Defensivos Agrícolas na cidade de Piumhi em Minas Gerais

Foram encontrados 1 anúncios de Defensivos Agrícolas na cidade de Piumhi em Minas Gerais.

Clique no menu ao lado para consultar Defensivos Agrícolas em outra região.
Minas Gerais
X
Piumhi
X

Klap

KLAPInseticida Sistêmico para plantio de cana-de-açúcar, eucalipto, café, podendo ser aplicado em gramas para combater cupins, formigas e moscas em geral. Muito concentrado, o fras...

Preço: R$ 160,00

Piumhi/MG
Anterior
Página 1 de 1
Proxima

Relação de preços de anúncios de vendedores de Defensivos Agrícolas em Piumhi/MG

Detalhes sobre a cidade de Piumhi

Sua população estimada em 2008 era de 32.253 hab. habitantes.

Está localizada no centro-oeste do Estado,com 902 km² de área, relevo plano, clima ameno, vegetação de cerrado, cercada pela Serra do Andaime e pela Serra da Pimenta. Recebeu o apelido de cidade carinho e é considerada o portal de entrada da Serra da Canastra (onde se localiza a nascente do rio São Francisco).


Turismo

A cidade é plana e a sua topografia proporciona um clima agradável, ameno, terras férteis, água abundante e belíssima vista. É cercada pela Serra da Pimenta, Serra do Andaime e Serra do Cromo, onde há rampas naturais para a prática de paraglider.

Piumhi também conta com uma ótima rede de hotéis.


Infraestrutura

O município tem 100% de abastecimento com água tratada e 98% de redes coletoras de esgoto nas vias públicas. A estação de tratamento de água para abastecimento tem capacidade de tratamento para 150 l/s sendo considerada o 39º município em qualidade de vida entre os 853 do estado de Minas Gerais.

A cidade possui várias praças destacando pela belíssima Praça da Matriz. Piumhi contam com o Aeroporto Municipal Dr. Vitrasiano Leonel da Silva tendo pista asfaltada com 1.148 metros de extensão por 30 metros de largura, balizamento noturno, dependências operacionais e uma estação de passageiros sendo atualmente operados por duas companhias aéreas.

Piumhi também possui uma estação de tratamento de água.


História

A história de Piumhi inicia-se em 1731 com a descoberta e exploração da região pelo sertanista João Batista Maciel que proveniente de São Paulo, com sua bandeira, vasculhou a região, próximo a nascente do rio São Francisco, a procura de ouro. A cidade nasceu em torno das atividades de mineração, às margens do córrego Cavalo e com o nome de Nossa Senhora do Livramento. Em 1736, a Picada de Goiás cortou a região e foram distribuídas as primeiras sesmarias. Posteriormente, surgiram vários transtornos causados pelos negros aquilombados que invadiram a região. Em 1743, os negros são atacados e reiniciam-se a colonização e a mineração. Com a divulgação da descoberta de grande quantidade de ouro, os procuradores da Câmara de São José del-Rei (atual Tiradentes) tomam posse da área e subordinam o arraial e seus distritos a Vila de São José. O arraial prospera e em 1 de abril de 1841 foi elevada à categoria de vila. Em 20 de julho de 1868, teve sua emancipação política e passou a categoria de cidade.

Os arredores de Piumhi possuem uma beleza ímpar: 80 km ao norte está o Parque Nacional da Serra da Canastra e a nascente do Rio São Francisco; 20 km a oeste está o lago da Usina Hidrelétrica de Furnas, no Rio Grande. Seguindo-se para o norte, podemos observar nitidamente que a região de Piumhi define uma transformação em termos de relevo (de montanhas para planaltos) e de vegetação (de campos para cerrado). Pode-se dizer que a região de Piumhi marca o início dos "Sertões", genialmente descritos por João Guimarães Rosa, em Grande Sertão: Veredas.

Mais detalhes sobre Piumhi

Consulte abaixo as categorias de produtos agrícolas divididas por estado