me envie seu numero prf

Pergunta:
01/07/2019 11:06:20
Bom dia. Como adquiro 1 unidade de 1 litro??? Qual o custo final e como efetuo o pagamento. Grato J.Wilson Fuzetti

Pergunta:
28/03/2019 20:10:54
[Moderado]

Pergunta:
22/11/2018 16:46:06
Amigo engeo pleno s serve para plantio de vargem

Pergunta:
30/08/2017 18:28:08
Boa noite, gostaria de compra o negro pleno

Pergunta:
11/01/2017 12:57:20
Gostaria de comprar o engeo pleno. Como é o procedimento? Obrigada pela atenção. Mitsue

Pergunta:
28/11/2016 17:21:16
Olá, queria saber sobre este produto egeno pleno, o preço, e sobre a entrega, muito obrigado!! Espero retorno.

Pergunta:
25/04/2016 16:43:36
Boa tarde Gostaria de adquirir 5 litros de inseticida engeo pleno

Pergunta:
29/03/2016 19:17:58
gostaria de um catalogo de preços, aguardo contato grato

Pergunta:
22/03/2016 19:35:27
boa note,gostaria de saber mais da empresa e produtos,aguardo contato grato

Pergunta:
31/01/2016 10:43:55
Preciso de 100lts que preço com frete e forma de pagamento pode fazer pra mim?

Pergunta:
18/01/2016 08:11:27
Bom dia, Estou precisando de 400lt do produto engeo pleno, qual o prazo de pagamento e de entrega? Obrigada,

Publicidade

Esta página contém anúncios de ENGEO PLENO.


O MF Rural é um site de anúncios de compra e venda de produtos agrícolas para todo Brasil, com relação de ofertas de insumos ou produtos agropecuários de interesse do produtor rural.


Podem ser encontrados(as) produtos rurais usados ou novos com preços, fotos, vídeos, disponibilidade, cidade, estado de localização, quantidade e outros.


O sistema do site é diferente de sistemas de classificados onde os produtos simplesmente são apresentados com alguns dados e os interessados em comprar ou vender entram em contato para realizar negócio.


No MF Rural o sistema é de Mercado Físico, logo, todos os anúncios devem estar com valor de venda e caso um comprador queira negociar a mercadoria, através de nosso portal, ele consegue os dados como nome, telefone, cidade e e-mail do vendedor anunciante.


Assim o interessado comprador decide como irá fechar negócio, se vai pagar preço à vista, à prazo, em parcelas, financiado, como vai ser o transporte ou frete, quem vai pagar o valor do frete, se vai levar em transporte próprio, enfim, todos os detalhes de uma negociação normal com revenda, loja ou particular.


Os produtos são separados por categorias, mas também por marca, tamanho, modelo, localização, preço, região, novos ou usados, etc. Criamos também páginas onde as ofertas ficam separadas por estado, ou município do Brasil. Veja em ENGEO PLENO


Muitas pessoas usam o site para pesquisar preços de ENGEO PLENO e conseguir fazer melhores negócios, adquirindo produtos mais baratos ao alcance de um clique.


Essas pessoas procuram normalmente na internet pelos sites de busca onde encontrar, onde achar ofertas de algum produto agrícola, e fatalmente acabam caindo no site MF Rural, onde tem um grande número de anúncios rurais bem diversificados.


Muitas vezes encontram e conseguem adquirir produtos de qualidade, barato e com bom preço e condições que normalmente não encontrariam no comércio ou mercado livre local.


Portanto caso você pense algum dia, "quero vender" ou "quero comprar" produtos rurais ou agropecuários, acesse sempre o site MF Rural, onde a comercialização ocorre entre os próprios negociantes e onde você pode encontrar muitas informações a respeito de mercado de ENGEO PLENO, assim como algumas notícias ou informativos sobre agricultura ou pecuária no Brasil.


Com pouco trabalho você coloca toda sua produção à disposição de produtores rurais ou pessoas do Agronegócio de todo Brasil.


Na lavoura, no campo, na roça, na fazenda, no sítio, na chácara ou até mesmo em meio à sua plantação ou pastagem você consegue hoje acessar todas as ofertas rurais que estão anunciadas, através de um celular ou tablet conectado à internet. Isso é cada vez mais tendência e colocamos tudo isso disponível em seu próprio bolso.


Também poderá encontrar Leilões de gado on-line de gado, cavalos, ovinos, caprinos, jumentos, e também Leilão de trator, máquinas e implementos agrícolas.


No MF Rural é muito fácil Comprar e Vender.

Produtos Relacionados
Engeo Pleno

Engeo Pleno

Uberlândia - MG

R$ 75,00

Inseticida Engeo Pleno

Inseticida Engeo Pleno

São Paulo - SP

R$ 99,00

SCORE

SCORE

Bariri - SP

R$ 94,00

ACTARA 250 WG

ACTARA 250 WG

Bariri - SP

R$ 145,00

OPERA BASF

OPERA BASF

Bariri - SP

R$ 68,00

SOBERAN BAYER

SOBERAN BAYER

Bariri - SP

R$ 280,00

NOMOLT 150 BASF

NOMOLT 150 BASF

Bariri - SP

R$ 93,00

Engeo Pleno

Engeo Pleno

Icém - SP

R$ 125,00

Engeo Pleno Syngenta

Engeo Pleno Syngenta

Fartura - SP

R$ 114,00